ÁGUA BOA

Economia

Reforma Administrativa: especialista examina medida na live do iG desta 5ª (10)

Publicado em

Economia


source
Alketa Peci é a entrevistada do Brasil Economia ao Vivo desta quinta-feira (10), cujo tema será a nova reforma administrativa
Brasil Econômico

Alketa Peci é a entrevistada do Brasil Economia ao Vivo desta quinta-feira (10), cujo tema será a nova reforma administrativa


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), esteve em uma reunião da Comissão Especial da Reforma Administrativa na última quarta-feira (8) para debater a matéria que tramita no Congresso . Para repercutir o assunto que tem sido  ponto de cisão no governo Jair Bolsonaro (sem partido), a redação do iG Economia vai receber a doutora em administração pública, Alketa Peci, para a live do Brasil Econômico sobre a Reforma Administrativa .  

Peci é mestre em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e em Comércio Internacional pelo Instituto de Estudos da Gestão e Direção de Empresas da Itália. Também é graduada em Administração de Empresas pela Universidade de Tirana e tem interesses de pesquisa na burocracia do Estado e sua restauração.


A reforma administrativa foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em 15 de maio e precisa ser analisada pela comissão temporária antes de ser levada ao plenário.

Você viu?

Trata-se de uma das prioridades do governo federal para melhorar a eficiência econômica da União. A proposta prevê alterações na relação entre o Estado e os servidores públicos para reduzir salários e cortar os gastos e a defasagem dos cofres públicos. 

Se aprovada pela Câmara, o texto será encaminhado para o Senado antes de passar pela sanção do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A expectativa da equipe econômica é que a medida seja aprovada até a metade do segundo semestre. 

Lives do Brasil Econômico

Semanalmente, a redação do Brasil Econômico entrevista algum especialista para aprofundar um tema relevante do noticiário econômico. Sempre às quintas-feiras, as transmissões começam às 17h pela  página do Facebook e pelo canal do iG no Youtube .

Assista!


COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Covid-19: Veja 10 ações que se beneficiaram com a pandemia

Publicados

em


source
Covid-19: Veja 10 ações que se beneficiaram com a pandemia
Fernanda Capelli

Covid-19: Veja 10 ações que se beneficiaram com a pandemia

Em meio a um cenário mundial catastrófico, a crise gerada pelo novo Covid-19 foi inédita. A pandemia, que levou muitas vidas, mudou completamente a rotina mundial e pegou todos de surpresa.

Dessa forma, o planeta inteiro passou muito tempo tentando entender como passar pela situação. Até hoje, mais de um ano após a chegada da doença, ainda estamos vivendo muitas dificuldades.

Portanto, para o mercado financeiro não foi diferente. Todas as bolsas de valores do mundo foram de alguma forma afetadas, ao ponto de investidores e analistas do mercado nomearem o período de “banho de sangue”.

Entretanto, mesmo com tantos desafios, houve quem ultrapassasse a tempestade sem muitos problemas , assim como, aproveitando certas oportunidades com as circunstâncias de crise mundial.

Portanto, veja as 10 ações que se beneficiaram com a pandemia e descubra como elas conseguiram se levantar, enquanto o mundo todo caía.

1. Weg (WEGE3)

Com impressionantes 114,57% de valorização, a Weg é a primeira da lista em disparada. Esta é uma empresa multinacional brasileira, do setor de tecnologia.

Leia Também:  Pandemia acelerou digitalização dos bancos na América Latina, mostra pesquisa

Dessa forma, um dos motivos da valorização em meio a pandemia foi a alta do dólar, uma vez que a companhia recebe os lucros através da moeda norte-americana.

2. Magalu (MGLU3)

A empresa que dispensa comentários está em segundo lugar da nossa lista, com 96,03% de valorização sobre seus ativos. Todavia, com a pandemia, o Magalu saiu na frente devido ao seu domínio em relação a tecnologia, assim como em logística, o que foi um diferencial em se tratando de e-commerce.

O Magazine Luiza se tornou uma empresa de plataforma digital de varejo, formada por um ecossistema digital multicanal que contribui para que milhares de outros negócios ingressem no universo das transações virtuais.

3. Vale (VALE3)

A Vale, maior empresa brasileira exportadora de minérios, aumentou em 61,64% o valor de suas ações em meio a crise pandêmica mundial. Isso se deu devido ao preço do minério de ferro, que permaneceu estável em 2020.

Leia Também:  Atlético Mineiro lança NFT de camisas históricas no Binance NFT Marketplace

4. Marfrig (MRFG3)

É uma das maiores companhias de alimentos do mundo exportando proteína animal. Dessa forma, a empresa recebe em dólar. Desta forma, a Marfrig teve uma valorização de 47,12% ao ano durante a pandemia.

5. Klabin (KLBN4)

A Klabin é uma empresa produtora e exportadora de papel, celulose e insumos hospitalares. Durante a crise, suas ações chegaram a 45,96% de valorização, devido a alta demanda desses insumos, assim como o aumento no consumo de papel.

Confira a reportagem completa aqui

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA