ÁGUA BOA

Agronegócio

Confira as ações do Senar/AM da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) no mês de Agosto

Publicado em

Agronegócio


O programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), é um modelo desenvolvido pelo Senar que possibilita uma abordagem mista entre o conhecimento técnico e a consultoria gerencial, de forma a possibilitar mudanças no ambiente das propriedades rurais e, assim, promover soluções e realização de ações efetivas nos âmbitos social, ambiental e econômico.

A primeira turma teve início em 2019 com a cadeia de Fruticultura no município de Manacapuru. E hoje já atua em 15 municípios do estado do Amazonas, somando 6 cadeias produtivas, entre elas fruticultura, piscicultura, olericultura, agroindústria, bovino de leite e bovino de corte.

No mês de agosto foram realizadas várias atividades no estado, entre elas a turma de piscicultura em Codajás, o técnico de campo Jeffson Nobre falou a respeito das ações desenvolvidas nesse período.

“No mês de agosto nós fizemos biometrias para verificar o desempenho zootécnico dos peixes, análises dos principais parâmetros de qualidade de água de todos os viveiros de todos os produtores e fizemos o reajuste de ração. O acompanhamento que fazemos é esse, além da parte gerencial, como verificar se está tudo anotado, as despesas, as receitas e ter tudo isso de uma forma bem organizada”,  contou Jeffson.

Leia Também:  Turmas da Faculdade CNA participam de solenidade de colação de grau

As ações realizadas no mês de agosto começaram no dia 02 de Agosto, no município de Manicoré onde foi feito o processo de mobilização, que consiste em realizar visitas aos produtores para verificar se os mesmos têm perfil adequado e aceitam participar do programa.

O piscicultor Edson Freitas, do município de Codajás contou sobre a importância de ser assistido pelo programa ATeG para criação dos peixes.

“Esse projeto ATeG do Senar, sem dúvidas é um projeto muito importante para todos os produtores da área da piscicultura porque através das visitas do professor Jeffson, que faz acompanhamento nas propriedades recebemos as informações que são muito importante para criação do peixe, porque como a gente sabe não é só colocar o peixe lá no tanque e esperar ele crescer, a gente precisa saber calcular a ração, saber acompanhar como está a qualidade da água para no final ter um produto de qualidade no mercado”, disse Edson.

Outras mobilizações aconteceram, entre elas no distrito de Matupi, onde foi mobilizado uma turma de Bovinocultura e 1 turma de Grãos.

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Baixa oferta no spot de SP sustenta valores em patamar elevado

Entre os dias 16/08 à 21/08 foi realizada reunião e mobilização de 1 turma de piscicultura no município de Careiro Castanho, onde foram visitadas 30 propriedades e confirmação do perfil e participação no programa.​

Entre os dias 23/08 à 27/08 foi realizada reunião e mobilização de 1 turma de Olericultura e 1 de avicultura no município de Iranduba, onde foram visitadas 60 propriedades e confirmação do perfil e participação no programa.

As atividades da ATeG caracterizam-se como processo educativo de caráter continuado, que contribui na formação do produtor e de sua família com base nos princípios da andragogia. As ações são voltadas para  produtores rurais de todo o Amazonas, visando proporcionar sua evolução socioeconômica, da família e da comunidade.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

ETANOL/CEPEA: Apesar da lentidão dos negócios, preço está firme; algumas usinas já finalizam moagem

Publicados

em


Cepea, 28/9/2021 – O volume de biocombustíveis adquirido no mercado spot do estado de São Paulo tem oscilado bastante nesta temporada. Segundo pesquisadores do Cepea, a maior quantidade adquirida na safra atual foi registrada na semana de 13 a 17 de setembro, mas esse volume ainda foi menor que o observado em períodos da temporada anterior. Mesmo com a baixa liquidez, os preços dos etanóis hidratado e anidro seguem firmes em São Paulo, tendo como suporte a oferta restrita. No acumulado da parcial da temporada (de abril/21 até a semana passada), o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado subiu 42,5%, em termos nominais, e o do anidro, 51,4%. O Cepea registrou que, no estado de São Paulo, algumas usinas já encerraram as atividades de produção da safra 2021/22. Em certos casos, houve transferência de matéria-prima para outras filiais do mesmo grupo. Assim, tem-se, na presente safra, um padrão de moagem mensal bastante diferente do observado em anos anteriores, quando, em setembro, ainda se registrava um bom volume de cana sendo processado. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Leia Também:  MANDIOCA/CEPEA: Maior disputa por matéria-prima eleva preços
Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA