ÁGUA BOA

Agronegócio

Profissionais capacitados contribuem para o déficit de mão de obra na mecanização agrícola

Publicado em

Agronegócio


Atento às exigências do mercado, Francisco Gleidson Gabriel de Oliveira, operador de máquinas agrícolas, tem procurado manter os conhecimentos sempre atualizados. O último treinamento que participou foi o de Tecnologia de precisão em máquinas agrícolas. “Tudo que aprendi, já coloquei em prática no dia a dia”.

Ofertado pelo Sindicato Rural de Alta Floresta em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), o treinamento proporcionou a Francisco o conhecimento sobre as tecnologias de precisão nas operações com máquinas agrícolas.

O avanço da tecnologia no campo permitiu à agricultura o uso de diversos tipos de equipamentos como sensores, máquinas e sistemas integrados para otimizar a produção e reduzir o desperdício desde as sementes até a colheita.

Apesar da tecnologia ser uma grande aliada, é necessário um profissional capacitado para operá-la. Segundo o instrutor credenciado junto ao Senar-MT, Dimitry Bulaty, mesmo a empregabilidade sendo alta no estado, o setor ainda carecia de mão de obra qualificada.

“A maioria das propriedades em Mato Grosso já contam com a tecnologia de precisão, mas ainda falta operadores capacitados para trabalhar nas máquinas. Por meio dos treinamentos, o Senar-MT ajuda a capacitar pessoas para o meio”.

Leia Também:  SOJA/CEPEA: Estimativa de maior estoque global pressiona cotações do grão

O treinamento que tem carga horária de 40 horas, tem em sua programação conteúdos como a Origem da Tecnologia de Precisão, Informática aplicada à agricultura de precisão, Utilização do Receptor GNSS, além da prática realizada em máquinas de última geração. 

Além da capacitação específica o Senar-MT, em parceria com os Sindicatos Rurais, oferta outros 350 cursos para a formação profissional rural. Oferece ainda programas e projetos como Mutirão Rural que leva cerca de 30 tipos de serviço para atender o homem do campo.

Os interessados em conhecer melhor os serviços ofertados pelo Senar-MT, procure o Sindicato Rural de seu município que é o principal parceiro da instituição.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Campo Futuro levanta custos de produção em nove estados

Publicados

em


Brasília (30/07/2021) – O Projeto Campo Futuro levantou nesta semana os custos de produção de aquicultura (piscicultura), cana-de-açúcar, grãos (soja, milho e feijão), pecuária de leite e pecuária de corte.

Os encontros ocorreram de forma virtual como medida de segurança para atender os protocolos sanitários com o objetivo de evitar o contágio do coronavírus.

Os painéis de grãos ocorreram em Cristalina (GO), Dourados (MS) e Naviraí (MS). Em Morro Agudo (SP), Campo Florido (MG), João Pessoa (PB) e Recife (PE), ocorreram os levantamentos de cana-de-açúcar.

Houve, ainda, um painel de pecuária de leite, em Marmeleiro (PR), um de pecuária de corte, em Santa Maria (RS) e um de piscicultura, em Cuiabá (MT).

Os levantamentos foram feitos pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), Centro de Inteligência de Mercados da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA), Labor Rural (Universidade Federal de Viçosa – UFV) e Pecege (Esalq/USP).

A iniciativa analisa as informações obtidas a partir da realidade produtiva apresentada pelos produtores. Participam dos encontros virtuais (medida de segurança para evitar o contágio do coronavírus) representantes das federações estaduais de agricultura e pecuária, sindicatos rurais dos municípios e produtores rurais. Os dados obtidos são preliminares.

Leia Também:  Primavera do Leste tem nascentes em ótimo estado de conservação

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA