ÁGUA BOA

BLOQUEIO

Confresa – Saída da cidade encontra-se bloqueada por apoiadores de Bolsonaro

Publicado em

Cidades

A saída de Confresa – sentido Vila Rica – encontra-se bloqueada por bolsonaristas da cidade. O bloqueio está sendo feito por uma fileira de caminhões ocupando metade de uma das pistas, e pneus em frente, que são utilizados para bloquear as duas mãos caso alguém tente furar o bloqueio.
Um dos apoiadores esclareceu que veículos pequenos, ambulâncias, viaturas e veículos com carga perecíveis podem passar normalmente – ficando todos os outros proibidos de seguirem viagem com destino a Vila Rica.

Ainda conforme um dos responsáveis pelo bloqueio, eles só devem sair de lá quando o Supremo Tribunal Federal (STF) for dissolvido do poder – pauta que bolsonaristas apoiaram nas manifestações de 7 de setembro.

Olho no Araguaia – Redação Olhar Alerta com Lucas Gawenda 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  MT passa de 1 milhão de vacinados com duas doses; veja ranking por cidade
Propaganda

Cidades

Ribeirão Cascalheira – Policiais civis flagram maus-tratos contra seis cães e resgatam animais

Publicados

em

Policiais civis constataram uma situação de abandono e maus tratos de seis cães na cidade de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá). Na quarta-feira (22), a Delegacia da Polícia Civil recebeu uma denúncia de que uma cadela adulta não parava de latir e estava amarrada e os filhotes em um lugar insalubre, mas não havia ninguém na residência.


Os cinco filhotes foram encontrados em um espaço debaixo de uma caixa d’água, que estava alagado. Eles estavam maltratados e um deles estava com ferimentos profundos, já com proliferação de larvas.Uma vizinha viu a situação e acionou a Polícia Civil. A equipe policial foi até o local da denúncia e constatou o abandono dos cães.

Os animais foram resgatados do local e ficaram sob os cuidados de uma moradora da vizinhança, que se disponibilizou a cuidar dos cães.

Os investigadores realizaram diligências para localizar o dono da residência onde estavam os animais, mas não obtiveram êxito.


A situação em que os animais foram encontrados caracteriza suposta prática de crime previsto no Art. 32, da Lei de Crimes Ambientais: (praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos). Uma mudança na legislação, que entrou em vigor neste ano, aumentou a pena do crime quando se tratar de cão ou gato, com reclusão de dois a cinco anos de prisão, multa e proibição da guarda.No período da tarde de quarta-feira, o suspeito se apresentou na unidade policial de Ribeirão Cascalheira e foi ouvido pelo delegado Sérgio Luís Henrique de Almeida. “Ele se apresentou de forma espontânea à delegacia para prestar esclarecimentos acerca dos fatos, motivo pelo qual não foi lavrado o auto de prisão em flagrante delito e foi instaurado um procedimento para melhor apuração e investigação”, informou o delegado.

Leia Também:  Mulher é presa após dar garrafada na cabeça de criança no Araguaia

Olho no Araguaia – Assessoria PJC

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA