ÁGUA BOA

Esportes

Manoel exalta defesa após Flu chegar ao 3° jogo seguido sem ser vazado

Publicado em

Esportes


Um dos pilares da boa campanha do Fluminense na temporada passada, o setor defensivo vai dando sinais de estar em franca evolução e demonstra, mais uma vez, ser um dos pontos fortes do Tricolor. Na vitória por 1 a 0 sobre o Cuiabá no último domingo, em São Januário, o time chegou ao terceiro jogo sem ser vazado. Além do duelo contra o time do Mato Grosso, a zaga do Fluminense passou em branco na vitória por 2 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, no Maracanã, e no empate em 0 a 0 com o São Paulo, na estreia do time no Campeonato Brasileiro, no Morumbi.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Os números evidenciam o grande momento coletivo e individual dos atletas do setor, que conseguiram manter o nível de atuações mesmo com o desfalque de Nino, que está com a seleção olímpica no último período de preparação para os Jogos de Tóquio. Além de Luccas Claro, Manoel, o substituto do camisa 33, tem ido muito bem e mostrou a importância de se ter um elenco homogêneo.

  Fluminense não dá espaço para o Galo e jogo termina empatado sem gols

Leia Também:  Tênis de mesa: Thiago Monteiro troca de casa na próxima temporada

“Muito importante chegar ao terceiro jogo sem sofrer gol. A gente sabe da qualidade do nosso sistema defensivo, mas também temos que ressaltar a parte da frente, que contribui muito. É um momento bom que a gente espera manter. Esperamos manter o nível de atuações, porque não tomando gol, a gente com certeza vai fazer lá na frente por causa da qualidade dos jogadores que nós temos. Fico feliz e vamos entrar mais dedicados a cada jogo para conseguir nossos objetivos”, declarou Manoel.

Luccas Claro teve duas interceptações, um desarme, dois duelos ganhos e 94% de acerto de passe. Já Manoel somou dois cortes e três interceptações, com 84,6% de passes certos, de acordo com estatísticas do site SofaScore.

O camisa 26 disse estar feliz pela chance de ser titular na ausência de Nino. Para o zagueiro, o importante é sempre estar pronto para ajudar quando for acionado pelo técnico Roger Machado.

“Feliz pela oportunidade. Estou muito tranquilo, procurando sempre ajudar meus companheiros dentro de campo, orientando. Estou me sentindo bem, fazia um tempo que não jogava, mas estou bem e sempre à disposição para ajudar a equipe”, concluiu o camisa 26.

  Luiz Mellão vê Fred como peça-chave do Fluminense: “É a cara da Libertadores”

Leia Também:  Vitória para embalar o Galo

A zaga vem recebendo atenção especial do técnico Roger Machado nas últimas semanas. O treinador tricolor fez questão de elogiar o trabalho do setor defensivo. Além de Luccas Claro, Nino e Manoel, o Tricolor conta ainda com David Braz e Matheus Ferraz para a posição no elenco.

Leia mais: Sem perder há 11 jogos, Flu tem a maior invencibilidade do Brasileirão

“O cenário brasileiro e por vezes o externo deseja empurrar que todo mundo tem que propor jogo hoje. Mas independente do grupo, da característica que você tem, da capacidade dos jogadores, todo mundo tem que propor jogos. Defender bem é organização e talento. Atacar bem dessa forma é talento e organização. Se inverte essas variáveis. O fato de você não ter a bola não significa que você é mais defensivo. Pelo contrário. Às vezes você não tem a bola, mas está propondo o jogo. Porque está impondo ao adversário o jogo que você deseja. Levar a bola para onde você quer, roubar a bola para chegar ao gol adversário”, disse Roger.

Foto: Mailson Santana/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/manoel-exalta-defesa-apos-flu-chegar-ao-3-jogo-seguido-sem-ser-vazado

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Jogador da Dinamarca se recupera após síncope durante jogo da Euro 202

Publicados

em


O meia da seleção dinamarquesa, Christian Eriksen, está consciente no hospital, segundo autoridades do futebol, após um colapso durante o jogo do seu time contra a Finlândia, pela Eurocopa de 2020, neste sábado (12), e de ter recebido massagens cardíacas dentro do gramado do Estádio Parken, em Copenhague.

Eriksen desabou no gramado aos 42 minutos do primeiro tempo, no momento em que corria na linha lateral para receber uma cobrança de lateral. O silêncio tomou conta da arquibancada com 16 mil pessoas, enquanto seus companheiros formavam um círculo em torno de Eriksen, com os médicos trabalhando em seu peito.

Um fotógrafo da Reuters no jogo viu Eriksen levantar o braço enquanto era carregado para fora do gramado em uma maca. A Federação Dinamarquesa de Futebol informou posteriormente pelo Twitter que o jogador de 29 anos estava acordado no hospital Rigshospitalet, nas proximidades do estádio, onde era examinado.

Inicialmente suspenso, o jogo foi retomado horas depois, com vitória da Finlândia por 1 a 0.

Leia Também:  Gabriel Dias do Ceará: "Nosso grupo é mentalmente forte e vamos fazer o nosso melhor no decorrer da temporada"

A partida estava com o placar zerado quando Eriksen, que defende a Internazionale, da Itália, desabou pouco antes do intervalo do jogo pelo Grupo B. Os companheiros Martin Braithwaite e Thomas Delaney correram para ajudá-lo. Delaney acenava furiosamente em busca de assistência médica.

Os dois times deixaram o gramado, com autoridades segurando lençóis para bloquear a visão da maca, e o auto-falante do estádio dizendo que a partida havia sido suspensa devido a uma emergência médica e que permanecessem em seus assentos.

A torcida no Estádio Parken cantou o hino nacional da Dinamarca e gritaram o nome de Christian Eriksen enquanto esperavam notícias sobre o jogador.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA