ÁGUA BOA

Agronegócio

Summit AgriHub debate a importância de parcerias para o desenvolvimento do agronegócio

Publicado em

Agronegócio


Realizado pelo Agrihub, o 1º hub de inovação Agro de Mato Grosso, e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), esta é a 2ª edição do evento Summit AgriHub, que desta vez aconteceu 100% online. Na parte da manhã o Engenheiro Agrônomo e doutor em Administração, Marcos Fava Neves, destacou a importância das parcerias estratégicas para a difusão da inovação.

Fava Neves descreveu a inovação como uma das principais bases para o desenvolvimento do agronegócio que sempre busca o aumento de produtividade. Para ele, o agro é um dos poucos setores que ainda pode colocar o Brasil entre líderes do mundo: “O Brasil é um país de oportunidades, tem espaço para crescer e para isso precisamos construir margens. E o universo de inovação, o universo das startups, vai possibilitar essa construção”, pontuou.

O especialista enfatizou que é preciso orientar as startups para grandes áreas como: rastreabilidade, diferenciação, ambiental, gestão, tecnologia, proteção de dados, de informação e de segurança, coordenação social e a busca por resultados. Ele defende ainda que é necessário incentivar os jovens e inserir nas universidades o pensamento de que as maiores e melhores inovações devem ser feitas no Brasil.

Leia Também:  AgriHub Space lança ciclo de atividades com conteúdo de inovação

“Não devemos gerar somente ideias ou inovações para o elo agrícola. Nós temos que gerar para as empresas de insumos, distribuidores, cooperativas, agroindústrias, distribuidoras de alimentos e de coisas que facilitem a vida dos consumidores finais, conectando-os a toda essa cadeia produtiva”, apontou o palestrante.

Durante o debate, o presidente do Sistema Famato, Normando Corral, falou sobre a conexão que o Instituto AgriHub tem com os produtores rurais. “O AgriHub tem proximidade com os produtores da Rede de Fazendas Alfas, o que facilita identificar as melhores tecnologias dentre as inúmeras que existem. O que acontece em alguns casos é que as empresas trazem soluções de problemas que nós não temos. Aí entra o importante papel do AgriHub em fazer esse filtro”, explicou Corral.

Segundo o diretor do Centro de Expertise em Agricultura tropical da Bayer, Dirceu Ferreira Júnior, a proposta é trabalhar em parceria com o Instituto AgriHub sempre atento às demandas dos agricultores. “Cabe a nós, junto com os hubs de inovação, no caso o AgriHub, fazermos essa pesquisa, conversar mais profundamente com o produtor para identificar onde construir soluções concretas que resolvam os problemas”, disse Dirceu.

Leia Também:  CNA debate lei de serviços notariais e de registro

Gregory Riordan, diretor de tecnologias digitais para América do Sul na CNH Industrial, falou sobre as parcerias entre o agro e as telecomunicações para resolver o grande desafio em levar conectividade ao campo. Segundo ele, antes das parcerias, cada empresa visava a conectividade somente para diferenciar seu produto. Hoje isso é diferente, ou seja, a conectividade pode ser enxergada como uma solução e não um problema: “Entendemos que vai muito além, o objetivo é algo maior, é levar a digitalização ao campo. Uma vez entendido isso, fica mais fácil a empresa investir o recurso em algo que não beneficia apenas ela, mas beneficia também o concorrente, a sociedade e o país como um todo”, pontuou.

Para finalizar, Gregory afirmou que a conectividade ainda é um gargalo no país como um todo e não apenas no agro. “É difícil pensar que uma empresa ou poucas empresas possam resolver isso sozinhas, por isso a parceria e a colaboração são fundamentais. Elas envolvem não só as empresas, envolvem articulação com o governo, diálogo, conscientização do produtor e da sociedade”, completou Gregory.

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Sistema CNA/Senar lança concurso para premiar contadores de causos

Publicados

em


Brasília (18/09/2021)O Sistema CNA/Senar lança, no sábado (18), o Concurso Prosa de Porteira para premiar contadores de causos em todo o país e incentivar a cultura popular brasileira.

Interessados em participar deverão enviar os vídeos com duração máxima de dois minutos. Para verificar outros requisitos e informações, é necessário consultar o regulamento.

Esse material passará por etapas classificatórias e eliminatórias como o envio dos vídeos, cadastro, análise de comissão organizadora e votação popular.

As inscrições, que vão até o dia 30 de outubro, podem ser feitas no site www.prosadeporteira.com.br/concurso

Informações sobre o regulamento também podem ser acessadas nesse link.

As melhores histórias serão premiadas com uma motocicleta 150 cilindradas para o vencedor; um notebook para o segundo colocado e um celular para o terceiro lugar.

Prosa de porteira – O Sistema CNA/Senar lançou, em maio, o portal Prosa de Porteira, espaço criado para resgatar os mais variados, criativos e saborosos causos do campo brasileiro.

Acesse www.prosadeporteira.com.br, conheça o projeto e confira os causos já disponíveis no portal. 

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  FAEP solicita mais R$ 376 milhões para seguro rural
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA