ÁGUA BOA

Agronegócio

Senar presente na 2ª Agroangelim em Balsas Maranhão

Publicado em

Agronegócio


O Senar participou essa semana, no povoado Angelim, (Balsas), da 2ª Agroangelim. Uma iniciativa da prefeitura daquele município e da Associação dos Pequenos Hortifruticultores do Povoado Angelim, com o apoio do Senar, do Sindicato dos Produtores Rurais de Balsas (Sindibalsas), e de outras instituições  ligadas ao setor agropecuário da região.

A Feira foi uma forma encontrada pelos organizadores de  divulgar, comercializar e incentivar os pequenos produtores rurais a investirem em suas propriedades, de modo a alavancar a produção local e das adjacências, e ainda, fomentar a organização comunitária, garantir maior rentabilidade, e  fortalecer ao setor os produtos básicos da alimentação, melhorando a qualidade de vida de toda as famílias envolvidas.

As  treinandas do curso de Bolos, doces e salgados ministrado pela instrutora do Senar, Marly Piedade Carvalho, na comunidade Angelim, participaram com estande na Agrofeira, que contou com todo o apoio do Senar. Na oportunidade, foram comercializados  variados tipos de bolos, salgados e doces. Além de temperos caseiros e outros produtos hortifrutícolas, oriundos de cursos do Senar, acessíveis aos visitantes.

De acordo com o Secretário Executivo Municipal da Agricultura Familiar, Francisco de Assis de Sousa Miranda, esta é a segunda edição da Feira, de iniciativa da prefeitura, tendo iniciado em 2019 e suspensa em  2020 (devido à pandemia).

Leia Também:  No Amazonas técnicos de campo do Projeto PRAVALER recebem capacitação de CAR

 “É um dia ímpar para o município, é um dia de integração. Na ocasião, vimos  todas as instituições que trabalham no setor da produção agrícola participando do evento.  A economia básica, aqui, em nossa região, é o agronegócio, que investe muitos recursos em soja e milho. Estamos trabalhando para que essa diferença seja somente em tamanho e a qualidade de vida seja a mesma, dando dignidade para o homem do campo”, disse Miranda contente com a realização.

Satisfação

Não menos contente com o resultado da Agrofeira, estava o superintendente do Senar Luiz Figueirêdo, que externou a sua satisfação em participar do evento.

“A 2ª Agrofeira do Angelim é uma amostra singular do trabalho de capacitação técnica desenvolvido pelo Senar em parceria com o Sindibalsas e a Prefeitura Municipal, transformando a vida das pessoas do meio rural do município”.

Nilton Felix Ponte Maia, é produtor rural e presidente da Associação no Angelim. Ele ressalta que a realização da Feira, é um momento muito especial para ele e também para todos os participantes. “Graças a Deus foi um trabalho grande e que deu tudo certo. Eu estou muito feliz com os  cursos que o Senar tem trazido para a  comunidade e satisfeito com a parceria da prefeitura e também, com as outras entidades, que têm o olhar voltado para a pequena produção rural”, frisou o produtor.

Leia Também:  AÇÚCAR/CEPEA: Indicador oscila, mas patamar segue elevado

“O momento é de agradecer ao Senar,  na pessoa do superintendente  Luiz Figueirêdo, que tem feito um excelente trabalho no município de Balsas, incentivado nosso pequeno produtor rural. Uma parceria que tem dado muito certo. A gente vê a alegria dos pequenos produtores. A gente vê a alegria da população balsense que acompanha o  conhecimento chegando e incentivando o produtor para que faça mais e melhor, aprendendo a  comercializar o seu produto. Então, estamos muito contentes”, destacou o prefeito  de Balsas, Erik Augusto Costa e Silva.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Gaúcha do Norte prevê início do plantio da safra 21/22 para os próximos dias

Publicados

em

As primeiras precipitações de chuva dos últimos dias têm animado os produtores rurais de Gaúcha do Norte, no interior de Mato Grosso. Quem ainda não finalizou o preparo do solo para receber a semente da soja, segue com os trabalhos acirrados para conseguir aproveitar ao máximo a janela da cultura.

“As chuvas ainda são manchadas e em pouca quantidade, mas se as previsões de chuva se confirmarem, o plantio já deve iniciar no começo do mês de outubro. Mas, também tem produtor comentando que se na propriedade chover acima de 70mm ainda em setembro deve iniciar o plantio” comentou o presidente do Sindicato Rural de Gaúcha do Norte, Josinei Zemolin.

Nas propriedades Amanhecer II e São Jorge, já está tudo pronto para iniciar o plantio nos próximos dias. “Estamos esperançosos em abrir o plantio em setembro novamente, com chuvas de 20 mm vamos dar início no plantio em Gaúcha do Norte. Tivemos chuva de 10 mm na Fazenda Amanhecer II e 50 mm na Fazenda São Jorge”, disse o proprietário João Paulo Calgaro.

Leia Também:  Exportações do agro somam US$ 10,9 bilhões em agosto

No último final de semana, o produtor realizou um teste para o plantio na propriedade, mas não se confirmou devido a alta temperatura no solo, com 45º, isso antes das 9 horas da manhã.

Início do plantio da safra de soja 2021 22 em Gaúcha do Norte; Crédito – Cely Trevisan.

A área total das duas propriedades destinada a cultura da soja deve crescer 14% em relação à safra anterior, chegando a 2.500 hectares. “A expectativa é boa para a próxima safra, só estamos com o pé atrás com os custos pra próxima safra a 22/23. Está tendo um aumento significativo, onde os fertilizantes como super simples saiu de US$ 280/320 a tonelada para US$ 720 a tonelada, o KCL (cloreto de potássio) também teve alta expressiva”, pontuou Calgaro.

Além de Gaúcha do Norte, a família possui propriedade em Campos de Júlio com uma área de 2.200 hectares destinadas para essa safra de soja e com 160 mm acumulados.

Olho no Araguaia –  Por Cely Trevisan para AGRNotícias.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA