ÁGUA BOA

Agronegócio

Meio ambiente: corrida para o Carbono Zero

Publicado em

Agronegócio


CORRIDA PARA O ZERO CARBONO - SISTEMA FAEMG
Roberto Simões, presidente do Sistema FAEMG

O presidente do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, Roberto Simões, assinou hoje (9/6) o protocolo de adesão de Minas Gerais à campanha global Race to Zero (Corrida para o zero), em que o Estado se compromete a zerar emissões de carbono até 2050. Segundo ele, o agronegócio mineiro já é um dos mais modernos e sustentáveis do mundo, adotando, cada vez mais, práticas como a Integração Lavoura-Pecuária-Florestas (ILPF), o manejo florestal, a utilização de fontes de energia limpa e bioinsumos.

“O Sistema FAEMG trabalha continuamente junto aos produtores rurais mineiros para potencializar a adoção de práticas sustentáveis nas diversas cadeias. O setor tem grande potencial de remoção de carbono e de ganhar reconhecimento por isso. Capacitamos e assistimos milhares de produtores anualmente, pautando todas as ações em tecnologias que visam à sustentabilidade e a conservação dos recursos naturais, que garantem a produção de alimentos para todos nós e para as gerações que nos sucederão”.

CAMPANHA RACE TO ZERO EM MINAS GERAIS

CORRIDA PARA O ZERO CARBONO - SISTEMA FAEMG

•     A Race to Zero é uma campanha global para reunir lideranças engajadas em zerar as emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050, por meio da intensificação de ações de descarbonização, da atração de investimentos para negócios sustentáveis e para a criação de empregos verdes, viabilizando, assim, um cenário de desenvolvimento socioeconômico inclusivo e sustentável.

Leia Também:  Instituto AgriHub divulga programação de lives para os meses de junho e julho

•     A adesão a Race to Zero fornecerá apoio técnico à Minas Gerais no desenvolvimento de estudos para entendimento da trajetória de neutralização (promessa brasileira), priorização de ações de mitigação, acesso a troca de informações e atração de investimentos.

•      O documento define estratégias para realização de projetos de restauração ecológica e conservação de áreas, visando ao desenvolvimento de ações conjuntas e integradas para conservação e restauração ecológica de áreas no Bioma Mata Atlântica em Minas Gerais.

•        “Minas Gerais larga na frente”. O Estado recebeu o título de primeiro território Subnacional da América Latina e Caribenha a aderir à campanha Race to Zero, o que atrairá diversos investimentos voltados para a sustentabilidade, para a cadeia de energias renováveis, agricultura de baixo carbono, tecnologias e processos industriais de baixo carbono, com destaque para a indústria de veículos híbridos e elétricos.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

SENAR MINAS criará cursos com temática de energia solar

Publicados

em


A disseminação da energia fotovoltaica como alternativa para o campo chamou a atenção do Sistema FAEMG/SENAR/INAES para aproximar essa tecnologia do produtor. Depois de disponibilizar um convênio para os interessados, agora a entidade está preparando cursos do SENAR sobre o assunto – o treinamento dos instrutores inclusive já começou.

Quatro instrutores do SENAR MINAS foram treinados por técnicos da I.S Brasil Soluções Sustentáveis sobre usinas de placas fotovoltaicas. O analista técnico de Formação Profissional do SENAR, Luiz Felipe Xavier, organizou o treinamento e explicou que os conteúdos abordados foram desde a parte legal, passando pelo financiamento e chegando à instalação e manutenção dos equipamentos. De acordo com o analista, também estava planejada uma visita técnica, mas a pandemia adiou essa parte.

O Sistema FAEMG e a I.S Brasil estão firmando uma parceria para troca de conhecimentos na área, que inclui a capacitação de pessoal das duas empresas. “Nosso objetivo em criar esses cursos é oferecer aos produtores rurais ferramentas para que eles conheçam a tecnologia e ajudem a fomentá-la no meio rural. Qualquer produtor poderá participar dos cursos”, explicou o analista da FPR.

Leia Também:  Curso de drone ofertado pelo Senar-MT marca início de parceria com a Prefeitura de Cuiabá

Novos treinamentos

Paralelamente às palestras ministradas on-line pelos especialistas da I.S Brasil, o analista Luiz Felipe Xavier e os instrutores Alexandre Keney, Fabiana Franco, José Francisco Moreira Pinto e Marcos Antonio Franco trabalharam no desenvolvimento da documentação pedagógica dos novos treinamentos. Ele conta que, a princípio, três cursos serão criados:

  • Estudo de viabilidade de uma usina solar: sensibilizar e mostrar aos participantes quais são as principais formas de negócio existentes hoje no mercado, tendo, ao final, um miniprojeto para cada participante;
  • Instalação e montagem de usinas de placas fotovoltaicas;
  • Manutenção de usinas de placas fotovoltaicas.
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA