ÁGUA BOA

Esportes

Semana de Vela de Ilhabela confirma volta das regatas presenciais

Publicado em

Esportes


A organização da Semana Internacional de Vela de Ilhabela confirmou nesta quinta-feira (10) a realização da competição entre os dias 24 e 31 de julho, no Yatch Club de Ilhabela (SP), litoral norte paulista. Será a 48ª edição do evento, considerado o maior da vela oceânica da América Latina.

No ano passado, o torneio foi disputado somente de forma virtual, por meio do simulador Virtual Regatta, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Apesar da edição de 2021 ter a volta das regatas presenciais, a competição on-line foi mantida. Para este ano, os participantes terão de fazer o teste de PCR com 72 horas de antecedência.

“É o mais importante evento da vela nacional. Conquistar esse título passou a ser motivo de orgulho. Tem participação de barcos e velejadores internacionais, medalhistas olímpicos e campeões mundiais, então é um evento que todos têm como referência”, comentou o velejador Lars Grael, bronze nas Olimpíadas de Seul (Coreia do Sul), em 1988, e Atlanta (Estados Unidos), em 1996, em comunicado à imprensa.

Em 2019, a Semana de Vela reuniu cerca de mil velejadores em 120 barcos, divididos em nove categorias. O campeão geral foi o barco Pajero, comandado por Eduardo Souza Ramos, que disputou as Olimpíadas de Moscou (então União Soviética), em 1980, e Los Angeles (EUA), em 1984. O tático da embarcação foi outro atleta olímpico: André Fonseca, que competiu em Atenas (Grécia), em 2004, e Pequim (China), em 2008. Já o barco Crioula, que ficou em segundo, teve Samuel Albrecht, que representará o Brasil nos Jogos de Tóquio (Japão).

Leia Também:  Jogos de Tóquio: seleção olímpica perde de 2 a 1 para Cabo Verde

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Com dois de Angel Romero, Paraguai estreia na Copa América com vitória

Publicados

em


O Paraguai derrotou a Bolívia por 3 a 1 de virada, na noite desta segunda-feira (14) no estádio Olímpico de Goiânia, em sua estreia na Copa América. O destaque da partida foi o atacante Angel Romero, que marcou dois gols.

Com o triunfo, a equipe paraguaia assumiu a liderança do Grupo A da competição, com três pontos. Já os bolivianos ficam na lanterna da chave, sem ponto algum. A Argentina é a vice-líder, com um ponto após empatar em 1 a 1 nesta segunda com o Chile.

Triunfo de virada

A Bolívia conseguiu abrir o placar cedo, logo aos 9 minutos com o meio-campo Saavedra em cobrança de pênalti. Mas, a partir daí, a equipe comandada pelo técnico Eduardo Berizzo assumiu os controles das ações, criando uma oportunidade após a outra.

Um pouco antes do intervalo, a Bolívia ficou em desvantagem numérica quando o atacante Cullear foi expulso após receber o segundo cartão amarelo por cometer falta em Piris da Motta.

Leia Também:  Ceará finaliza preparação no CT do Corinthians para partida contra o Santos

Melhor na partida, e com vantagem numérica, o Paraguai finalmente conseguiu transformar o domínio em gols na etapa final. Aos 16 minutos Romero Gamarra aproveita sobra de bola para chutar de primeira e empatar.

A virada vem três minutos depois, quando Angel Romero aproveita sobra de bola para desempatar sem dificuldades. Aos 35 minutos o ex-jogador do Corinthians marca novamente, desta vez em chute cruzado após receber de Ávalos.

Na próxima rodada, o Paraguai folga, enquanto a Bolívia enfrenta o Chile, na próxima sexta-feira (18) a partir das 18h (horário de Brasília) na Arena Pantanal.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA