ÁGUA BOA

Agronegócio

ETANOL/CEPEA: Mesmo com procura enfraquecida, vendedor firme sustenta cotações

Publicado em

Agronegócio


Cepea, 20/7/2021 – A demanda por etanol hidratado seguiu baixa no estado de São Paulo nos últimos dias. No entanto, as unidades produtoras se mantiveram firmes quanto aos valores pedidos, focadas no comércio de açúcar e de etanol anidro para suprir suas necessidades de recursos financeiros. Já a procura por etanol anidro esteve mais aquecida, segundo colaboradores do Cepea, com a relação entre os preços dos combustíveis estimulando o consumo de gasolina C, o que levou distribuidoras a aumentar o número de negócios no mercado spot para atender à demanda pelo produto. Entre 12 e 16 de julho, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 2,9618/litro, avanço de 1,31% frente ao período anterior. No caso do etanol anidro, a elevação foi de 1,42%, com o Indicador CEPEA/ESALQ a R$ 3,3848/litro. A média dos valores diários do Indicador ESALQ/BM&FBovespa posto Paulínia (SP) foi de R$ 3022,10/m³, alta de 1,97% na comparação com a semana anterior. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Carne de búfalo se posiciona como nova opção
Propaganda

Agronegócio

Curso de olericultura do Senar incentiva produção de hortaliças

Publicados

em


Incentivar a produção de hortaliças como forma de diversificar as atividades no campo ou na cidade e, com isso, melhorar a renda familiar de trabalhadores e produtores rurais. Este é um dos objetivos do curso de Olericultura Orgânica, realizado pelo SENAR. Dessa vez, a turma reuniu dez pessoas no município de Lagoa da Confusão, que aprenderam sobre técnicas de cultivo e implantação de hortas desde o preparo do solo até a colheita.

O agricultor Nelson Rodrigues, o mais experiente da turma, foi um dos participantes que aproveitou o curso para aprofundar os conhecimentos na atividade. “Além do ensinamento, o curso também foi um incentivo pra gente sobre o resgate de hábitos mais saudáveis de alimentação, aqui nós aprendemos que é possível produzir hortaliças com adubo orgânico, sem a necessidade de uso de agrotóxicos”, explicou.

Uma das participantes, Silvana Gomes, ficou entusiasmada com o que aprendeu. Ela quer aproveitar a capacitação para construir uma horta na propriedade dela. Para ela, o negócio será bom tanto para o consumo familiar como para as finanças da família. “Hoje em dia nós observamos uma procura maior por produtos naturais e saudáveis, então vejo nesse curso uma oportunidade de vender para os mercados, que muitas vezes não tem essa opção”, explicou.

Leia Também:  Senar Goiás incentiva economia e sustentabilidade com reaproveito de dejetos no campo

Formação Profissional Rural: O curso de Olericultura Orgânica vai auxiliar os pequenos produtores a alavancarem a produção de alimentos, gerando emprego e renda e fortalecendo a agricultura familiar do município e região. Além desse curso, o SENAR oferta mais de 50 cursos em diferentes cadeias produtivas do estado. Para saber mais, acesse nosso site: www.senar-to.com.br

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA