ÁGUA BOA

Economia

Conselho de Administração da Petrobras passará por nova troca de conselheiros

Publicado em

Economia


source
Mudanças acontecem após renúncia de conselheiro, que deve concorrer ao cargo novamente
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Mudanças acontecem após renúncia de conselheiro, que deve concorrer ao cargo novamente

A Petrobras informou que recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia com os nomes indicados pelo governo para o seu Conselho de Administração. Será preciso que os acionistas da estatal aprovem a nova composição após o conselheiro Marcelo Gasparino, representante dos minoritários, ter renunciado em maio ao cargo após ser eleito pelos acionistas.

Como Gasparino foi eleito no sistema de voto múltiplo junto com os outros indicados pelo governo, em caso de um deles renunciar, todos perdem o posto. Mas haverá poucas mudanças. O MME indicou a recondução de sete das oito vagas a que tem direito. Porém, o próprio Gasparino pretende voltar a disputar um dos assentos.

Assim, o governo propõe a recondução de Eduardo Bacellar Leal Ferreira para o cargo de Conselheiro de Administração e Presidente do Conselho, e Joaquim Silva e Luna para o cargo de Conselheiro. Silva e Luna é o atual presidente da estatal, após a demissão de Roberto Castello Branco .

Leia Também:  Sem auxílio, fila do Bolsa família tem mais de 400 mil pessoas desassistidas

Foram propostos para a recondução de conselheiros Ruy Flaks Schneider, Sonia Julia Sulzbeck Villalobos, Márcio Andrade Weber, Murilo Marroquim de Souza  e Cynthia Santana Silveira.

Você viu?

Para a oitava vaga foi indicado Carlos Eduardo Lessa Brandão, selecionado em lista tríplice, elaborada por empresa especializada. Ele é engenheiro civil e  sócio da JFLB, que atua em consultoria em governança e sustentabilidade e em educação executiva.

Brandão deverá disputar a vaga com os indicados pelos minoritários, posto que até então era ocupado por Gasparino.

No início de julho, a Petrobras informou que as gestoras Absolute Gestão de Investimentos, Moat Capital Gestão de Recursos e Banco Clássico indicaram para uma vaga no Conselho José João Abdalla Filho, Pedro Rodrigues Galvão e, novamente, Marcelo Gasparino.

Leia Também:  Mega-Sena deste sábado (12) vai pagar R$ 42 milhões; veja como apostar

Ainda não há uma data para que a nova assembleia seja realizada.

Ao todo, o Conselho da Petrobras tem onze assentos, mas hoje há apenas dez lugares. Além dos indicados pela União, os minoritários têm hoje dois representantes e os empregados tem um assento no Conselho.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Criptomoeda da CBF esgota em 30 minutos e gera arrecadação de R$ 90 milhões

Publicados

em


source
Criptomoeda da CBF esgota em 30 minutos e gera arrecadação de R$ 90 milhões
Sophia Bernardes

Criptomoeda da CBF esgota em 30 minutos e gera arrecadação de R$ 90 milhões


Esgotada em apenas meia hora, a oferta de 30 milhões de criptoativos Brazilian Football Team (BFT), lançados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no último dia 27, gerou uma arrecadação de 15 milhões de euros — cerca de R$ 90 milhões — para a entidade esportiva. A pré-venda ocorreu por meio da plataforma de negociação de criptomoedas Bitci.

Mais de 13 mil pessoas compraram a moeda digital da CBF ao preço de 0,50 euros cada. Há ainda mais 70 milhões de tokens para serem vendidos, em negociação pública prevista para ocorrer no dia 25 de agosto.

Os criptoativos também são chamados de fan tokens. Eles permitem que os torcedores tenham acesso a experiências e recompensas exclusivas, como participar de sorteios e eventos esportivos.

Você viu?

“Tokens de torcedor, que vêm se tornando populares na indústria do esporte, são expressos como ativos que fornecem a oportunidade de aumentar o contato digital e presencial entre equipes e fãs, que passam a ter voz em certas decisões e se beneficiar de vantagens e mais proximidade com marcas e atletas. Os tokens de torcedor a serem desenvolvidos pela Bitci Technology para aumentarão a interação dos torcedores com a Seleção Brasileira e, paralelamente, proporcionarão uma oportunidade de amplificação da receita comercial”, explicou a CBF por meio de nota.

Leia Também:  Magalu adquire mais um aplicativo de delivery de alimentos

No blockchain da Bitci também são negociados tokens de times como o Real Betis (Espanha), Rangers (Escócia), seleção do Uruguai, seleção da Espanha, MotoGP e a McLaren, da Fórmula 1.

O acordo da CBF com a empresa turca inclui as Seleções Brasileiras de Futebol Masculino e Feminino, além das Seleções Sub-20, Sub-17 e Sub-15. Durante a vigência do contrato, a Bitci Technology será a única parceira de negócios da blockchain da Seleção Brasileira de Futebol.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA