ÁGUA BOA

Economia

Após ataque hacker, JBS paga R$ 55 mi para solucionar problemas de segurança

Publicado em

Economia


source
JBS pagou mais de R$ 55 milhões para solucionar ataque hacker
Kaique Lima

JBS pagou mais de R$ 55 milhões para solucionar ataque hacker

A JBS , maior empresa de carnes do mundo, pagou nada menos que US$ 11 milhões (R$ 55,69 milhões) para um grupo de hackers , que conseguiu invadir os sistemas da empresa na semana passada. Os invasores desativaram temporariamente fábricas da companhia nos Estados Unidos, Canadá e Austrália.

O resgate, que foi pago em bitcoin , teve a função de proteger a empresa de maiores interrupções, além de limitar o potencial impacto que uma paralisação maior teria para fornecedores e compradores.

“Foi muito doloroso pagar aos criminosos, mas fizemos a coisa certa pelos nossos clientes”, declarou André Nogueira, presidente da divisão americana da gigante brasileira, ao The Wall Street Journal . Nogueira acrescentou que o pagamento só foi efetuado depois que a maior parte das fábricas já tinha retomado a produção graças a backups secundários dos dados da empresa que são criptografados.

Ataques em série

O ataque à JBS foi parte de uma série de incursões por meio de ransomware, em que uma série de empresas foi extorquida a pagar resgates multimilionários para conseguirem retomar o controle de seus sistemas operacionais. Além do frigorífico, a operadora de um gasoduto que leva gasolina a partes da Costa Leste dos EUA precisou pagar em torno de US$ 4,5 milhões para poder recuperar o controle de suas operações e restaurar o serviço.

Leia Também:  Tarifa do Mercosul: entenda a queda de braço entre Guedes e Argentina

Você viu?

De acordo com Nogueira, a JBS teve ciência do ataque na manhã de 30 de maio, um domingo, quando membros da área de tecnologia perceberam anormalidades no funcionamento de alguns servidores. Em seguida, eles encontraram uma mensagem que exigia o pagamento de um resgate para liberação do sistema da empresa.

Imediatamente, a JBS denunciou o ataque ao Gabinete de Investigação Federal (FBI), e a equipe de tecnologia da empresa fez o desligamento do sistema fornecedor de carne, para tentar retardar o avanço do ataque. O passo seguinte foi chamar fornecedores de tecnologia que já haviam trabalhado com a empresa, além de especialistas em segurança digital e consultores, que começaram a negociar com os invasores.

Investigações

De acordo com o FBI, os responsáveis pelo ataque seriam membros do grupo REvil , uma organização criminosa especializada em ataques de ransomware. De acordo com André Nogueira, empresas externas estão conduzindo análises forenses nos sistemas de tecnologia da JBS para tentar definir como os invasores acessaram os dados da empresa, mas isso ainda não está claro.

Porém, a empresa está confiante de que nenhum dado de cliente, fornecedor ou funcionário foi exposto no ataque, com base nos dados já obtidos pela análise forense. “Não pensamos que poderíamos correr esse risco de que algo pudesse dar errado em nosso processo de recuperação”, disse Nogueira sobre a decisão de pagar os agressores. “Era um seguro para proteger nossos clientes”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Mega-Sena: aposta de Santa Catarina leva prêmio de R$ 43 milhões

Publicados

em


source
Caixa Econômica Federal realiza o sorteio 2380 da Mega-Sena neste sábado (12)
Agência Brasil

Caixa Econômica Federal realiza o sorteio 2380 da Mega-Sena neste sábado (12)

A  Caixa Econômica Federal sorteou, neste sábado (12), o concurso 2380 da Mega-Sena , com premiação de R$ 43.258.691,06. Uma aposta de Balneário Camburiú-SC acertou as seis dezenas e levou sozinha o prêmio.

11 – 16 – 20 – 24 – 39 – 53

A Quina teve 59 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 65.129,22. Já Quadra teve 5.566 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 986,24.

Como participar do próximo sorteio?

O próximo concurso da Mega acontece neste sábado (5), às 20h. É possível apostar até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa do país.

Também é possível apostar pela internet. O bilhete simples da Mega-Sena, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Como apostar online na Mega-Sena?

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa, o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.

Leia Também:  Revisão da aposentadoria do INSS pode ser suspensa por resultado negativo

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões, disponíveis online, são outra opção viável.

Como funciona a Mega-Sena?

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina, respectivamente.

Você viu?


Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha. Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas. 

Leia Também:  Desigualdade racial fez aumentar a disparidade de renda, diz Ipea

Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como Teimosinha.

Premiação

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. 

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante.

O prêmio total da  Mega  corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA