ÁGUA BOA

Esportes

Santos vence na estreia da Copa Sul-Americana e leva vantagem para o jogo da volta

Publicado em

Esportes


O Santos FC estreou na Copa Sul-Americana já nas oitavas de finais da competição, na noite desta quinta-feira (15), e venceu o Independiente (ARG) por 1 a 0 na Vila Belmiro. Kaio Jorge foi o autor do gol do Peixe. Com o triunfo, o time santista pode até empatar na Argentina, no segundo jogo, que estará classificado para as quartas de finais do torneio.

O próximo compromisso do Peixe é diante do Red Bull Bragantino, no domingo (18) ás 20h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, pelo Campeonato Brasileiro.

O jogo
A primeira oportunidade na partida foi da equipe santista, através de Marcos Guilherme. O atacante santista recebe na ponta da esquerda e chuta da entrada da área visando encobrir o goleiro, e a bola passa próxima a trave, aos 7 minutos.

Aos 15 minutos, Camacho acha Moraes avançando pela esquerda e o lateral cruza para Kaio Jorge, que ganha da marcação e cabeceia para fora.

O Peixe seguiu pressionando a equipe adversária, e aos 30 minutos, Kaio Jorge recebeu na intermediária, avançou, se livrou da defesa e bateu forte, obrigando o goleiro a fazer a defesa em dois tempos.

Restando cinco minutos para o fim do tempo regulamentar, Marcos Guilherme vence na velocidade e entra na área pelo lado esquerda, e quase abre o placar para o time santista. O arqueiro fez nova defesa.

  Com gol de Soteldo, Santos avança para a próxima fase da Conmebol Libertadores

Leia Também:  Athletico-PR avança às semifinais do Estadual após empate com Paraná

Já na segunda etapa, aos 3 minutos, Pará recebe a bola na direita e cruza na área. Kaio Jorge tenta finalizar na sobra, mas é travado pela zaga argentina.

Cinco minutos depois, a bola sobra Gabriel Pirani, de frente para o gol, e a bola explode no peito do goleiro. Na sequência, Marinho recebe na direita, puxa para a entrada da área e bate rasteiro para outra defesa do arqueiro.

Aos 10 minutos, a melhor chance santista até então. Jean Mota cobra escanteio fechado, e Kaiky chega primeiro para cabecear, e o goleiro se estica todo para evitar o gol.

O Santos FC continuou no ataque, e Gabriel Pirani recebeu de Marinho na entrada da área e finalizou de esquerda buscando o canto direito. Por muito pouco a bola não entrou.

Aos 22 minutos, Moraes coloca na área, e Marinho, em um lindo lance, manda de bicicleta para o gol, e a bola passa muito próxima a trave.

Um minuto depois, enfim, o merecido gol do Alvinegro saiu. Marcos Guilherme bateu rasteiro de primeira ao receber de Marinho, e o goleiro Sosa deu rebote. Esperto, Kaio Jorge avançou e colocou a bola no fundo da rede. Santos 1 a 0!

  Santos vence o Boca Juniors e final da Libertadores será entre brasileiros

Leia Também:  Olimpíada: seleção brasileira de handebol vence Portugal em amistoso

Três minutos depois, João Paulo trabalhou pela primeira vez na partida, e defendeu um chute forte de Roa.

O time argentino tentou empatar no restante do jogo, mas a defesa santista, bem postada, impediu os principais perigos.

Restando um minuto para a partida terminar, João Paulo garantiu a vitória. Silvio Romero cobrou falta com categoria, e o goleiro do Peixe realizou linda defesa, e voou para colocar a bola para escanteio.

João Paulo protagonizou uma extraordinária defesa no fim do jogo! (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Segundos depois, o árbitro finalizou a partida, e o Peixe leva a vantagem para a Argentina, almejando a vaga para as quartas de finais.

Ficha Técnica:
Santos FC 1 x 0 CA Independiente
Data: 15/07/2021
Horário: 19h15
Gols: Kaio Jorge aos 23min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Árbitro: Wilmar Roldan
Auxiliares: Alexander Guzman e John Leon
Cartões amarelos: Carlos Sánchez e Kaiky (SFC); Insaurralde, Lucas Rodriguez e Lucas González (CAI)
SFC: João Paulo; Pará (Vinícius Zanocelo), Luiz Felipe, Kaiky e Moraes; Camacho, Jean Mota (Lucas Braga) e Gabriel Pirani (Carlos Sánchez); Marinho, Marcos Guilherme e Kaio Jorge (Madson). Técnico: Fernando Diniz
CAI: Sosa; Bustos, Ostachuk, Insaurralde e Rodríguez; Blanco, Lucas Romero, Roa e Velasco (Herrera); Palácios (Braian Martínez) e Romero. Técnico: Julio Falcioni

fonte: https://www.santosfc.com.br/santos-vence-na-estreia-da-copa-sul-americana-e-leva-vantagem-para-o-jogo-da-volta/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Inspirados por Ítalo, surfistas mirins sonham com medalha olímpica

Publicados

em


O brasileiro Ítalo Ferreira conquistou o primeiro ouro olímpico do surfe em Tóquio e, se a reação em sua cidade-natal servir de referência, não será o último de uma das nações mais destacadas no esporte, onde muitos se sentem em casa no meio das ondas.

Os surfistas mirins de Baía Formosa, uma pequena cidade litorânea do Rio Grande do Norte, se inspiram há tempos no novo campeão olímpico, e sua medalha só aumenta a motivação em progredir no esporte.

“Foi muito interessante notar o quanto essa medalha do Ítalo trouxe um novo fôlego para o surfe e uma nova inspiração para essas gerações que estão vindo”, disse Daniel Grubba, um agente de surfistas da One Sports Agency.

Grubba estava em Baía Formosa na semana passada em busca de jovens talentos para contratar, e um deles era Maria Clara Dornelas, uma moradora local de 12 anos.

Maria Clara Dornelas, de 12 anos, já compete em torneios nacionais de surfe. Maria Clara Dornelas, de 12 anos, já compete em torneios nacionais de surfe.

Maria Clara Dornelas, de 12 anos, já compete em torneios nacionais de surfe. – Rodolfo Buhrer/Reuters/Direitos reservados

“Eu me inspirei nele (Ítalo) muitas vezes, quando estou competindo em um campeonato lembro dele e faço mais ou menos o que ele fez”, disse Maria Clara depois de vencer o Maresia Pro, uma competição nacional na qual enfrentou rivais com o dobro de sua idade. “Alegria, porque estar levando uma medalha para sua cidade deve ser incrível, e imagine medalha de ouro!”, acrescentou.

Apesar do maior destaque alcançado pelo ouro olímpico, o sucesso do surfe não é novo no Brasil.

Os três principais surfistas do ranking masculino da World Surf League são todos brasileiros e uma das cinco melhores mulheres também.

Outra surfista, a carioca Maya Gabeira, quebrou no ano passado o recorde mundial de maior onda surfada: uma parede de água de 22,4 metros de altura no litoral português.

Mas a inclusão e o sucesso na Olimpíada dão ao esporte um impulso enorme.

“É legal poder inspirar as outras pessoas, não só as crianças, mas outras pessoas que têm um outro sonho, que não vivem diretamente do esporte, mas que têm grandes sonhos, que tentam conquistar algo”, disse Ítalo nesta semana pouco depois de voltar do Japão. “Ter a minha história como inspiração e motivação, acho que isso é muito gratificante”, afirmou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Athletico-PR avança às semifinais do Estadual após empate com Paraná
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA