ÁGUA BOA

Economia

Bolsa Família será de ‘no mínimo 300 reais’, diz Bolsonaro

Publicado em

Economia


source
Programa é visto com um ativo político essencial para Bolsonaro buscar a reeleição em 2022
Reprodução: iG Minas Gerais

Programa é visto com um ativo político essencial para Bolsonaro buscar a reeleição em 2022

Ainda sem a equipe econômica indicar fonte do financiamento do novo programa social do governo, Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que, após a reformulação do Bolsa Família terá um valor de “no mínimo 300 reais.

Em entrevista à TV Brasil , o presidente reafirmou que pretende lançar o programa em novembro. O novo projeto é visto com um ativo político essencial para Bolsonaro buscar a reeleição em 2022.

“Pretendemos em novembro ter um novo Bolsa Família. O valor será no mínimo de 300 reais. Hoje, a média do Bolsa Família equivale a 192 reais. Vamos passar isso para 300 reais. É um pouco mais de 50% de reajuste.”

Na semana passada, o Palácio do Planalto enviou ao Congresso Nacional um projeto que viabiliza a criação do novo programa social do governo. A proposta do ministro Paulo Guedes atrela o novo benefício à aprovação da taxação de lucros e dividendos prevista na reforma tributária em discussão na Câmara.

Leia Também:  INSS paga 13º salário hoje; veja quem recebe a segunda parcela da aposentadoria

Você viu?

O projeto, porém, gera críticas da ala política, pois essa é uma receita incerta, diante das dificuldades que o texto enfrenta no Congresso.

O ministro da Cidadania, João Roma, tem insistido com a equipe de Guedes sobre a necessidade de apontar uma fonte de receita concreta, dentro da proposta de Orçamento da União a ser encaminhada ao Congresso em agosto.

Técnicos do governo trabalham com os cálculos que a nova versão do Bolsa Família terá valor médio R$ 270 . Além da mudança nas faixas de valores, o governo pretende incluir cerca de três milhões de famílias, alcançando 17 milhões no total.

A Lei de Responsabilidade Fiscal exige que a criação de uma nova despesa permanente seja compensada com uma nova receita também permanente. Por isso, a equipe econômica decidiu usar a taxação de dividendos para esse fim. A reforma tributária prevê a tributação de 20% sobre dividendos, isentos desde 1995.

Leia Também:  Leite Moça muda o rótulo após 100 anos e traz personagens brasileiras; confira

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Disney exigirá vacina de funcionários assalariados e não sindicalizados dos EUA

Publicados

em


source
Disney exigirá vacina de funcionários assalariados e não sindicalizados dos EUA
Karol Albuquerque

Disney exigirá vacina de funcionários assalariados e não sindicalizados dos EUA

O Mickey não é negacionsita e para trabalhar com ele é preciso estar imunizado. A Disney é mais uma grande companhia a exigir que os funcionários, assalariados e não sindicalizados dos Estados Unidos, tomem vacina contra a Covid-19. A empresa também está conversando com os sindicatos que representam outros trabalhadores para realizar os acordos coletivos.

“Na The Walt Disney Company, a segurança e o bem-estar de nossos funcionários durante a pandemia foi e continua sendo uma prioridade. Para esse fim, e com base nas recomendações mais recentes de cientistas, funcionários de saúde e nossos próprios profissionais médicos de que a vacina contra a Covid -19 fornece a melhor proteção contra infecções graves, exigimos que todos os funcionários assalariados e não sindicalizados que trabalham nos EUA em qualquer um de nossos locais seja totalmente vacinado”, diz um comunicado da empresa.

A empresa do Mickey ainda acrescentou que aqueles funcionários que não foram vacinados, mas estão trabalhando no local, têm 60 dias para “completar seus protocolos”. No caso dos profissionais que estão trabalhando de casa, eles devem confirmar a vacinação antes do retorno.

Leia Também:  IBGE: concurso libera os selecionados; veja como consultar

“Também iniciamos conversas sobre esse tema com os sindicatos que representam nossos empregados por meio de acordos coletivos de trabalho. Além disso, todos os novos contratados deverão ser totalmente vacinados antes de começar a trabalhar. As vacinas são a melhor ferramenta que todos nós temos para ajudar a controlar esta pandemia global e proteger nossos funcionários”, destacou o comunicado.

Você viu?

A exigência tem como base as centrais de operações em Orlando, na Flórida, onde fica o resort Walt Disney World. O condado Orange declarou estado de emergência local na quarta-feira (28)

A Disney se junta à Netflix, que anunciou a exigência de vacina para elenco e membros da equipe nas produções no início da semana. Em outros setores, Google, Twitter, Facebook e Uber também adoraram as medidas.

Leia Também:  Guedes promete corrigir ‘distorções’ no Imposto de Renda para empresários

Via: Deadline

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA