ÁGUA BOA

Agronegócio

O mundo está veloz, exigente e complexo e o momento é de quem se adapta, afirma o especialista em comunicação

Publicado em

Agronegócio


‘Antes a diferença entre o jovem e o velho estava na idade. Agora a gente se diferencia por mentalidade. O futuro é veloz, exigente e complexo e para conquistar um espaço social é preciso se adaptar as mudanças’, a afirmação é do doutor em comunicação, Dado Schneider, durante a participação na edição virtual do Encontro Jovens da Agropecuária transmitida ao vivo nesta quarta-feira (09). 

“Quando o mundo deixou de ser vertical para ser horizontal, os mais jovens, no início da carreira já deixam legado. Os saltos de avanço são muito maiores. Lá atrás aprendíamos tudo pelas mãos dos mais velhos. Com a chegada da internet, as fontes de informação se multiplicaram, outra dinâmica e agenda, tudo é mais rápido, ‘nervosas’ em termo de velocidade. É preciso entender essa mecânica para ser uma pessoa do seu tempo”, acrescenta.  

Na abertura, o presidente do Sistema Famasul, Mauricio Saito, destacou a importância da atitude na construção do legado. “Além de respeitar é preciso agradecer a todos que nos atencederam, que já construíram algo anteriormente. O maior motivo de orgulho desta gestão é sem dúvida alguma de uma participação mais ativa de jovens e principalmente de lideranças mulheres”.

Leia Também:  Meio ambiente: corrida para o Carbono Zero

Para a presidente da Comissão Famasul Jovem, Roberta Maia, o empenho dos envolvidos no projeto e a confiabilidade da instituição contribuem diretamente com a evolução. “Não é por um acaso que a gente está aqui hoje. Ao longo de seis anos temos desenvolvido um trabalho de engajamento, com muitos jovens que estão contribuindo diretamente com o sistema e com o agro. Quero agradecer ao Mauricio Saito, por ter aberto as portas da instituição e estendido a mão e ter deixado esse legado para os jovens”. 

O encontro é uma realização do Senar/MS com apoio institucional da Famasul e Comissão Famasul Jovem. Acontece anualmente com o objetivo de apresentar as perspectivas para a agropecuária no estado e no Brasil, promover abertura de espaço para representação da juventude no segmento, além de incentivar a liderança, a busca por conhecimento e a atuação das atuais e futuras gerações no setor produtivo.

Respeitando as medidas de biossegurança inclusive com testagem de todos os envolvidos no encontro. Uma plateia presencial e virtual composta por integrantes da Comissão Famasul Jovem, contribuíram com o momento.

Leia Também:  Cafeicultores atendidos pelo ATeG Café+Forte controlam praga com método alternativo

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Anahi Gurgel e Ellen Albuquerque

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Senar lança minicursos na área de pastagens

Publicados

em


Brasília (18/06/2021) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) disponibiliza, a partir de sexta (18), um novo formato de conteúdo para o aperfeiçoamento profissional de quem trabalha no campo. São quatro minicursos, totalmente online e gratuitos, com duração de até 2 horas e prazo de sete dias para conclusão.

Inicialmente, serão oferecidos os seguintes minicursos: correção de acidez do solo, entendendo a degradação de pastagens, formas de intervenção nas pastagens e técnicas de otimização das pastagens e do pastejo.

Os conteúdos desenvolvidos são objetivos, práticos e aplicáveis na rotina do campo. O acesso aos cursos EAD do Senar pode ser realizado pelo site http://ead.senar.org.br/

A diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Janete Almeida, destaca que a instituição está sempre em busca de novas estratégias educacionais.  “A intenção é expandir as opções de capacitações de forma ainda mais dinâmica, em destaque na atualidade, sem perder a qualidade técnica que o Senar tanto preza”.

A distribuição do conteúdo tem algumas características importantes para facilitar o consumo do aluno, segundo a coordenadora de EaD do Senar, Ana Ângela Sousa.

Leia Também:  Senar destaca indicação geográfica para diferenciação de alimentos

“Cada pílula é formada por conteúdos completos e independentes com curta duração. O processo de assimilação de informações é mais flexível e efetivo, pois o foco é em um único conceito ou problema. Além disso, os temas consideram a necessidade e a realidade do nosso público”, explica.

Características – Cada aluno poderá realizar a matrícula em um minicurso por vez e terá acesso a um minibook (minilivro em PDF) com os principais conteúdos para consulta. Ao final, o participante terá que responder um questionário (quiz) e realizar a pesquisa de satisfação para receber o certificado de participação.

Outras capacitações – Além dos minicursos, o Senar disponibiliza mais de 80 cursos de educação a distância no portal da EaD Senar. Conheça: http://ead.senar.org.br/.

Cartilhas e vídeos – Também é possível ter acesso a vídeos e cartilhas para aperfeiçoamento no campo por meio da Estante Virtual – Coleção Senar no site: https://www.cnabrasil.org.br/senar/colecao-senar

Outra opção é o aplicativo “Estante Virtual Coleção Senar”, que dá acesso ao conteúdo de mais de 170 cartilhas virtuais utilizadas nos treinamentos de produtores e trabalhadores rurais para a melhoria da produção agropecuária.

Leia Também:  Meio ambiente: corrida para o Carbono Zero

Assessoria de Comunicação CNA

Foto: Tony Oliveira
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA