ÁGUA BOA

Agronegócio

Produtores devem fazer registro de tratores e máquinas agrícolas; conheça os benefícios.

Publicado em

Agronegócio

Lançada pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), a Plataforma Digital de Registro e Gestão de Tratores e Equipamentos Agrícolas (ID Agro), que permite o registro oficial de tratores e equipamentos agrícolas, sem custo para o produtor rural.

O registro vai permitir o trânsito de veículos em vias públicas, sem necessidade de licenciamento e emplacamento, além de facilitar a comercialização de tratores usados, o acesso ao crédito e as ações de segurança em relação a roubos e furtos.

Através do ID Agro, será possível gerar um documento oficial, permitindo a uniformização das informações e rastreio dos tratores e aparelhos automotores.

O Renagro (Registro Nacional de Máquinas Agrícolas) será equivalente ao CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) dos demais veículos. Caso o trator ou outra máquina agrícola esteja transitando em via pública e não tenha o registro do Mapa, estará sujeito às mesmas medidas aplicadas aos veículos de passeio que transitam sem o CRLV.

Além disso, Renagro dará maior tranquilidade aos produtores quando transitarem com o veículo em via pública, assim como, vai permitir que os órgãos de segurança tenham acesso a dados confiáveis sobre a movimentação das máquinas agrícolas no país, como nomes dos proprietários e locais onde são usadas. Para fazer o registro, é necessário ter cadastro no aplicativo ID Agro, inserindo dados pessoais; ter a nota fiscal; bem como procurar uma agência autorizada da marca do trator ou equipamento agrícola.

Leia Também:  Empresário da pecuária nacional Maurício Tonhá destaca a importância da mobilização de 15 de maio em Brasília

A afixação do QR CODE no trator é opcional, porém é sugerido que o mesmo ocorra, pois facilitará consulta ao bem e operações de fiscalização.

Somente as agências autorizadas poderão fazer o registro. A concessionária analisará os documentos originais do proprietário, a nota fiscal e a numeração do chassi ou de série. O registro pode ser feito tanto para equipamentos novos como para usados.

De acordo com o Censo Agropecuário do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2017, existem 1.229.907 tratores em 734.280 estabelecimentos agropecuários no Brasil. Dessas propriedades, 14,5% possui pelo menos um trator.

Registro

Até 20 de março de 2021, a plataforma vai ter uma fase piloto em que somente alguns agentes autorizados poderão fazer o registro de tratores novos. A partir dessa data, haverá a ampliação da rede autorizada e será feito um piloto para tratores antigos.

ID Agro poderá ser utilizada direto por aparelhos celulares Android,  mas em breve também estará para iOS e na web.

CANAL RURAL

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Agronegócio

SENAR MINAS criará cursos com temática de energia solar

Publicados

em


A disseminação da energia fotovoltaica como alternativa para o campo chamou a atenção do Sistema FAEMG/SENAR/INAES para aproximar essa tecnologia do produtor. Depois de disponibilizar um convênio para os interessados, agora a entidade está preparando cursos do SENAR sobre o assunto – o treinamento dos instrutores inclusive já começou.

Quatro instrutores do SENAR MINAS foram treinados por técnicos da I.S Brasil Soluções Sustentáveis sobre usinas de placas fotovoltaicas. O analista técnico de Formação Profissional do SENAR, Luiz Felipe Xavier, organizou o treinamento e explicou que os conteúdos abordados foram desde a parte legal, passando pelo financiamento e chegando à instalação e manutenção dos equipamentos. De acordo com o analista, também estava planejada uma visita técnica, mas a pandemia adiou essa parte.

O Sistema FAEMG e a I.S Brasil estão firmando uma parceria para troca de conhecimentos na área, que inclui a capacitação de pessoal das duas empresas. “Nosso objetivo em criar esses cursos é oferecer aos produtores rurais ferramentas para que eles conheçam a tecnologia e ajudem a fomentá-la no meio rural. Qualquer produtor poderá participar dos cursos”, explicou o analista da FPR.

Leia Também:  CAIXA AUMENTA EM 20% OFERTA DE CRÉDITO RURAL NO PRIMEIRO SEMESTRE

Novos treinamentos

Paralelamente às palestras ministradas on-line pelos especialistas da I.S Brasil, o analista Luiz Felipe Xavier e os instrutores Alexandre Keney, Fabiana Franco, José Francisco Moreira Pinto e Marcos Antonio Franco trabalharam no desenvolvimento da documentação pedagógica dos novos treinamentos. Ele conta que, a princípio, três cursos serão criados:

  • Estudo de viabilidade de uma usina solar: sensibilizar e mostrar aos participantes quais são as principais formas de negócio existentes hoje no mercado, tendo, ao final, um miniprojeto para cada participante;
  • Instalação e montagem de usinas de placas fotovoltaicas;
  • Manutenção de usinas de placas fotovoltaicas.
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:



Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA