ÁGUA BOA

ROUBO A BANCO

PM frusta assalto e prende dois ladrões que invadiram banco

Publicado em

Cidades

Yuri Ramires - Gazeta Digital

Assaltantes invadiram o Bando Santander, durante a madrugada desta quinta-feira (13), na avenida Couto Magalhães, em Várzea Grande. A tentativa de furto foi frustrada pela Polícia Militar que conseguiu prender ainda dois criminosos.

As informações são preliminares, já que a ocorrência ainda está sendo registrada pelas autoridades da cidade. Sabe-se até o momento que por volta das 4h, ao menos 5 homens chegaram no local com várias ferramentas.

Mas, o crime foi frustado pela PM, após o disparo do alarme da agência. Parte do bando fugiu e dois deles acabaram presos com ferramentas usadas para abrir o cofre.

Entre os objetos apreendidos estão, uma lixadeira, um alicate, uma tesoura, um martelete, dois pés de cabra, duas brocas, 4 mantas térmicas, 34 discos de cortes e outros.

Olho no Araguaia – Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara analisa texto que regulamenta criptomoedas; veja o que muda
Propaganda

Cidades

Distrito Federal tem primeiro caso de varíola dos macacos

Publicados

em

O Distrito Federal (DF) registrou o primeiro caso de varíola dos macacos (Monkeypox). De acordo com comunicado divulgado ontem (2) pela Secretaria de Saúde, o paciente, que não teve a identidade revelada, é um homem na faixa etária de 30 a 39 ano, com histórico de viagem para a Europa.

A secretaria informou ainda que o paciente está em isolamento domiciliar e é acompanhado por equipes de vigilância epidemiológica. Até o momento, o Brasil registrou pelo menos 21 de casos da doença.

A varíola dos macacos é causada por vírus e transmitida pelo contato próximo/íntimo com uma pessoa infectada e com lesões de pele. Segundo a Secretaria de Saúde, o contato pode se dar por meio de um abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou secreções respiratórias. A transmissão também ocorre por contato com objetos, tecidos (roupas, roupas de cama ou toalhas) e superfícies que foram utilizadas pelo doente.

Não há tratamento específico, mas, de forma geral, os quadros clínicos são leves e requerem cuidado e observação das lesões. O maior risco de agravamento acontece, em geral, para pessoas imunossuprimidas com HIV/AIDS, leucemia, linfoma, metástase, transplantados, pessoas com doenças autoimunes, gestantes, lactantes e crianças com menos de 8 anos de idade.

Leia Também:  Mais de R$ 150 milhões em investimentos marcam reestruturação do Sistema Penitenciário de Mato Grosso

Olho no Araguaia/EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA