ÁGUA BOA

Agronegócio

Carbono Neutro traz reflexos positivos ‘de ponta a ponta’ na produção agropecuária

Publicado em

Agronegócio


Equilíbrio entre o social, econômico e ambiental. Esta é a premissa do desenvolvimento sustentável da agropecuária a partir de ações com foco na mitigação dos Gases Efeito Estufa (GEE). A neutralização do carbono e os reflexos positivos da aplicação são tema da editoria #EducaçãonoCampo desta quarta-feira (15).

O Brasil vem desenvolvendo ao longo dos anos tecnologias que somam na mitigação dos gases e o agro tem sido um grande aliado no processo de compensação. O plantio de florestas comerciais, a integração entre 2 ou mais cultivos (ILPF – integração lavoura-pecuária-floresta) e a adoção permanente do plantio direto são as tecnologias protagonistas na compensação de CO2.

“Quando o carbono é absorvido em uma floresta ocorre o chamado sequestro de carbono da atmosfera (no ar), ou seja, a neutralização de carbono, que é retirado do meio ambiente e fixado na biomassa da planta ou no solo. Além de ajudar o meio ambiente, as árvores ajudam os animais, promovendo o bem-estar na produção pecuária”, explica a consultora técnica do Sistema Famasul, Daniele Coelho.

Um estudo realizado pela Embrapa Gado de Corte aponta que cerca de 200 árvores por hectare seriam suficientes para neutralizar o metano emitido por 11 bovinos adultos por hectare ao ano, sendo que a taxa de lotação usual no Brasil é de um a 1,2 animal por hectare.

Leia Também:  Faculdade CNA realiza formatura virtual de quatro cursos superiores de tecnologia

“O reflexo positivo do carbono neutro está no resultado. No caso da carne, por exemplo, além do produto final ser de qualidade e seguro, a eficiência da agropecuária está atrelada ao aumento da produtividade, à recuperação de pastagens degradas e ao conforto térmico para os animais, o que, consequentemente, impulsiona a exportação para mercados exigentes”, avalia.

Saiba mais sobre o avanço dos sistemas sustentáveis em Mato Grosso do Sul na editoria #MercadoAgropecuário de segunda-feira. 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Ellen Albuquerque

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Evento virtual comemora 70 anos da CNA e 30 anos do Senar

Publicados

em


João Martins e esposa e Daniel Carrara

Brasília (24/09/2021) – O evento virtual “Nosso Sistema é 100”, realizado na sexta (24), comemorou os 70 anos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e os 30 anos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

A cerimônia contou com a participação do presidente da CNA, João Martins, do diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, de diretores, superintendentes, colaboradores, representantes das Federações estaduais, além de autoridades e representares do setor.

Colaboradores do Sistema CNA/Senar

João Martins destacou o privilégio de estar dirigindo o Sistema CNA/Senar nessa data “marcante”. Apesar das dificuldades provocadas pela pandemia, o presidente da CNA ressaltou que a entidade buscou uma alternativa moderna e tecnologicamente possível para celebrar esse momento histórico.

“Vamos comemorar e brindar com a mais absoluta certeza que nosso Sistema sempre esteve e sempre estará na vanguarda da defesa dos produtores brasileiros”, afirmou o presidente da CNA.

Daniel Carrara

Daniel Carrara relembrou a trajetória de crescimento do Sistema CNA/Senar, a representatividade e o reconhecimento conquistados ao longo dos anos. Ele também salientou a importância da parceria com as Federações da Agricultura estaduais, sindicatos rurais e superintendências do Senar para ampliar o escopo de atuação do Sistema e oferecer serviços de qualidade aos produtores rurais.

Leia Também:  A exemplo das abelhas, gestão e logística são essenciais na multiplicação dos enxames

“Nosso Sistema é respeitado em todo o Brasil e isso traz uma responsabilidade ainda maior para nossas equipes técnicas e nossas lideranças. Temos que fazer cada vez mais e melhor. O setor agropecuário nos demanda e precisamos avançar e se modernizar para continuar prestando um serviço de excelência, como já estamos fazendo”, disse o diretor-geral do Senar.

Ministra Tereza Cristina

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Sérgio de Souza (MDB/PR), o presidente da Embrapa, Celso Moretti, e o presidente da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Márcio Freitas, gravaram vídeos com mensagens de agradecimento ao Sistema CNA/Senar.

Durante a solenidade também foi apresentado um vídeo sobre a homenagem feita pela CNA ao vice-presidente da Confederação e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, que agora dá nome ao auditório da entidade, em Brasília.

Bráulio Bessa

O evento contou, ainda, com uma palestra sobre o futuro do agronegócio, com o especialista Guilherme Rangel, e um poema criado especialmente para a data pelo poeta Bráulio Bessa.

Leia Também:  Senar celebra dia nacional da educação profissional e tecnológica

No encerramento, os participantes fizeram um brinde em homenagem ao Sistema CNA/Senar ao som de “Parabéns pra você” com a cantora Rosana Brown.

Rosana Brown e artistas

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Rafael Osler
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA