ÁGUA BOA

Economia

INSS: Câmara aprova critérios para definir quem recebe o BPC; confira

Publicado em

Economia


source
Previdência Social
Max Leone

Previdência Social

Na aprovação da Medida Provisória 1023/20, a Câmara dos Deputados definiu critérios para a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC) a pessoas com renda familiar per capita de até meio salário mínimo . A matéria foi transformada na Lei 14.176/21.

Segundo parecer do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), foram definidos novos parâmetros para avaliar a vulnerabilidade, por meio de regulamento do Poder Executivo, a fim de permitir a concessão do benefício a pessoas com essa renda. O texto original da MP definia como limite a renda familiar per capita inferior a 1/4 do salário mínimo.

Pelo texto aprovado, são três os critérios : o grau da deficiência; a dependência de terceiros para o desempenho de atividades básicas da vida diária; e o comprometimento do orçamento do núcleo familiar com gastos médicos não ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Enquanto não estiver regulamentado o instrumento de avaliação biopsicossocial da deficiência, a concessão do BPC dependerá de avaliação médica e avaliação social realizadas, respectivamente, pela perícia médica federal e pelo serviço social do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com a utilização de instrumentos desenvolvidos especificamente para esse fim.

Veja  aqui como conseguir. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

5 ações mais recomendadas para agosto, segundo as corretoras

Publicados

em


source
5 ações mais recomendadas para o mês de agosto, segundo as corretoras
Fernanda Capelli

5 ações mais recomendadas para o mês de agosto, segundo as corretoras

O Ibovespa finalizou julho com baixa de 3,08%, fechando em 121.800,79 pontos. Assim, neste início de mês, várias corretoras de investimento renovaram seus palpites de como será o desempenho das ações em agosto .

Vale lembrar que a maior alta da Bolsa de Valores (B3) , durante o mês de julho, foi em detrimento dos ativos da JBS (JBSS3), com 10,14% de valorização.

Em contrapartida, na ponta negativa, os papéis da Americanas S.A (AMER3) tiveram o pior desempenho do mês, com baixa de 25,90%.

Dessa forma, veja as principais ações recomendadas por 10 corretoras. Entre elas, a Moldalmais, Easynvest by Nubank, Nova Futura e outras.

Você viu?

1 – Vale (VALE3)

As ações da Vale lideram novamente o ranking das carteiras de investimento de bancos, corretoras e casas de análise para o mês. Dessa forma, os ativos apareceram em cerca de 6 das recomendações consultadas.

Da mesma maneira, a empresa também aparece como uma das melhores pagadoras de dividendos do ano. Com isso, a porcentagem chegou a 7,1% de Dividend Yield. A companhia é uma das maiores operadoras de logística do país, assim como a maior produtora de minério de ferro, de pelotas e níquel.

2 – B3 (B3SA3)

Em segundo lugar, ficaram os papéis do próprio Ibovespa (B3). Segundo analistas do mercado, as perspectivas para o ativo em agosto são animadoras, mesmo a Bolsa tendo finalizado julho no vermelho.

Um dos principais motivos é o crescimento do volume de IPOs (Oferta Pública Inicial) e oferta subsequente de ações (follow-on). Além disso, há também a questão de que a B3 é uma empresa com governança, gestão e eficiência operacional que proporciona uma boa rentabilidade.

Confira a lista completa em 1Bilhão Educação Financeira .

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Inflação: Famílias de renda mais baixa sofrem maior impacto em maio
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA