ÁGUA BOA

Agronegócio

SENAR-PR lança Biblioteca Virtual para compartilhar cartilhas de cursos

Publicado em

Agronegócio


O SENAR-PR lança a sua Biblioteca Virtual, para disponibilizar no seu portal cartilhas de alguns dos cursos ofertados, como forma de ampliar a disseminação do conhecimento. A Biblioteca Virtual está no site do Sistema FAEP/SENAR-PR. Lá, os produtores rurais, trabalhadores rurais, técnicos e demais públicos podem acessar os materiais nos formatos PDF e/ou Pageflip.

“Os cursos do SENAR-PR são reconhecidos nacionalmente pela sua qualidade e pelo seu poder transformador no campo. Esta qualidade está presente também nos materiais utilizados nas capacitações. O compartilhamento desse material, principalmente em tempos de pandemia do novo coronavírus, tem potencial em se traduzir em ganhos de qualidade educacional e de atualização a produtores, trabalhadores rurais e demais interessados de todo o Paraná e até mesmo de outros estados”, ressalta a superintendente do SENAR-PR, Débora Grimm.

Todos os materiais do SENAR-PR estão catalogados na Biblioteca Nacional e possuem ISBN (International Standard Book Number), que, em uma tradução livre, significa Padrão Internacional de Numeração de Livro. Esse sistema internacional padronizado de identificação de livros permite que cada obra tenha um único número de acordo com o título, país, autor, editora e até mesmo edição. Ainda, esse código permite que as cartilhas do SENAR-PR sejam identificadas em qualquer lugar do mundo.

Leia Também:  Proposta de Zoneamento pode definhar rebanho de mais de 5 milhões de bovinos do Médio e Norte Araguaia

Inicialmente, a Biblioteca Virtual começa com um acervo de 42 cartilhas. Entre os conteúdos disponíveis, estão contemplados materiais de diversas áreas como mecanização, bovinocultura leiteira, gestão rural, olericultura, grãos, entre outros. Parte destas cartilhas fazem parte dos 10 cursos mais demandados ofertados pelo SENAR-PR no ano de 2020.

Futuro

O SENAR-PR dispõe, hoje, de cerca de 300 cursos. A intenção é de que outras cartilhas também passem a fazer parte do acervo da Biblioteca Virtual. Ainda, futuramente, a proposta é incluir os materiais no aplicativo do Sistema FAEP/SENAR-PR, que pode ser baixado gratuitamente na Apple Store ou na Play Store.

“A missão do SENAR-PR é contribuir com o desenvolvimento do setor rural por meio da capacitação de produtores e trabalhadores do campo. O compartilhamento do material didático vai nesse sentido: difundir conhecimento na ponta, tornando esses saberes mais acessíveis a todos”, aponta Débora.

Serviço

Os 42 títulos já disponíveis na Biblioteca Virtual do SENAR-PR estão aqui.

Confira a lista dos títulos que já fazem parte da Biblioteca Virtual do SENAR-PR:

Leia Também:  CNA promove capacitação e ações de promoção comercial para inserção no mercado chinês

MECANIZAÇÃO

Metrologia e Mecânica Básica

Operação de tratores agrícolas

Operação e manutenção de pulverizadores tratorizados de barras

ELETRICISTA

Regras de Segurança

Estudo de Eletricidade

Materiais Elétricos

Instalações Elétricas

Motores elétricos

Soldador – Eletrodos Revestidos

BOVINOCULTURA LEITEIRA

Ordenhadeira Mecânica

Bovinocultura de leite – Melhoramento Genético

Manejo e Alimentação de Bezerras e Novilhas Leiteiras

Bem-estar de Bovinos de Leite

Instalações para Bovinocultura Leiteira

GESTÃO RURAL

Kaizen 5S

Técnicas de Negociação

Marketing no Agronegócio

Fluxo de Caixa

Planejamento, Controle e Gerenciamento

OLERICULTURA

Identificação e controle de doenças

Colheita e pós-colheita

Caracterização e Conservação de Solos

Cultivo de Hortaliças em Ambiente Protegido

Planejamento da Produção

Cultivo Hidropônico

Gestão de Custos

Cultivo de Minitomates em Ambiente Protegido

Nutrição de Hortaliças

Controle Biológico de Pragas

FRUTICULTURA

Cultivo de Morangueiro em Substrato

GRÃOS

Manual de Classificação Feijão

Fertilidade do Solo

Agricultura Conservacionista

SEGURANÇA NO TRABALHO

Manual CIPATR

FUMICULTURA

Tabaco – Manejo de solo

SOL Rural

APLICAÇÃO DE AGROTÓXICOS

Combate às Formigas Cortadeiras

Turbo Pulverizador

Saúde

Tecnologia

SILVICULTURA

Machado e foice em cultivos florestais

Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Primavera do Leste tem nascentes em ótimo estado de conservação

Publicados

em


Sustentabilidade

Primavera do Leste tem nascentes em ótimo estado de conservação

Localizadas em propriedades rurais as fontes estão 97% preservadas

12/06/2021

Levantamento realizado pelo projeto Guardião das Águas, de iniciativa da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), identificou que produtores rurais de Primavera do Leste, região Sudeste do Estado preservam 97% das nascentes. O estudo apontou que, das 259 fontes encontradas em áreas agricultáveis, 250 estão em ótimo estado de conservação. O município possui 194.329 mil hectares de plantio de milho e 285.507 mil ha de cultivo de soja.

O estudo aponta também, que produtores rurais de Paranatinga, Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Rondonópolis, Cuiabá e Itiquira também preservam o patrimônio natural. Nesses municípios os resultados mostram um percentual de conservação das fontes entre 95 e 99%. O Guardião das Águas é desenvolvido há três anos e já mapeou 63.859 nascentes em 34 municípios do Estado.

O mapeamento tem como objetivo avaliar e diagnosticar as nascentes dos municípios produtores de soja e milho, de acordo com o grau de conservação, além de apoiar a regularização ambiental e fomentar estratégias internacionais.

Leia Também:  Dirigentes das Comissões Técnicas da FAEP tomam posse

Gerente de Sustentabilidade e responsável pelo projeto, Marlene Lima, explica que “o Guardião das Águas é uma ação contínua que serve para instruir o produtor associado sobre os trabalhos de restauro florestal que precisam ser realizados nas fazendas”.

Em Primavera do Leste, na fazenda do produtor rural Rafael Zanin, as nascentes estão intactas. “Nossa área é de cerca de 5 mil hectares, aqui cultivamos soja, milho e pecuária. Fazemos aceiro, áreas de dreno, não derrubamos árvores, nem o gado bebe água das nascentes, pois temos poço artesiano e local apropriado para eles. Separamos o lixo e reciclamos, tudo com muita responsabilidade, já que em nossa propriedade temos três dos principais biomas: Amazônia, Cerrado e Pantanal”.

Morador de Paranatinga há uma década, o produtor rural Abel Dognani, se orgulha ao falar do município e suas potencialidades. A fazenda de 2.500 hectares possui diversas nascentes preservadas, bem como reserva legal intacta. “Plantamos soja e milho, mas temos a consciência da preservação do meio ambiente. Reflorestamos cerca de 20 a 30 metros em torno das nascentes e com isso os açudes (represas de água) estão cheios, o que atende toda a demanda da fazenda”, enfatizou Abel.

Leia Também:  MANDIOCA/CEPEA: Clima favorece retomada da colheita; preço recua

O projeto Guardião das Águas tem responsabilidade com o meio ambiente.“A sustentabilidade no agronegócio envolve práticas ambientais nas atividades agrícolas, bem como adoção de novas tecnologias e aplicação de métodos sustentáveis na rotina do campo. Prova disso é a preservação das nascentes em propriedades rurais, em média 95% delas em ótimo estado de conservação”, declarou presidente da Aprosoja, Fernando Cadore.

Fonte: Rosangela Milles

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA