ÁGUA BOA

Economia

“Dá para melhorar o Galeão usando o próprio recurso da outorga”, diz ministro

Publicado em

Economia


source
Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta terça-feira que há possibilidade de usar os recursos da outorga do Galeão para melhorar o acesso ao aeroporto. O ministro participou de uma audiência pública na Comissão de Viação e Transportes da Câmara.

Ao falar da possibilidade, o ministro citou a autorização de investimento para melhorar o acesso ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, ligando os trens da CPTM diretamente aos terminais do local. Segundo Freitas, poderia acontecer algo parecido no Galeão e disse que o tema será discutido e espera que o projeto seja apresentado.

“Há possibilidade de melhorar acesso no Galeão usando o próprio recurso da outorga que a gente tem e está sendo originada pelo aeroporto? Porque às vezes vale mais a pena fazer mais investimento no equipamento e aplicar aquele recurso de outorga no investimento do que propriamente arrecadar aquele valor, isso é uma possibilidade”, disse o ministro.

Nos últimos meses, autoridades do Rio de Janeiro se mostraram preocupadas com a dinâmica entre os dois aeroportos, com o esvaziamento do Galeão e a concessão do Santos Dumont, prevista para 2022.

Tarcísio de Freitas disse que o problema do Galeão vem desde a concessão em 2013 que, segundo o ministro, não tinha sustentabilidade financeira. Além disso, ele citou problemas “intrínsecos” do Rio de Janeiro como a questão de segurança no acesso.

Leia Também:  Guedes diz que 'barulho político' não deixa preço do dólar cair

Segundo o ministro, o Santos Dumont não é responsável pelos problemas do Galeão porque o primeiro continua operando com a mesma quantidade de passageiros há 10 anos. Ele citou que não esse problema entre Congonhas e Guarulhos, por exemplo.

Com isso, ele disse que vai haver um reequilíbrio econômico financeiro no contrato, assim como nos demais aereportos e citou um antecipação de outorga. Ao final, até colocou na mesa uma possível relicitação.

Leia Também

“Entendo que nós temos instrumentos para recuperar o Galeão. No extremo, se a concessão do Galeão não vingar, podemos partir para relicitação e ter um novo contrato. Estamos fazendo isso em Viracopos e em São Gonçalo do Amarante”, afirmou.

Concessão do Santos Dumont

Sobre a concessão do Santos Dumont, o ministro afirmou que é possível impor algum tipo de limitação à internacionalização, por exemplo, mas questionou se isso seria relevante.

“Observe que o próprio Santos Dumont vai ter dificuldade de fazer determinados movimentos, estamos falando de um aeroporto que tem 1600 metros de pista. A gente não poderia fazer grandes voos internacionais, a gente está falando de repente de chegar em Montevidéu.”

Leia Também:  Azul tem inscrições abertas para nova edição de seu programa de trainee

Tarcísio de Freitas disse que é possível limitar dependendo da modelagem e harmonizar a operação com o Galeão, mas disse que provavelmente a sociedade não toleraria.

“Eu me questiono se é o caso de partir para proibições de movimento no Santos Dumont, acho que não seria bom pra ninguém e própria sociedade do Rio provavelmente não toleraria isso”, destacou.

O ministro então disse que é possível “harmonizar” as concessões dos aeroportos e que o foco talvez deveria ser em melhorar a situação do contrato do Galeão e não impor uma limitação no Santos Dumont.

De acordo com ele, a retomada da economia junto com o requilíbrio financeiro do contrato de longo prazo e a antecipação do pagamento da outorga, com um possível destino para melhorar o acesso ao aeroporto, podem tornar o Galeão mais viável.

“Tem retomada no setor de óleo e gás, vai ter retomada forte de turismo, então o movimento paulatinamente vai se recuperar. Pelo movimento que está sendo feito no estado do Rio de Janeiro, acho que o Galeão vai ser recuperar junto”, disse.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Azul tem inscrições abertas para nova edição de seu programa de trainee

Publicados

em


source
Inscrições abertas: Azul anuncia nova edição de seu Programa Trainee
Calebe Murilo

Inscrições abertas: Azul anuncia nova edição de seu Programa Trainee

Estão abertas as inscrições para o Programa Trainee 2022 da Azul. São cerca de 15 vagas abertas para candidatos com formação superior em qualquer área de atuação para início em janeiro de 2022. Os interessados poderão se inscrever até 19 de outubro por meio do site da companhia clicando aqui .

A companhia busca por profissionais que tenham protagonismo em suas carreiras e que almejam o crescimento e desenvolvimento de suas habilidades de liderança. Para isso, logo no início do programa, os Trainees farão uma imersão no negócio da Azul, conhecendo a experiência oferecida ao cliente, por meio de visitas a áreas estratégicas, como aeroportos, hangares de manutenção de aeronaves, Azul Cargo, Callcenter e universidade corporativa.

Além disso, para acelerar a carreira dos jovens talentos, o programa oferecerá mentoria realizada com o CEO, vice-presidentes e diretores da Azul, que acompanham de perto o desenvolvimento de cada trainee.

Para participarem do programa, os candidatos precisam ter se graduado em qualquer área de conhecimento entre julho de 2018 e dezembro de 2021, serem apaixonados pelo segmento da aviação, inovadores, criativos e estarem dispostos a participar de projetos desafiadores na companhia.

“O nosso programa Trainee é diferente porque é uma via de mão dupla. Sabemos que nós, como liderança, temos muito o que compartilhar com esses jovens talentos, mas eles, por estarem ingressando no mercado agora, nos trazem uma visão moderna e inovadora que também contribui muito com o nosso negócio, ou seja, acaba sendo uma troca mútua de visões, experiências e ideias” afirma Camila Almeida, diretora de Pessoas da Azul.

Leia Também

O processo seletivo dará oportunidade para que os candidatos demonstrem suas habilidades em testes online, games para resolução de problemas e tomada de decisões, dinâmicas, entrevistas e painéis com a liderança. A companhia busca pela representatividade em todas as suas oportunidades e, por isso, todas as etapas são conduzidas sem distinção de raça, cor, gênero, orientação sexual, nacionalidade, deficiência, idade ou outra particularidade.

Leia Também:  TIM, Zé Delivery, Descomplica e mais abrem 670 vagas em tecnologia

Além dos benefícios de assistência médica e odontológica, seguro de vida, previdência privada, restaurante próprio, vale-transporte ou estacionamento no local, gympass, programas de qualidade de vida e saúde, os Trainees também terão direito a outros diferenciais da Azul, como passagens aéreas nacionais e internacionais para eles próprios, seus pais, filhos, cônjuge e acompanhante, passagens aéreas nacionais ou internacionais para presentear amigos e, ainda, farão parte do clube de descontos da companhia.

O post Inscrições abertas: Azul anuncia nova edição de seu Programa Trainee apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA