ÁGUA BOA

Agronegócio

Tudo pronto: ‘caminhão da saúde’ do Sistema FAEMG inicia viagens dia 12

Publicado em

Agronegócio


O programa Saúde Itinerante do Sistema FAEMG/SENAR/INAES está pronto para ‘pegar a estrada’ rumo à missão de promover 5.000 exames preventivos gratuitos para homens e mulheres do campo. O caminhão que irá levar a equipe de especialistas e os equipamentos já está devidamente identificado e equipado. O primeiro local a receber os serviços será o distrito de Faria Lemos, em Carangola, onde o caminhão ficará de 12 a 14 de julho.

Tudo pronto: ‘caminhão da saúde’ do Sistema FAEMG inicia viagens dia 12 - SENAR MINAS

As viagens iniciam pela regional de Viçosa e seguem para as regionais de Governador Valadares, Araçuaí, Montes Claros e Sete Lagoas. As datas para as outras regionais ainda estão sendo programadas. O Saúde Itinerante é a união dos Programas Saúde da Mulher Rural e Saúde do Homem Rural, iniciativas do SENAR Central desenvolvidas pelo Sistema FAEMG.

Público alvo

As pessoas atendidas compreendem produtoras e trabalhadoras rurais com idades entre 18 e 70 anos, e produtores e trabalhadores rurais entre 40 e 80 anos. “Serão ofertados 80 exames Papanicolau e 80 mamografias por dia para as mulheres e 80 exames de PSA (coleta de sangue) e 80 consultas com o urologista por dia, para os homens. Durante todos os procedimentos, é exigido que equipes e pacientes estejam de máscara e praticando o distanciamento social”, informou a gerente de Formação Profissional Rural e Promoção Social Liziana Rodrigues.

Leia Também:  CNA avalia que Selo Arte para pescados vai agregar valor aos produtos

Calendário

Veja as cidades agendadas para receber o caminhão da saúde do Sistema FAEMG – não se esqueça de confirmar as datas com o Sindicato Rural do seu município e se cadastrar para o atendimento:

Tudo pronto: ‘caminhão da saúde’ do Sistema FAEMG inicia viagens dia 12 - SENAR MINAS
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Agronegócio

Curso de olericultura do Senar incentiva produção de hortaliças

Publicados

em


Incentivar a produção de hortaliças como forma de diversificar as atividades no campo ou na cidade e, com isso, melhorar a renda familiar de trabalhadores e produtores rurais. Este é um dos objetivos do curso de Olericultura Orgânica, realizado pelo SENAR. Dessa vez, a turma reuniu dez pessoas no município de Lagoa da Confusão, que aprenderam sobre técnicas de cultivo e implantação de hortas desde o preparo do solo até a colheita.

O agricultor Nelson Rodrigues, o mais experiente da turma, foi um dos participantes que aproveitou o curso para aprofundar os conhecimentos na atividade. “Além do ensinamento, o curso também foi um incentivo pra gente sobre o resgate de hábitos mais saudáveis de alimentação, aqui nós aprendemos que é possível produzir hortaliças com adubo orgânico, sem a necessidade de uso de agrotóxicos”, explicou.

Uma das participantes, Silvana Gomes, ficou entusiasmada com o que aprendeu. Ela quer aproveitar a capacitação para construir uma horta na propriedade dela. Para ela, o negócio será bom tanto para o consumo familiar como para as finanças da família. “Hoje em dia nós observamos uma procura maior por produtos naturais e saudáveis, então vejo nesse curso uma oportunidade de vender para os mercados, que muitas vezes não tem essa opção”, explicou.

Leia Também:  Com informação, orçamento familiar tem melhora de até 70% na rentabilidade

Formação Profissional Rural: O curso de Olericultura Orgânica vai auxiliar os pequenos produtores a alavancarem a produção de alimentos, gerando emprego e renda e fortalecendo a agricultura familiar do município e região. Além desse curso, o SENAR oferta mais de 50 cursos em diferentes cadeias produtivas do estado. Para saber mais, acesse nosso site: www.senar-to.com.br

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA