ÁGUA BOA

Agronegócio

CNA promove capacitação e ações de promoção comercial para inserção no mercado chinês

Publicado em

Agronegócio


Brasília (07/06/2021) – As inscrições para o Programa de Aterrisagem China, iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) dentro no projeto Agro.BR, estão abertas até o dia 17 de junho.

O objetivo é apoiar ou reforçar a inserção de empresas rurais brasileiras no mercado chinês com ações de capacitação e de promoção comercial, adaptadas às particularidades de cada participante.

“O Programa de Aterrissagem na China é uma iniciativa única e inovadora para entrar de forma qualificada no mercado chinês. Sabemos dos grandes desafios para exportar para o país, principalmente produtos de maior valor agregado, e a ideia é justamente superar esses obstáculos e conquistar, de forma permanente, os seus consumidores”, afirmou a coordenadora de Promoção Comercial da CNA, Camila Sande.

O programa será dividido em cinco etapas – seleção de participantes, capacitação, aceleração, acompanhamento e aterrisagem -, que acontecerão entre junho de 2021 e junho de 2022.

Serão selecionadas 10 empresas do segmento de alimentos e bebidas diversos, de maior valor agregado e apoiados pelo Agro.BR, que tenham maior potencial de comércio na China.

Leia Também:  Vazio sanitário começa nesta terça-feira (15) em Mato Grosso

Ao final, as duas empresas que obtiverem melhor desempenho na etapa de acompanhamento receberão seis meses de espaço físico na China, com direito a um representante cada, além de serviços de apoio para continuidade de negócios no China.

Confira o regulamento de inscrição completo aqui.

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

SENAR MINAS criará cursos com temática de energia solar

Publicados

em


A disseminação da energia fotovoltaica como alternativa para o campo chamou a atenção do Sistema FAEMG/SENAR/INAES para aproximar essa tecnologia do produtor. Depois de disponibilizar um convênio para os interessados, agora a entidade está preparando cursos do SENAR sobre o assunto – o treinamento dos instrutores inclusive já começou.

Quatro instrutores do SENAR MINAS foram treinados por técnicos da I.S Brasil Soluções Sustentáveis sobre usinas de placas fotovoltaicas. O analista técnico de Formação Profissional do SENAR, Luiz Felipe Xavier, organizou o treinamento e explicou que os conteúdos abordados foram desde a parte legal, passando pelo financiamento e chegando à instalação e manutenção dos equipamentos. De acordo com o analista, também estava planejada uma visita técnica, mas a pandemia adiou essa parte.

O Sistema FAEMG e a I.S Brasil estão firmando uma parceria para troca de conhecimentos na área, que inclui a capacitação de pessoal das duas empresas. “Nosso objetivo em criar esses cursos é oferecer aos produtores rurais ferramentas para que eles conheçam a tecnologia e ajudem a fomentá-la no meio rural. Qualquer produtor poderá participar dos cursos”, explicou o analista da FPR.

Leia Também:  Produtos com Selo Nacional da Agricultura Familiar passam de 700 para 7 mil em um ano

Novos treinamentos

Paralelamente às palestras ministradas on-line pelos especialistas da I.S Brasil, o analista Luiz Felipe Xavier e os instrutores Alexandre Keney, Fabiana Franco, José Francisco Moreira Pinto e Marcos Antonio Franco trabalharam no desenvolvimento da documentação pedagógica dos novos treinamentos. Ele conta que, a princípio, três cursos serão criados:

  • Estudo de viabilidade de uma usina solar: sensibilizar e mostrar aos participantes quais são as principais formas de negócio existentes hoje no mercado, tendo, ao final, um miniprojeto para cada participante;
  • Instalação e montagem de usinas de placas fotovoltaicas;
  • Manutenção de usinas de placas fotovoltaicas.
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA