ÁGUA BOA

Economia

Temendo o desabastecimento, postos de combustíveis registram filas; veja fotos

Publicado em

Economia


source

Motoristas de todo o país fazem filas em postos de combustíveis desde a noite da última quarta-feira (8), temendo o desabastecimento por conta do bloqueio das rodovias por caminhoneiros bolsonaristas. A falta de gasolina também pode levar a um aumento do preço nas bombas, assim como aconteceu com a greve dos caminhoneiros de 2018 . Confira fotos!


Leia Também:  Auxílio emergencial perde quase 80% do poder de compra desde o lançamento

Em 2018, a greve dos caminhoneiros pôde ser sentida na economia do país. A paralisação durou dez dias (entre o fim de maio e o início de junho) e provocou uma queda no abastecimento de vários produtos. Isso levou à indisponibilidade de alimentos e remédios e à alta no preço dos combustíveis. Além disso, aulas foram suspensas, a frota de ônibus foi reduzida, e voos foram cancelados em várias cidades.

Desde quarta-feira (8), caminhoneiros bolsonaristas realizam paralisações em pelo menos 15 estados brasileiros . A revindicação dos manifestantes é a destituição de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), em especial Alexandre de Moraes. Mesmo com o pedido de dispersão feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) , o bloqueio nas rodovias continua.


COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Mulher denuncia empresa e pede demissão no alto-falante; veja o vídeo

Publicados

em


source
Beth McGrath usou alto-falante de loja para pedir demissão nos EUA
Arquivo pessoal

Beth McGrath usou alto-falante de loja para pedir demissão nos EUA

Beth McGrath, funcionária do Walmart no estado de Louisiana (EUA) se revoltou com as políticas trabalhistas da empresa e pediu demissão para quem quisesse ouvir, além de denunciar maus-tratos na empresa. Ela ainda chama um gerente de “pervertido”

“Trabalho no Walmart há quase cinco anos e posso dizer que todo mundo aqui trabalha com excesso de trabalho e é mal pago. A política de atendimento é otimista. Somos maltratados pela administração e pelos clientes todos os dias. Sempre que temos um problema com isso, somos informados de que somos substituíveis”, declarou ela.

“Esta empresa trata seus associados idosos como merda”, continuou a mulher, antes de encerrar o discurso dizendo: “F***-se a gerência e f***-se este trabalho”.

Veja o vídeo:


Após o desentendimento público, ela reforçou a ideia nas redes sociais e aconselhou aos que passam pela mesma situação a fazerem o mesmo.

“Não tenha medo de falar o que te incomoda, mesmo que isso acabe com você”, orientou.

Segundo o UOL, ela teria recebido várias propostas de emprego após o vídeo viralizar.




COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA