ÁGUA BOA

Agronegócio

CNA premia os melhores chocolates artesanais do Brasil

Publicado em

Agronegócio


Brasília (14/09/2021) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) anunciou, na terça (14), os vencedores do Prêmio CNA Brasil Artesanal 2021 – Chocolate.

A iniciativa da premiação foi do Sistema CNA/Senar em parceria com o Centro de Inovação do Cacau (CIC), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e o apoio do Programa Compre do Pequeno do Sebrae.

A cerimônia virtual contou com a participação do diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, e do diretor técnico da CNA, Bruno Lucchi.

Priscyla França Chocolates, de São Paulo (SP), foi a grande vencedora dentre os 34 inscritos no concurso e conquistou o título de melhor chocolate artesanal do Brasil e o valor de R$ 6 mil. “Esse chocolate foi produzido a partir da amêndoa de cacau produzido em um assentamento da Amazônia. É resultado de muito trabalho e muita pesquisa. Estou muito feliz”, afirmou a chef chocolateira Priscila França Rosendo.

A marca Kalapa Chocolate, da produtora Luiza Dantas Santiago, de Belo Horizonte (MG) ficou em 2º lugar e recebeu R$ 4 mil. “A premiação do chocolate é sinal de reconhecimento da qualidade do cacau. Temos muita atenção aos ingredientes para produzir um alimento pensando nas sensações que esse chocolate vai levar aos consumidores”, destacou.

Leia Também:  Áreas com terraços sofrem menos erosão, indica pesquisa

Em terceiro lugar ficou o Chocolate da Ju, do produtor Lucas Arleo, de Uruçuca (BA). Ele recebeu R$ 2.500. “Nós dominamos o processo desde a produção do cacau, pós-colheita e seleção. Fazemos tudo com muito cuidado e carinho com a intenção de levar um produto de qualidade”, afirmou Arleo, acompanhado de sua filha Ju, que dá nome à marca.

A agroindústria Cacau do Céu chocolates Finos, da produtora Marcela Tavares, de Ilhéus (BA), ficou em quarto lugar e recebeu R$ 1.500. “Eu estou muito feliz de estar entre as finalistas. Isso demonstra que mantemos a qualidade daquilo que a gente faz”, ressaltou Marcela que na primeira edição do Prêmio CNA Brasil Artesanal, em 2019, conquistou o segundo lugar.

O quinto lugar ficou com a empresa C’alma – Chocolate do grão à barra, de Goiânia (GO). A produtora Ariana Ribeiro recebeu o prêmio de R$ 1.000.  “A nossa essência é fazer chocolate com alma, observando os cuidados em todo o processo”, disse Ariana,

O chocolate Majucau, da produtora Mariana Basaure, de São Paulo (SP), ficou em sexto lugar. O sétimo lugar foi para o Cacauway, da chocolateira Hélia Félix de Moura de Medicilândia (PA). Todos os finalistas receberam certificado de participação.

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Com preços em alta, Indicador chega à casa dos R$ 142/sc

Etapas do concurso – As amostras de chocolates passaram por etapas eliminatórias e classificatórias: análise técnica, degustação às cegas e julgamento da história do produto. Acompanhe a trajetória do concurso:

Para rever a cerimônia de premiação, confira:

Alimentos artesanais – Essa é a terceira edição do Prêmio CNA Brasil Artesanal. Em 2019, a primeira edição reconheceu os cinco melhores chocolates artesanais do Brasil produzidos por mulheres.  

Em 2020, foi a vez de conhecer os melhores salames artesanais do Brasil. 

Para fomentar esse tipo de produção de alimentos, o Sistema CNA/Senar desenvolve o programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais.

Um dos pilares é a Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) gratuita para as agroindústrias artesanais.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Sistema Faepa/Senar vai doar 200 toneladas de alimento a famílias rurais

Publicados

em


O Sistema Faepa/Senar Paraíba vai distribuir 200 toneladas de alimento para famílias rurais em situação de vulnerabilidade no estado. A ação integra o projeto Agro Fraterno, ação de solidariedade liderada por instituições ligadas ao agronegócio em todo país.

O lançamento da ação vai acontecer na próxima segunda-feira, 20, às 10h, na sede da Faepa e do Senar, no bairro de Jaguaribe, na capital, com a entrega simbólica de cestas básicas. Nesse primeiro momento, serão distribuídas 50 toneladas, equivalentes a aproximadamente 4.000 cestas.

“A principal tarefa do agricultor e do pecuarista é produzir alimento. Num momento tão crítico, quanto esse que nossa sociedade passa, o setor rural não poderia ficar alheio às famílias do campo que também foram muito impactadas pelas consequências sociais da pandemia. Por isso, lideramos essa ação de solidariedade”, defendeu o presidente do Sistema, Mário Borba.

Ao todo, serão entregues em torno de 13.100 cestas para produtores, trabalhadores rurais e seus familiares distribuídos em 50 municípios paraibanos. São cidades que contam com a atuação de Sindicatos Rurais, ligados à Faepa e responsáveis por identificar a população vulnerável da sua região.

Leia Também:  Áreas com terraços sofrem menos erosão, indica pesquisa

Solidariedade – O Agro Fraterno é uma iniciativa da CNA/Senar, OCB e entidades ligadas ao Instituto Pensar Agropecuária (IPA) que, com o incentivo da Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, tem o objetivo de auxiliar as famílias mais atingidas pela pandemia da Covid-19 em todo o país.

O Agro Fraterno no Brasil teve início no mês de junho de 2021. O movimento conta com participação voluntária de produtores, empresas e entidades ligadas ao setor. “O agro sabe de sua responsabilidade e assume o compromisso de defender os menos favorecidos nesse momento”, afirmou o presidente da CNA, João Martins.

As doações são livres e podem ser feitas com cestas de alimentos, com recursos ou com alimentos, de acordo com opção dos doadores. É necessário realizar o cadastro do doador ou do beneficiário no site: agrofraterno.com.br.

Serviço:
Lançamento do Agro Fraterno na Paraíba
Local: Sede da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba
Endereço: Rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, 320 – Jaguaribe ()
Data e horário: 20/09 às 10h

Leia Também:  SENAR - AC inicia encontros do Plano Anual de Trabalho para ações de 2022

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA