ÁGUA BOA

Esportes

Corinthians é superado pelo Atlético-MG na 12ª rodada do Brasileirão 2021

Publicado em

Esportes



Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Na noite deste sábado (17), o Corinthians entrou em campo para mais um desafio no Brasileirão 2021. Na Neo Química Arena, pela 12ª rodada da competição, o Timão encarou o Atlético-MG mas foi superado pelo placar de 2 a 1. O gol alvinegro foi marcado por Gustavo Silva na primeira etapa.
Com a derrota em Itaquera, o Coringão permanece com 14 pontos na tabela, em uma campanha com três vitórias, cinco empates e quatro derrotas até aqui.
Escalação
O técnico Sylvinho iniciou o duelo contra o Atlético-MG com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Gil, João Victor, Fábio Santos; Roni, Cantillo, Gabriel; Gustavo Silva, Mateus Vital e Jô. Durante o jogo, também entraram Vitinho, Marquinhos, Luan e Araos. Ainda estavam no banco de reservas: Matheus Donelli, Lucas Piton, Felipe, Matheus Alexandre, Adson, Raul Gustavo, Xavier e Belezi.
Seguem em transição com a equipe de preparação física os meias Gustavo Mantuan e Ruan Oliveira, além do atacante Léo Natel.
Bola em jogo!
A partida começou com bastante disputa pela posse de bola, o que resultou em primeiros minutos bastante truncados e concentrados no meio-campo, com os clubes buscando criar oportunidades de ataque.
A primeira chegada do Corinthians com mais perigo aconteceu aos 10 minutos, quando Fábio Santos fez boa jogada individual pela esquerda e cruzou para a área do Atlético-MG. O goleiro adversário subiu mais alto que os atacantes do Timão e ficou com a bola.
Em uma partida até ali onde os times pouco criaram boas chances, o Coringão voltou a levar perigo ao gol da equipe mineira somente aos 26 minutos, em uma boa jogada individual de Mateus Vital. O camisa 22 limpou dois zagueiros na ponta da área e arriscou a finalização, mas a bola explodiu em outro defensor do Atlético-MG, que retomou a posse da bola.
Na primeira e única chance mais clara do Timão na primeira etapa, o Time do Povo abriu o placar na Neo Química Arena! Aos 37 minutos, Cantillo roubou a bola no meio de campo, avançou e deu ótimo passe para Gustavo Silva. O atacante driblo o zagueiro, ajeitou o corpo e tocou no canto para fazer um golaço. 1 a 0 Corinthians.
Segundo tempo
Os últimos 45 minutos se iniciaram com uma estilo de jogo muito semelhante ao primeiro tempo, com poucas chances criadas e bastante disputa pela posse de bola. A primeira com mais perigo foi mais uma vez do Coringão. Aos sete minutos, Em cobrança de falta na grande área, João Victor subiu alto e por muito pouco não conseguiu mandar a bola em direção ao gol.
No entanto, a equipe mineira cresceu mais na partida e obrigou Cássio a fazer duas boas defesas, mas, aos 18 minutos, conseguiu chegar ao empate após cobrança de falta. 1 a 1 em Itaquera.
Após sofrer o gol, o técnico Sylvinho realizou a primeira mudança em busca de retomar mais o controle da partida. Saiu Mateus Vital e entrou Vitinho.
Aos 28 minutos, mais uma mudança no ataque corinthiano, deixou o gramado o autor do gol, Gustavo Silva e entrou Marquinhos.
Mais tarde, aos 34 minutos, Timão chegou bem ao ataque. Vitinho cobrou falta perigosa na barreira, mas a bola sobrou para Marquinhos, que chutou de primeira e passou perto da trave direita do goleiro. No minuto seguinte, Jô quase colocou o Timão em vantagem mais uma vez, porém após defesa do goleiro, ele acabou finalizando na trave.
Aos 42 minutos, em um contra-ataque, a equipe adversária conseguiu o gol da vitória em Itaquera e fechou o placar.
Próximo jogo
O Coringão volta a entrar em campo pelo Brasileirão na segunda-feira (26), na partida contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 20h (horário de Brasília).

  Debaixo de forte chuva Corinthians estreia em casa e empata com Palmeiras

Leia Também:  Série D: Portuguesa vence Santo André e sobe para 2º lugar do Grupo 7

Tags: Futebol, Notícias

Categoria(s): Futebol

Fonte: https://www.corinthians.com.br/corinthians-e-superado-pelo-atletico-mg-na-12-rodada-do-brasileirao-2021

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

São Bento vence Madureira, encerra jejum e vence a 1ª na Série D

Publicados

em


Após oito jogos de jejum, o São Bento-SP, enfim, venceu a primeira na Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (31), o Bentão superou o Madureira-RJ por 2 a 1 no estádio Aniceto Moscoso, popularmente conhecido por Comendador Souza, na zona norte do Rio de Janeiro, pela nona rodada da competição.

O clube paulista subiu para oito pontos e voltou a sonhar com uma das quatro vagas do Grupo 7 à segunda fase da Série D. São três pontos de diferença para o Cianorte-PR, quarto colocado e que fecha a zona de classificação, mas que ainda vai a campo pela rodada neste domingo (1º), contra o Santo André-SP, no estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR), às 16h (horário de Brasília).

Os cariocas, com 13 pontos, ocupam o terceiro lugar da chave, mas podem ser ultrapassados justamente pelo Cianorte. O Tricolor Suburbano, que encerrou o primeiro turno da fase de grupos invicto, sofreu a segunda derrota consecutiva na competição.

O primeiro tempo foi de poucas emoções, muitos erros de passe, faltas e cartões (foram quatro, sendo três nos primeiros 15 minutos). Na única chance real, aos 17 minutos, o lateral Juninho Monteiro cruzou por baixo, pela esquerda, a bola quicou no gramado irregular e atrapalhou o atacante Índio, que – sem ângulo e na pequena área – acertou a trave esquerda.

Leia Também:  Fortaleza bate o São Paulo e sobe para a vice-liderança do Brasileirão Assaí

A etapa final foi diferente. Aos três minutos, o atacante Judson foi lançado na entrada da área pela esquerda, cortou o lateral Léo Barboza, mas arrematou por cima do gol do Madureira. No lance seguinte, Eduardo entrou na área pela esquerda e cruzou rasteiro para o também atacante Sampaio se antecipar à zaga e ao goleiro do São Bento para abrir o placar.

A resposta paulista veio aos 17 minutos. Juninho Monteiro ganhou a disputa de cabeça na área com Anderson Cavalo, mas afastou nos pés do também atacante Kayan, que matou a bola no peito e chutou da linha da área, marcando um golaço. O gol acuou os cariocas e animou os visitantes, que seguiram no ataque e chegaram à virada aos 38 minutos. O atacante Ayrton avançou pela direita, deixando a marcação do Tricolor para trás, e rolou à esquerda, na saída do goleiro, para o meia Kadu – mesmo escorregando – colocar o Bentão à frente.

Nos minutos finais, o técnico do São Bento, Paulo Roberto Santos foi expulso por reclamação e foi até o meio do gramado discutir com o árbitro Marcel Phillipe Santos Martins. Mesmo sem o treinador, a equipe de Sorocaba (SP) conseguiu administrar a vantagem para conquistar a primeira vitória na competição.

Leia Também:  Bragantino supera Flamengo no Maracanã e dorme na ponta do Brasileiro

As duas equipes têm duelos estaduais na próxima rodada da Série D. No sábado que vem (7), às 16h, o São Bento recebe a Portuguesa-SP no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. No outro domingo (8), às 15h, o Madureira faz o clássico contra o Bangu em Moça Bonita, zona oeste do Rio de Janeiro.

Edição: Márcio Parente

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA