ÁGUA BOA

Agronegócio

SENAR – Acre promove encontro do Plano Atual de Trabalho 2022 em Sena Madureira

Publicado em

Agronegócio


Continuando as ações ligadas ao Plano Anual de Trabalho (PAT) para 2022, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR – Acre) realizou na terça-feira (14), no município de Sena Madureira, a segunda reunião para alinhar diretrizes com produtores rurais, lideranças locais e representantes institucionais.

pat22sena1

O encontro foi realizado na sede do Sindicato Patronal do município, promovendo o encontro de participantes ligados às ações rurais em Sena, Manoel Urbano e Feijó. Durante a apresentação institucional, liderada pela gerente técnica do SENAR – AC, Ilcilene Malini, foi reforçada a missão institucional: promover a Educação Profissional, Promoção Social, e Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) para um cenário de constante desenvolvimento da produção sustentável acreana.

pat22sena2

Entre os participantes, estavam produtores rurais e representantes de instituições como o Instituto Federal do Acre (Ifac), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Sena Madureira, trabalhadores ligados às ações sociais nos dois municípios, entre outros.

pat22sena3

Através das reuniões do PAT, são ouvidos os relatos das comunidades rurais e coletadas informações referentes às ações de maior necessidade nos municípios. Desta forma, o alinhamento entre ofertas do SENAR – AC e a necessidade comunitária se afina, beneficiando os homens e mulheres do campo no Acre.

Leia Também:  Carbono Neutro traz reflexos positivos ‘de ponta a ponta’ na produção agropecuária
pat22sena4
Ilcilene Malini, gerente técnica do SENAR – AC

“Com esse retorno de sugestões e informações do nosso público-alvo – os produtores rurais – e dos nossos parceiros institucionais, o SENAR consegue visualizar o que vem funcionando e o que precisa ser melhorado em cada parte do Estado. Nosso principal objetivo foi e continua sendo a construção coletiva de um plano de trabalho que, com esse elo entre as comunidades e a instituição, permita o desenvolvimento qualitativo e quantitativo das cadeias produtivas acreanas.” – Ilcilene Malini, gerente técnica do SENAR – AC

pat22sena5
Maria Hoffman, produtora rural e representante da associação comercial agrícola

“O SENAR sempre nos acompanhou; é um grande aliado para o nosso desenvolvimento. Existe muito potencial, mas percebemos ainda que o senso individualista é muito forte, e queremos mudar principalmente isso na cultura local. Já contamos com o apoio da ATeG na piscicultura, e agora queremos dar vazão à produção de macaxeira e fruticultura. Queremos estimular nos produtores rurais a vontade de fazer acontecer, de fazer dar certo da melhor forma possível.” – Maria Hoffman, produtora rural e representante da associação comercial agrícola, da associação de piscicultores em Sena Madureira, e integrante do conselho do Sindicato Patronal.

Leia Também:  Instituições preveem mais de 600 treinamentos para as próximas semanas
pat22sena6
Jeremias Lima, consultor do Sindicato Patronal de Sena Madureira, e mobilizador do SENAR – AC

“Visamos o crescimento do produtor rural. O SENAR é uma das chaves para o desenvolvimento no nosso município. Estas reuniões são importantes para garantir a união de forças em prol dos homens e mulheres rurais, seja aqui ou em qualquer outro município.” – Jeremias Lima, consultor do Sindicato Patronal de Sena Madureira, e mobilizador do SENAR – AC

pat22sena7
Marileide Andrade, representante da Secretaria de Meio Ambiente de Sena Madureira

“Nós precisamos entender que toda a oferta do SENAR é uma necessidade para os municípios. Dentro da agroindústria, é importante que os produtores – principalmente os médios e pequenos produtores – entendam que suas respectivas propriedades são empresas. Se aderirem à essa mentalidade, eles vão contribuir para o desenvolvimento do município e, consequentemente, pro desenvolvimento do Estado.” – Marileide Andrade, representante da Secretaria de Meio Ambiente de Sena Madureira

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Sistema Faepa/Senar vai doar 200 toneladas de alimento a famílias rurais

Publicados

em


O Sistema Faepa/Senar Paraíba vai distribuir 200 toneladas de alimento para famílias rurais em situação de vulnerabilidade no estado. A ação integra o projeto Agro Fraterno, ação de solidariedade liderada por instituições ligadas ao agronegócio em todo país.

O lançamento da ação vai acontecer na próxima segunda-feira, 20, às 10h, na sede da Faepa e do Senar, no bairro de Jaguaribe, na capital, com a entrega simbólica de cestas básicas. Nesse primeiro momento, serão distribuídas 50 toneladas, equivalentes a aproximadamente 4.000 cestas.

“A principal tarefa do agricultor e do pecuarista é produzir alimento. Num momento tão crítico, quanto esse que nossa sociedade passa, o setor rural não poderia ficar alheio às famílias do campo que também foram muito impactadas pelas consequências sociais da pandemia. Por isso, lideramos essa ação de solidariedade”, defendeu o presidente do Sistema, Mário Borba.

Ao todo, serão entregues em torno de 13.100 cestas para produtores, trabalhadores rurais e seus familiares distribuídos em 50 municípios paraibanos. São cidades que contam com a atuação de Sindicatos Rurais, ligados à Faepa e responsáveis por identificar a população vulnerável da sua região.

Leia Também:  Carbono Neutro traz reflexos positivos ‘de ponta a ponta’ na produção agropecuária

Solidariedade – O Agro Fraterno é uma iniciativa da CNA/Senar, OCB e entidades ligadas ao Instituto Pensar Agropecuária (IPA) que, com o incentivo da Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, tem o objetivo de auxiliar as famílias mais atingidas pela pandemia da Covid-19 em todo o país.

O Agro Fraterno no Brasil teve início no mês de junho de 2021. O movimento conta com participação voluntária de produtores, empresas e entidades ligadas ao setor. “O agro sabe de sua responsabilidade e assume o compromisso de defender os menos favorecidos nesse momento”, afirmou o presidente da CNA, João Martins.

As doações são livres e podem ser feitas com cestas de alimentos, com recursos ou com alimentos, de acordo com opção dos doadores. É necessário realizar o cadastro do doador ou do beneficiário no site: agrofraterno.com.br.

Serviço:
Lançamento do Agro Fraterno na Paraíba
Local: Sede da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba
Endereço: Rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, 320 – Jaguaribe ()
Data e horário: 20/09 às 10h

Leia Também:  Agricultora decide abrir empreendimento após curso "Panificação Rural" realizado pelo Sistema FAET/SENAR

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA