ÁGUA BOA

Economia

Desigualdade racial fez aumentar a disparidade de renda, diz Ipea

Publicado em

Economia


source
Desigualdade racial no Brasil pouco evolui em relação à salários
Flick / Artur Luiz

Desigualdade racial no Brasil pouco evolui em relação à salários

Em três décadas, a desigualdade racial  aumentou a já elevada disparidade de renda brasileira. Este foi o resultado de um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), feito com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), que aponta pouco avanço no combate à desigualdade salarial e racial no Brasil. Entre 1986 e 2019 , a desigualdade racial de renda no Brasil permaneceu praticamente estagnada. 

O pesquisador e autor do trabalho, Rafael Osório, ressalta que a pouca elevação da renda da parcela negra da população pode ter sido por conta do aumento da autodeclaração entre os ricos. “A desigualdade racial de renda persiste sem abalos substantivos”, ressalta.

“A valorização da negritude e as políticas para a população negra, dissociadas do combate às desigualdades socioeconômicas e regionais que afetam a todos, não levarão a grandes reduções da desigualdade racial em poucas décadas”, adiciona Osório.

O estudo aponta que a renda média dos brancos permanece ao menos duas vezes maior do que a dos negros. Somente em 2014, quando a renda média dos brancos chegou a 24 dólares por dia, a renda média dos negros ultrapassou o mínimo histórico dos brancos, de 12 dólares em 1992, diz o Ipea.

Clique  aqui para acessar o estudo completo. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Comissões da Alesp dão aval a projeto que prevê empréstimos e loteria estadual

Publicados

em


source
Comissões da Alesp dão aval a projeto que prevê empréstimos e loteria estadual
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Comissões da Alesp dão aval a projeto que prevê empréstimos e loteria estadual

Os parlamentares das comissões de Constituição, Justiça e Redação, e de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo ( Alesp ) aprovaram, na quinta-feira (17), durante reunião em ambiente virtual, o relatório que rejeitou as emendas apresentadas sobre o Projeto de Lei 359/2021, do Executivo, que possibilita contratação de empréstimos e a criação da Loteria Estadual para investimentos.

O relatório, de autoria do deputado Alex de Madureira (PSD), apontou que o projeto é claro e não dá margem à utilização dos recursos para outras finalidades além das listadas. “Os recursos não serão desvirtuados do foco do projeto original, certo de que o Poder Executivo poderá implementar as sugestões propostas, com recursos orçamentários próprios presentes na Lei Orçamentária vigente”, disse o parlamentar.

Você viu?

As emendas de Plenário foram apresentadas pelas deputadas Professora Bebel (PT) e Janaina Paschoal (PSL) durante sessão na última terça-feira (15/6), quando as comissões já tinham dado aval ao projeto para iniciar a discussão e votação final. Nas emendas, as parlamentares pediram mais clareza em relação à algumas ações propostas no projeto, além de diferentes destinações aos recursos apresentados.

Leia Também:  Auxílio emergencial: prorrogar por dois meses vai custar R$ 18 bilhões à União

No entanto, o relatório de Madureira, aprovado nesta quinta, concluiu que as emendas poderiam desfigurar o projeto. Nesta quarta-feira (16/6), inclusive, técnicos do governo do Estado se reuniram com deputados e deputadas para explicar, de forma detalhada, a proposta, e também tirar dúvidas ou dar esclarecimentos sobre o regramento.

Para conhecer o projeto e saber mais, leia a  matéria completa em 1Bilhão Educação Financeira .

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA