ÁGUA BOA

Economia

Bolsonaro publica decreto e postos já podem comprar etanol dos fornecedores

Publicado em

Economia


source
A medida faz parte de um esforço do governo federal para reduzir os preços dos combustíveis
Sophia Bernardes

A medida faz parte de um esforço do governo federal para reduzir os preços dos combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro publicou um decreto nesta terça-feira que regulamenta a venda direta de etanol pelos produtores aos postos de combustíveis. A medida faz parte de um esforço do governo federal para reduzir os preços dos combustíveis. As novas regras antecipam os esforços da Agência Nacional de Petróleo (ANP), que teria 90 dias para definir as regras.

Na segunda-feira, o governo anunciou que iria antecipar uma medida provisória editada em agosto que autorizava a venda direta de etanol dos produtores aos postos de combustíveis, sem necessidade de passar pelas distribuidoras. Além disso, a norma também autoriza a chamada “tutela à bandeira”, que permite que os postos vendam combustível de qualquer fornecedor, não apenas daquele da bandeira do posto.

A discussão sobre o tema também já existia na ANP na época, mas foi deixada de lado. Em agosto, quando da publicação da medida provisória, representantes de distribuidoras contestaram a medida, afirmando que ela poderia aumentar a complexidade tributária e abrir espaço para irregularidades e sonegação fiscal, sem resultar na redução do preço na bomba.

Leia Também:  Bolsonaro lança crédito de R$ 100 milhões para policiais comprarem casa

O governo justificou a antecipação da medida por causa dos “potenciais benefícios que a antecipação da flexibilização da tutela à bandeira poderá proporcionar aos consumidores de combustíveis.”

Segundo o decreto publicado nesta terça-feira no Diário Oficial da União, os postos deverão expor nas bombas de combustível a origem do combustível.

O governo acredita que as medidas irão aliviar a inflação persistente sobre o preço dos combustíveis em razão da desvalorização do real frente ao dólar.

Segundo as regras atuais, os postos que exibem a bandeira de um distribuidor são proibidos de comercializar combustível de outro fornecedor. Essa limitação não existirá mais, desde que os postos indiquem a origem para o cliente.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Arábia Saudita retoma importações de carne bovina do Brasil

Publicados

em


source
Arábia Saudita acaba com embargo às importações de carne bovina brasileira
Reprodução

Arábia Saudita acaba com embargo às importações de carne bovina brasileira

O governo da Arábia Saudita decidiu acabar com o embargo às importações de carne bovina brasileira na última quinta-feira (16). A informação foi divulgada pelo Saudi Food and Drug Authority (SFDA), a agência do governo saudita que regula alimentos e medicamentos no país, e confirmada pelo Ministério da Agricultura.

A Arábia Saudita havia suspendido as compras de carne bovina de cinco frigoríficos brasileiros após a notificação de casos atípicos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecida como a doença da vaca louca.

Leia Também

“A liberação das exportações ocorreu 10 dias após a Arábia Saudita ter anunciado a suspensão das compras de cinco plantas frigoríficas de Minas Gerais, no último dia 6 de setembro. A motivação estava relacionada à ocorrência de um caso da Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) no estado”, informou o Ministério da Agricultura em nota.

No último dia 4, a pasta havia confirmado a ocorrência da doença em dois animais de frigoríficos de Nova Canaã do Norte (MT) e de Belo Horizonte (MG). Tratavam-se de caso atípicos – quando a causa é uma mutação em um único animal, e não por meio da contaminação entre dois ou mais bovinos. Ainda assim, o governo brasileiro decidiu suspender, temporariamente, as exportações de carne bovina para a China, em respeito a um protocolo de segurança firmado entre os dois países.

Dois dias depois da confirmação dos casos, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) manteve o status do Brasil de país com “risco insignificante” para a vaca louca. Para o órgão, os animais foram atingidos de forma independente e isolada. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA