ÁGUA BOA

Esportes

Furacão ganha do juventude pela segunda rodada do brasileirão

Publicado em

Esportes


Um primeiro tempo de muita pegada e um show do Furacão na etapa final!
Esse é um resumo do que aconteceu neste domingo (6), em Caxias do Sul (RS). O Athletico teve atuação perfeita nos 45 finais e venceu o Juventude por 3 a 0. A segunda vitória em dois jogos no Brasileirão.
E nesta batalha de quatro frentes que o Rubro-Negro enfrenta, o próximo confronto será na Copa do Brasil. Quarta-feira (9), o time athleticano encara o Avaí, no Caldeirão.

 O jogo

Os sistemas defensivos prevaleceram na primeira etapa. O Athletico tentava chegar no toque de bola e o Juventude respondia apostando nas bolas aéreas. Carlos Eduardo teve a melhor chance do Furacão, em passe de Jadson, mas mandou à direita do gol.Mas se faltaram chances no primeiro tempo, o Furacão precisou de quatro minutos para balançar a rede duas vezes na etapa final!

Logo a 1′, Fernando Canesin acionou Marcinho pela direita. O lateral foi à linha de fundo e colocou a bola na cabeça de Jadson. O camisa 10 nem precisou sair do chão para dar um toque de categoria, no ângulo, longe do alcance do goleiro!

Quase nem deu tempo para comemorar e Jadson colocou a bola na rede de novo. Aos 4′, Léo Cittadini tocou para Matheus Babi. O centroavante dominou e rolou para Carlos Eduardo, que fez o corta-luz e deixou Jadson livre. A finalização foi com o padrão de qualidade do craque. Golaço do Furacão!

  Coritiba perde de 2 a 0 para o Atlético MG

Leia Também:  Em jogo movimentado, Foz Cataratas derrota Brasília na LNF

Mesmo com dois gols de vantagem, o Rubro-Negro seguiu buscando o ataque. António Oliveira manteve a postura ofensiva do time com as entradas de Vitinho, Kayzer, Nikão e Terans, que mantiveram o fôlego da linha ofensiva.

O time esteve perto de ampliar o placar em um chute de fora da área de Nikão e em uma falta batida com força e precisão por Nicolas, que o goleiro espalmou.

Mas o terceiro gol veio aos 43′, em mais uma jogada bem trabalhada pelo Furacão.

Vitinho tocou na área para Terans, que cruzou rasteiro. A bola passou por Renato Kayzer e sobrou para Nikão, que mandou a finalização certeira, no cantinho!

Uma grande vitória do Furacão, que chega a seis pontos em dois jogos no Brasileiro.

Agora, o desafio é novamente a Copa do Brasil, com a missão de seguir em frente em mais uma competição!

Ficha técnica: Juventude 0x3 Athletico Paranaense
Campeonato Brasileiro 2021: Segunda rodada
Data: 06/06/2021
Horário: 18h15
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

  São Paulo vence o Bahia por 3 a 1 pela Série A

Leia Também:  Inter larga em vantagem na Copa do Brasil

Árbitro: Paulo César Zanovelli (MG)
Assistente: Celso Luiz da Silva (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Quarto árbitro: Roger Goulart (RS)

Juventude: Marcelo Carné; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Foster (Cleberson, aos 37′ do 2º tempo) e Alyson; João Paulo (Matheus Jesus, aos 24′ do 2º tempo), Castilho e Wescley; Capixaba (Marcos Vinícios, aos 24′ do 2º tempo), Matheus Peixoto (Fernando Pacheco, aos 37′ do 2º tempo) e Chico
Técnico: Marquinhos Santos

Athletico Paranaense: Santos; Marcinho, José Ivaldo, Thiago Heleno e Nicolas; Fernando Canesin (Nikão, aos 17′ do 2º tempo), Léo Cittadini, Jaime Alvarado (Richard, aos 25′ do 2º tempo) e Carlos Eduardo (Vitinho, aos 36′ do 2º tempo); Jadson (David Terans, aos 36′ do 2º tempo) e Matheus Babi (Renato Kayzer, aos 36′ do 2º tempo)
Técnico: Antonio Oliveira
Gols: Jadson, a 1′ e aos 4′, e Nikão, aos 43′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Jaime Alvarado e Matheus Babi

fonte: https://www.athletico.com.br/resumo_do_jogo/noventa-minutos-de-raca-45-de-show/

Fotos: Gustavo Oliveira/athletico.com.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Com dois de Angel Romero, Paraguai estreia na Copa América com vitória

Publicados

em


O Paraguai derrotou a Bolívia por 3 a 1 de virada, na noite desta segunda-feira (14) no estádio Olímpico de Goiânia, em sua estreia na Copa América. O destaque da partida foi o atacante Angel Romero, que marcou dois gols.

Com o triunfo, a equipe paraguaia assumiu a liderança do Grupo A da competição, com três pontos. Já os bolivianos ficam na lanterna da chave, sem ponto algum. A Argentina é a vice-líder, com um ponto após empatar em 1 a 1 nesta segunda com o Chile.

Triunfo de virada

A Bolívia conseguiu abrir o placar cedo, logo aos 9 minutos com o meio-campo Saavedra em cobrança de pênalti. Mas, a partir daí, a equipe comandada pelo técnico Eduardo Berizzo assumiu os controles das ações, criando uma oportunidade após a outra.

Um pouco antes do intervalo, a Bolívia ficou em desvantagem numérica quando o atacante Cullear foi expulso após receber o segundo cartão amarelo por cometer falta em Piris da Motta.

Leia Também:  Em jogo movimentado, Foz Cataratas derrota Brasília na LNF

Melhor na partida, e com vantagem numérica, o Paraguai finalmente conseguiu transformar o domínio em gols na etapa final. Aos 16 minutos Romero Gamarra aproveita sobra de bola para chutar de primeira e empatar.

A virada vem três minutos depois, quando Angel Romero aproveita sobra de bola para desempatar sem dificuldades. Aos 35 minutos o ex-jogador do Corinthians marca novamente, desta vez em chute cruzado após receber de Ávalos.

Na próxima rodada, o Paraguai folga, enquanto a Bolívia enfrenta o Chile, na próxima sexta-feira (18) a partir das 18h (horário de Brasília) na Arena Pantanal.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA