ÁGUA BOA

Araguaia

Atoleiro deixa mais de 200 carretas paradas na MT-322 em Espigão do Leste

Publicado em

Araguaia

A associação de produtores deslocou máquinas para a região para tentar dar trafegabilidade à estrada.

Foto: Reprodução

Um atoleiro na rodovia estadual MT-322, próximo ao distrito de Espigão do Leste (São Felix do Araguaia – MT), popularmente conhecido como “Baianos”, está impedindo o tráfego de veículos pesados há quase uma semana, sendo que no último sábado (13.02) foram contabilizados mais de 200 carretas e caminhões parados na rodovia.

O ponto de maior carretas paradas está próximo a um armazém que recebe parte da safra da região, grande protagonista na agricultura regional. Conforme Alípio Portilho, presidente da Associação dos Produtores do Espigão do Leste (Apel), em entrevista para a AGRNotícias, conforme as chuvas foram se intensificando no final de semana, o número de veículos pesados que não conseguiam prosseguir viajem foi aumentando.

A associação de produtores deslocou máquinas para a região para tentar dar trafegabilidade à estrada. “Estamos com máquinas particulares lá, pagando hora pra terceiros. Não estamos conseguindo resolver. Está uma situação tensa, com muitos caminhoneiros parados e os ânimos estão se alterando” explica Alipio. As máquinas tem um grande trecho para consertar, desde o “Posto do Arnô” até a divisa com São José do Xingu – MT.

Leia Também:  Justiça manda fechar trecho da BR-158 que passa dentro de terra dos Xavante no Araguaia

Na BR-158, que também corta à região, num trecho de 120km sem asfalto, a mesma situação de carretas paradas está sendo relatada por caminhoneiros e produtores. A Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato grosso) se manifestou, através de seu Vice-Presidente Leste, o produtor Diego Dallasta, que disse que a instituição está em contato direto com o poderes legislativo e executivo para estar conversando e cobrando as demandas dos produtores da região. “Tanto a BR 158 como MT 322 já tem previsão de obras, estamos empenhados ao máximo na cobrança”, afirmou Diego.

A Associação dos Produtores do Espigão do Leste, criada em 2020, tem por objetivo arrecadar fundos para recuperar as rodovias e fazer parcerias com o Governo do Estado prevendo também o asfaltamento da MT-322.  Espigão do Leste é uma das maiores regiões produtores de grãos do Vale Araguaia. Contudo, todas as rodovias estaduais (322, 109, 110 e 243), que interligam Espigão do Leste, ainda são de estrada de chão, que necessitam constantemente de trabalhos para manter sua trafegabilidade.

Leia Também:  Cancelada a assembleia geral "Amigos de Água Boa"

Possível solução

Na última quinta-feira (11/02), o vice-governador do Estado de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, esteve em uma reunião com lideranças políticas de todo o Vale do Araguaia em Água Boa, e anunciou que o asfaltamento de rodovias estaduais no Norte Araguaia e Xingu, criará um novo corredor norte/sul para o tráfego na região, sendo uma rota alternativa à BR-158 enquanto não é concluído o asfalto na via federal.

O Governo do Estado pretende, via consórcio de municípios, asfaltar 91 km pela MT-322 até Espigão do Leste e, a partir dali, mais 68 km da MT-109 até Canabrava do Norte, que fica a 22 km distante da BR-158, já próximo a Porto Alegre do Norte. O asfaltamento dos 68 km da MT-109, tem previsão de inicio das obras de pavimentação para abril de 2021.

Heading Title

Facebook
Twitter
Instagram
Whatsapp

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Araguaia

3ª Onda chega a Barra do Garças: UTIs lotadas e dois pacientes estão sendo removidos para Primavera do Leste

Publicados

em

Com as UTIs cheias, Barra do Garças já está enviando pacientes para outras cidades. O município está com 232 óbitos e 6.622 casos até aqui

A terceira onda do coronavirus que está chegando em Mato Grosso pelo jeito começa a chegar também à cidade de Barra do Garças no leste do Estado. Os números da pandemia no município voltaram a subir e preocupam ao prefeito Adilson Gonçalves e ao secretário de saúde Adilson Tavares. Para se ter uma ideia em dois dias surgiram 107 infectados com o vírus, foram quatro óbitos e as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) público e privada estão cheias.

E nesta manhã de sexta-feira (21/5), a prefeitura está removendo dois pacientes que precisam com urgência de UTI para a cidade de Primavera do Leste. “Realmente os números voltaram a subir e pode ser uma nova variante do vírus”, explicou o secretário Adilson Tavares durante entrevista na Rádio Aruanã admitindo que pode ser a terceira onda da Covid chegando a Barra do Garças.

Tavares disse que o município está avançando na vacinação com relação as comorbidades e está finalizando a vacinação com a CoronaVac, mas mesmo assim, a população precisa cooperar evitando aglomerações e contato físico.

Leia Também:  Rapaz tenta vingar morte de irmão e atira quatro vezes em suspeito em Santa Cruz do Xingu

O município está agora com 232 óbitos sendo 28 de indígenas e 202 não-indígenas. Nesse mesmo período surgiram mais 107 infectados na cidade. Barra do Garças está com 6.622 casos dos quais 6.069 já recuperados. A taxa de recuperação permanece em 91,65%. Monitorados em isolamento são 288. Casos ativos 321. O número de internados também aumentou para 33 pacientes.

Entre suspeitos e confirmados, Barra tem 21 internados na enfermaria da UPA, 5 na enfermaria do MedBarra, 4 na UTI do Pronto Socorro e 6 na UTI do MedBarra. Pacientes internados de outros municípios são 10 na enfermaria da UPA, 7 na enfermaria do MedBarra, 4 na UTI do Pronto Socorro e 5 na UTI do MedBarra.

Até agora já faleceram 132 moradores de outros municípios em hospitais de Barra do Garças 364 vítimas da Covid até aqui na área do consórcio Garças/Araguaia.

Olho no Araguaia/Araguaia Noticia

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA