ÁGUA BOA

Agronegócio

AÇÚCAR/CEPEA: Apesar da baixa oferta, preço registra leve recuo

Publicado em

Agronegócio


Cepea, 20/7/2021 – Os preços médios do açúcar cristal praticados no mercado spot do estado de São Paulo oscilaram nos últimos dias, mas registraram pequena queda no balanço da última semana. Segundo colaboradores do Cepea, algumas usinas baixaram os preços até mesmo para o cristal Icumsa 150 (de melhor qualidade), cuja oferta tem sido restrita nesta temporada 2021/22. Dificuldades relacionadas à logística de armazenamento influenciaram usinas a baixarem as cotações. De maneira geral, o número de negócios realizados na semana foi pequeno, porém, algumas negociações envolveram grandes quantidades, contribuindo para o aumento da liquidez. De 12 a 16 de julho, a média do Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 115,53/saca de 50 kg, leve queda de 0,36% em relação à da semana anterior (de R$ 115,95/sc). Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS e desafios para as próximas etapas do PNEFA
Propaganda

Agronegócio

Comunidade amplia conhecimentos sobre avicultura após série de treinamentos

Publicados

em


Pequenos criadores de 11 aldeias indígenas de Campo Novo do Parecis aprenderam a preparar rações para aves com os alimentos produzidos na própria comunidade. O curso faz parte de uma série de treinamentos pela parceria entre Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e Sindicato Rural.

Eles aprenderam misturas com milho, mandioca e farelo de soja. Segundo a instrutora credenciada junto ao Senar-MT, Anna Luz, o conhecimento auxiliará na redução de custos já que os criadores poderão utilizar os alimentos que já produzem. “Foram ensinadas alternativas de alimentação com o que era acessível para eles, adequando a prática à realidade”, afirma.

Ainda de acordo com a instrutora, um dos pontos mais importantes do curso é sobre o uso adequado de ração para cada fase do animal. “Para ter mais lucratividade é necessária que a ração esteja de acordo com a fase de criação. Às vezes, por falta deste conhecimento, os criadores têm mais gastos”.

Moradora da Aldeia Wazare, Valdirene Szakenaezokero, já trabalhava com criação de aves e aprendeu muito com o treinamento. “Me ajudou como criar os animais desde os pintainhos até o abate. Aprendemos a produzir alimento com o que já temos e foi muito interessante”, destaca.

Leia Também:  Criadores de ovinos participam de curso de casqueammento em Tobias Barreto

Mobilizadora do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis, Lussandra Lapinsk, afirma que este já é o terceiro treinamento direcionado à comunidade indígena do município e em parceria com a Cooperativa Agropecuária do Povo Indígena Haliti Paresi (Coopiparesi). “Estamos realizando diversas capacitações e tenho mais uma para encerrar ainda este mês”.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA