ÁGUA BOA

Agronegócio

Sistema FAEC/SENAR e BNB discutem termo de parceria para ampliar ações voltadas para o Agronegócio cearense

Publicado em

Agronegócio


Presidente da FAEC, Rodrigo Diógenes, participou hoje, dia 10/06, de reunião com o presidente do Banco do Nordeste do Brasil – BNB, Romildo Rolim, para tratar da criação de um termo de cooperação entre o Sistema FAEC/SENAR e o BNB para fortalecer o Agronegócio cearense, as ações da Assistência Técnica e Gerencial – ATeG e ampliar o acesso ao crédito pelos produtores rurais do estado.

No âmbito do Programa AgroNordeste – ATeG, o Banco do Nordeste vem atuando  no acesso ao crédito, onde no ano de 2020 as aplicações somaram R$ 3,38 bilhões, gerando novos empregos e mantendo a renda de muitos produtores rurais. 

Segundo pesquisa do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), do BNB, a pecuária foi o setor com maior percentual na geração/manutenção de empregos e alcançou 62,78% do total. Já a infraestrutura, caracteristicamente mais intensiva em capital, atingiu 46,61% do VBP; 42,48% do Valor Agregado/Renda; 38,76% no volume de salários e 68,98% na geração total de tributos.

No Ceará, com recursos oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), o AgroNordeste aplicou montante de R$ 739,42 milhões, sendo R$ 662,43 milhões no território do Vale do Jaguaribe e Quixeramobim e R$ 76,99 milhões no território dos Sertões de Crateús e Inhamuns.

Leia Também:  Produtores devem fazer registro de tratores e máquinas agrícolas; conheça os benefícios.

No Vale do Jaguaribe e Quixeramobim, os impactos alcançaram R$ 815,13 milhões de VBP; R$ 446,37 milhões em Valor Agregado/Renda; R$ 110,37 milhões em salários e R$ 108,00 milhões em tributos, com a geração ou manutenção de ocupação beneficiando 17.414 pessoas.

Já nos Sertões de Crateús e Inhamuns, os financiamentos impactaram em R$ 100,19 milhões de VBP, R$ 61,25 milhões em Valor Agregado/Renda, R$ 17,15 milhões em salários e R$ 5,60 milhões em tributos. A geração ou manutenção de ocupação alcançou 4.989 pessoas.

O Programa AgroNordeste foi lançado em 2019 pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e é um plano de ação que objetiva impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural da Região, contando com a parceria do SENAR e da ANATER em sua execução.

O estudo do Etene pode ser acessado pelo link bnb.gov.br/etene/avaliacao-de-politicas-e-programas.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Senar lança minicursos na área de pastagens

Publicados

em


Brasília (18/06/2021) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) disponibiliza, a partir de sexta (18), um novo formato de conteúdo para o aperfeiçoamento profissional de quem trabalha no campo. São quatro minicursos, totalmente online e gratuitos, com duração de até 2 horas e prazo de sete dias para conclusão.

Inicialmente, serão oferecidos os seguintes minicursos: correção de acidez do solo, entendendo a degradação de pastagens, formas de intervenção nas pastagens e técnicas de otimização das pastagens e do pastejo.

Os conteúdos desenvolvidos são objetivos, práticos e aplicáveis na rotina do campo. O acesso aos cursos EAD do Senar pode ser realizado pelo site http://ead.senar.org.br/

A diretora de Educação Profissional e Promoção Social do Senar, Janete Almeida, destaca que a instituição está sempre em busca de novas estratégias educacionais.  “A intenção é expandir as opções de capacitações de forma ainda mais dinâmica, em destaque na atualidade, sem perder a qualidade técnica que o Senar tanto preza”.

A distribuição do conteúdo tem algumas características importantes para facilitar o consumo do aluno, segundo a coordenadora de EaD do Senar, Ana Ângela Sousa.

Leia Também:  Produtores devem fazer registro de tratores e máquinas agrícolas; conheça os benefícios.

“Cada pílula é formada por conteúdos completos e independentes com curta duração. O processo de assimilação de informações é mais flexível e efetivo, pois o foco é em um único conceito ou problema. Além disso, os temas consideram a necessidade e a realidade do nosso público”, explica.

Características – Cada aluno poderá realizar a matrícula em um minicurso por vez e terá acesso a um minibook (minilivro em PDF) com os principais conteúdos para consulta. Ao final, o participante terá que responder um questionário (quiz) e realizar a pesquisa de satisfação para receber o certificado de participação.

Outras capacitações – Além dos minicursos, o Senar disponibiliza mais de 80 cursos de educação a distância no portal da EaD Senar. Conheça: http://ead.senar.org.br/.

Cartilhas e vídeos – Também é possível ter acesso a vídeos e cartilhas para aperfeiçoamento no campo por meio da Estante Virtual – Coleção Senar no site: https://www.cnabrasil.org.br/senar/colecao-senar

Outra opção é o aplicativo “Estante Virtual Coleção Senar”, que dá acesso ao conteúdo de mais de 170 cartilhas virtuais utilizadas nos treinamentos de produtores e trabalhadores rurais para a melhoria da produção agropecuária.

Leia Também:  Tudo Pronto Para o Mega Leilão da Estância Bahia.

Assessoria de Comunicação CNA

Foto: Tony Oliveira
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA