ÁGUA BOA

Economia

Arrecadação sobe 24,5% no primeiro semestre e Guedes pede ‘ousadia’

Publicado em

Economia


source
Dados foram divulgados pela Receita Federal nesta quarta-feira
Luciano Rocha

Dados foram divulgados pela Receita Federal nesta quarta-feira

Em 2021, o primeiro semestre foi marcado pelo desempenho robusto e a arrecadação federal registrou resultado positivo. De acordo com a Receita Federal , a arrecadação de impostos e contribuições federais nos primeiros seis meses do ano somou R$ 881,99 bilhões , um avanço de 24,49% em relação ao mesmo período ano anterior, já descontada a inflação. De acordo com o Fisco, é a maior arrecadação para o semestre na série histórica desde 2000.

Para o governo, o bom desempenho da arrecadação demonstra a recuperação da economia do Brasil no pós-pandemia e é isso que vai possibilitar parte da reforma tributária. A proposta de reformulação do Imposto de Renda, que prevê redução das alíquotas do tributo cobrado das empresas e ampliação da faixa de isenção das pessoas físicas, pode reduzir a arrecadação em até R$ 30 bilhões, mas seria compensada pelo bom desempenho que vem sendo registrado em 2021. 

“Vamos pegar uma parte desse aumento de arrecadação e transformar isso numa redução de alíquotas e simplificação de imposto como sempre prometemos”, disse Paulo Guedes.

Leia Também:  Governo vai excluir fases do Plano SP e amplia horário do comércio

Ele pediu que o Congresso Nacional tenha ‘ousadia’ na reforma tributária. “Não podemos ter excesso de conservadorismo. Temos compromisso com o empresariado e com o trabalhador brasileiro. Vamos arriscar para o outro lado”, completou.

Só no mês de junho, o Fisco arrecadou R$ 137,16 bilhões, um aumento real de 46,77% na comparação com o mesmo mês de 2020, já descontada a inflação. Este é o segundo melhor resultado para o mês, só ficando atrás do registrado em 2011.

De acordo com a Receita, o desempenho do primeiro semestre é explicado por fatores não recorrentes, entre eles os recolhimentos extraordinários de cerca de R$ 20 bilhões do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). No mesmo período do ano anterior esses recolhimentos somaram R$ 2,8 bilhões. Em 2020, medidas como o adiamento do pagamento de impostos foram adotadas como forma de mitigar os efeitos da pandemia da Covid-19.

Leia Também:  Dia dos Pais: Veja dicas para economizar e acertar no presente para o paizão

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Nubank adquire plataforma que permite conversas automáticas com clientes

Publicados

em


source
Nubank adquire plataforma americana que permite conversas automáticas com clientes
Sophia Bernardes

Nubank adquire plataforma americana que permite conversas automáticas com clientes

Nesta quarta-feira (4), o Nubank anunciou a aquisição de uma startup americana Juntos Global.

A plataforma é especializada em engajamento de clientes de serviços financeiros. Dessa forma, a Juntos Global estabelece uma ponte entre os clientes e os bancos. Assim, ela cria conversas automatizadas e personalizadas.

Você viu?

Quem é a Juntos Global?

Em suma, a Juntos Global nasceu em 2010 nos Estados Unidos, direcionada à inclusão financeira para auxiliar os bancos de maneira geral. Assim sendo, promove diálogos personalizados de maneira automática através de mensagens.

Por certo, a companhia já desenvolveu projetos com Mastercard, BBVA e Bancolombia. Levando em conta que, o projeto com a Bancolombia foi o pioneiro na companhia, com 40 mil clientes. Uma vez que, em seis meses, obteve um aumento de um terço de clientes ativos e elevou o saldo nas contas em 50%.

Dessa vez, será introduzida por completo pelo Nubank. Isto é, fará parte time de tecnologia, conteúdo e design da fintech. Os CEOs da Juntos Global também farão parte deste projeto.

Saiba mais sobre a parceria em 1Bilhão .

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo vai excluir fases do Plano SP e amplia horário do comércio
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA