ÁGUA BOA

Economia

Bitcoin volta a cair após El Salvador adota criptomoeda oficialmente no país

Publicado em

Economia


source
Bitcoin (BTC) volta a cair em dia que El Salvador adota criptomoeda oficialmente no país
Fernanda Capelli

Bitcoin (BTC) volta a cair em dia que El Salvador adota criptomoeda oficialmente no país

Em sua estreia como moeda oficial do país El Salvador , localizado na América Central, o Bitcoin registra uma queda de 17%, alcançando os US$ 43 mil, seu menor valor em um mês e meio.

De acordo com o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, a instalação da criptomoeda apresentou problemas. Por causa disso, o serviço acabou sendo interrompido.

“Qualquer dado que eles tentarem inserir neste momento vai dar um erro. O sistema é desconectado enquanto a capacidade dos servidores aumenta. É um problema relativamente simples, mas não pode ser corrigido com o sistema conectado”, afirmou o presidente em sua conta no Twitter.

Você viu?

Grande teste

A implementação do Bitcoin como moeda oficial de um país se tornou o maior teste da criptomoeda, que tem 12 anos de existência. Afinal, de acordo com os entusiastas, o experimento pode ser muito significativo.

Isso porque o monitorando pode mostrar um número significativo de pessoas que desejam realizar transações com o Bitcoin quando ele circula junto ao dólar americano. Além disso, especialistas pretendem analisar se a criptomoeda pode trazer benefícios para a violenta e empobrecida nação da América Central.

Confira a reportagem completa aqui

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Para segurança de Bolsonaro, GSI gastará R$ 146 mil em equipamento de mergulho

Publicados

em


source
Augusto Heleno
Reprodução: iG Minas Gerais

Augusto Heleno

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI), chefiado pelo general Augusto Heleno, aprovou a compra de equipamentos de mergulho que totalizam R$ 146 mil. Segundo informação do jornalista Guilherme Amado, os itens serão alocados no escritório do GSI no Rio de Janeiro e no Departamento de Segurança Presidencial.

Segundo os papéis, os produtos são complementares aos já existentes e atenderá todos os agentes pessoais de Bolsonaro. Além disso, estão inclusos gastos com cursos de mergulho para segurança do presidente.

Ainda segundo o colunista, é a primeira vez em cinco anos que gastos dessa natureza são destinados à segurança do chefe do Executivo federal. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Como evitar vagas de emprego falsas no WhatsApp e outras plataformas
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA