ÁGUA BOA

Economia

Auxílio emergencial: veja quem pode sacar o benefício nesta quinta-feira

Publicado em

Economia


source
Os valores variam de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família
Reprodução: iG Minas Gerais

Os valores variam de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

A Caixa Econômica Federal libera nesta quinta-feira (dia 9) o saque da quinta parcela do auxílio emergencial para trabalhadores informais nascidos em maio. Os valores variam de R$ 150 a R$ 375. O dinheiro já foi pago em agosto, mas só estava disponível para compras, pagamentos e transferências, por meio de conta digital no aplicativo Caixa Tem.

Os valores variam de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento do auxílio é feito de acordo com o mês de nascimento, no caso dos trabalhadores informais, e com o último dígito do NIS (Número de Inscrição Social), para quem é do Bolsa Família.

Segundo o governo, 45,6 milhões de pessoas estão recebendo o auxílio em 2021, cerca de 22,6 milhões a menos do que no auxílio emergencial de R$ 600, pago no ano passado (68,2 milhões de pessoas).

Leia Também:  Copom aumenta Selic para 6,25% e atinge maior patamar em dois anos

Confira as datas de saque

  • Nascidos em janeiro – 1º de setembro
  • Nascidos em fevereiro – 2 de setembro
  • Nascidos em março – 3 de setembro
  • Nascidos em abril – 6 de setembro
  • Nascidos em maio – 9 de setembro
  • Nascidos em junho – 10 de setembro
  • Nascidos em julho – 13 de setembro
  • Nascidos em agosto – 14 de setembro
  • Nascidos em setembro – 15 de setembro
  • Nascidos em outubro – 16 de setembro
  • Nascidos em novembro – 17 de setembro
  • Nascidos em dezembro – 20 de setembro

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Volkswagen coloca 800 funcionários em férias coletivas por falta de peças

Publicados

em


source
Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)
Divulgação/Volkswagen

Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)

Em meio à escassez de componentes, a Volkswagen vai colocar 800 funcionários da fábrica de Taubaté (SP), o correspondente a um turno, em novas férias coletivas. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região, a medida começa a valer na segunda-feira (27) e se estenderá por dez dias.

O motivo alegado pela montadora é a falta de insumos, sobretudo de semicondutores, que vem sofrendo oscilações no fornecimento e dificultando a produção mundial de veículos.

De acordo com o sindicato, a Volkswagen informou inicialmente que as férias coletivas seriam para 2 mil trabalhadores, mas que poderia sofrer alterações. Até o momento, a medida vale para 800 funcionários, que devem retornar no dia 7 de outubro.

Indústria automotiva enfrenta escassez de chips

O episódio marca a sexta vez no ano em que a Volkswagen concede férias coletivas aos funcionários. Ainda segundo o sindicato, também foram registrados 11 dias de paralisação e mais cinco dias de folga (ambos com utilização do banco de horas) por falta de peças.

Leia Também:  MetaRed X Brasil faz encontro de boas práticas em empreendedorismo universitário

Em julho, a Volkswagen concedeu férias coletivas de 20 dias para o primeiro turno de sua fábrica em São Bernardo do Campo e paralisou parte de sua planta em Taubaté.

No fim de agosto, a montadora também anunciou dez dias de férias coletivas para 2 mil funcionários na fábrica de Taubaté, também por falta de peças.

O problema de abastecimento tem sido enfrentado por toda a indústria automotiva, que lida com a escassez na cadeia global de suprimentos desde o fim do ano passado.

No mesmo dia em que o Sindicato dos Metalúrgicos anunciou a medida adotada pela Volkswagen em Taubaté, trabalhadores da Fiat em Betim aprovaram um programa de suspensão temporária do contrato de trabalho devido a falta de componentes eletrônicos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA