ÁGUA BOA

Economia

Zé Delivery abre vagas para programa de estágio exclusivo para pessoas negras

Publicado em

Economia


source
Zé Delivery abre vagas de estágio exclusivas para pessoas negras
Juliana Elias

Zé Delivery abre vagas de estágio exclusivas para pessoas negras

As inscrições para ZÉstagio, programa de estágio do maior delivery de bebidas do país, o Zé Delivery, já estão disponíveis. Será exclusivo para pessoas negras, sem exigência de inglês e tipo de graduação. O delivery vai contratar cerca de 30 pessoas para diversas áreas da empresa, como tecnologia, marketing, dados, produtos, pessoas, operações, financeiro, entre outras.

Também serão recrutados estagiários para todo o ecossistema Direct to Consumer Brasil, do qual o Zé Delivery faz parte, e contempla as empresas Empório da Cerveja, Vizi, Chopp Brahma Express, Pit Stop e Sempre em Casa.

As inscrições devem ser realizadas no site vemser.ze.delivery/estagio, entre os dias 13 de setembro e 15 outubro e o processo é 100% online. Para participar, é preciso ser uma pessoa negra, preta ou parda, com mais de 18 anos, com formação prevista entre dezembro de 2022 e dezembro de 2023 nos cursos de graduação, técnico ou tecnológico, ter vontade de fazer parte de um ambiente com uma cultura de desafios, aprendizado e colaboração, e após a pandemia, ter mobilidade para trabalhar em São Paulo em um modelo de trabalho flexível.

Os benefícios oferecidos são: Bolsa-auxílio competitiva, vale refeição ou alimentação, vale transporte, seguro de vida, convênio medicamento, gympass, aulas online de yoga / mindfullness e alongamento, desconto nos produtos do Zé Delivery, Chopp Brahma Express e Empório da Cerveja, trilha de desenvolvimento estruturada, aulas de inglês, biblioteca personalizada, entre outros.

Diversidade e Inclusão

“Desde o primeiro dia do Zé Delivery, nós reforçamos o propósito de sermos democráticos, acessíveis e pró-diversidade. Mas, queremos ir além e entendemos que, para isso, precisamos olhar a representatividade de forma estratégica. Assim, criamos uma área de Diversidade e Inclusão. Abrir um programa exclusivo para pessoas negras é apenas uma das maneiras de oferecermos oportunidades e reconhecermos que o racismo estrutural existe”, destacou Guilherme Ribeiro, Gerente de Cultura, Diversidade e Inclusão no Zé.

Leia Também:  BRF, Dona das marcas Sadia e Perdigão, investe em energia solar no Ceará

A iniciativa do estágio foi realizada em conjunto com vários times do Zé, como o time People, Grupo de Afinidade de pessoas negras (NOZ), além de ex e atuais estagiários. A finalidade é promover, desde o momento da inscrição, um caminho inclusivo de educação, desenvolvimento e autoconhecimento para os candidatos. Além de passar pela parte de Cultura, o chamado Jeito Zé de Ser, e modelo de trabalho do Zé, os participantes poderão escolher o próprio desafio para avaliação, sem exigência de inglês ou avaliação pela instituição ou curso.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Mulher encontra dedo humano dentro de lanche na Bolívia: “mastiguei”

Publicados

em


source
Boliviana encontrou dedo em lanche
Reprodução/redes sociais

Boliviana encontrou dedo em lanche

Um mulher mordeu um dedo humano enquanto comia um lanche em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. Estefany Benitez encontrou o pedaço humano em um sanduíche da rede Hot Burger.

“Na hora de comer, eu mastiguei um dedo”, escreveu ela no Facebook. Benitez também publicou imagens do lanche e do indicador em sua página. O caso aconteceu no último domingo (12) e, de acordo com o relato da boliviana, ela reclamou com o gerente do restaurante.

Dedo encontrado em lanche
Reprodução/Facebook

Dedo encontrado em lanche

O responsável pela unidade assumiu o erro e disse que o dedo era de uma funcionário que tinha sofrido um acidente de trabalho mais cedo. O homem, então, disse que faria o que a cliente desejasse, inclusive devolver o dinheiro. “É o cúmulo dizer que devolveria o dinheiro, como se nada tivesse acontecido”, escreveu ela.

O caso ganhou repercussão depois da publicação no Facebook receber mais de 10 mil interações. Diante disso, a rede Hot Burger publicou um vídeo se desculpando com Benitez e com todos os demais clientes. “Somos os principais interessados que este fato seja esclarecido. Da mesma forma, estamos ao lado de nosso funcionário [que perdeu o dedo] que faz parte da nossa grande família”, declarou o proprietário da rede, Jorge Schainman.

De acordo com o jornal La Razón, essa é a terceira vez que funcionários da rede perder partes dos dedos. Por conta disso, os métodos de segurança do Hot Burger serão investigados pela Justiça, e o Ministério do Trabalho boliviano determinou que o restaurante onde ocorreu o incidente fosse interditado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA