ÁGUA BOA

Esportes

Tênis de mesa: país garante 2 bronzes com Bruna e Cátia nas semifinais

Publicado em

Esportes


O Brasil garantiu ao menos duas medalhas de bronze no tênis de mesa na Paralimpíada de Tóquio (Japão) com a classificação da paulista Cátia Oliveira e da catarinense Bruna Alexandre às semifinais individuais. A primeira a avançar foi Cátia, ao derrotar a italiana Giada Rossi, número 1 do mundo, por 3 sets a 0, no individual feminino da classe 1-2 (cadeirantes). 

A paulista, de 30 anos, disputa a a semi à 0h20 (horário de Brasília) deste sábado (28) contra a sul-coreana Su Yeon Seo, atual campeã mundial e vice-campeã olímpica. A partida será no Ginásio Metropolitano da capital japonesa. Se levar a melhor, a paulista disputará o ouro na sequência, às 7h15. 

“Estava bem nervosa depois da derrota que tive no jogo da fase de grupos. Mas consegui colocar a cabeça no lugar, entrei bem focada, com a estratégia bem acertada. Ainda não acabou. Amanhã tem outra pedreira. Vamos passo por passo, jogo por jogo”, disse a brasileira, vice-campeã mundial na classe 2, em depoimento à Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Quem também disputa a semi, a partir de 1h40 deste sábado (28), é Bruna Alexandre, cuja adversária ainda não está definida. Se vencer, a catarinense terá pela frente na final quem ganhar no confronto entre Tien Shiau Wen (Taiwan) e Merve Demir (Turquia). A decisão do ouro será às 6h45 de segunda -feira (30). 

Após a vitória na estreia ontem (26), também por 3 sets a 0, Bruna Alexandre, de 26 anos, avançou direto à semi, ao ficar em primeiro lugar no Grupo B após ganhar nesta manhã da taiwanesa Lin Tzu Yu, por 3 a 0 (11/8, 11/8 e 11/7),  na classe 10 (andantes).  A catarinense já coleciona duas medalhas paralímpicas – bronze individual e por equipes – conquistadas na Rio 2016. 

Leia Também:  Em busca de mais três pontos

“No Aberto da China, eu tomei um sarrafo dela [Lin Tzu Yu], perdi por 3 a 0! E hoje eu vi o quanto eu evoluí. Estou muito feliz”, vibrou a catarinense de Criciúma. 

O paulista Carlos Carbinatti, da classe 10 (andantes), segue com chances de classificação à fase eliminatória, embora tenha perdido nesta madrugada para o austríaco Krisztian Gardos, por 3 a 1 (11/6, 9/11, 5/11 e 9/11), na última rodada do grupo D. 

Adeus ao torneio individual

Após três vitórias consecutivas, o paulista Israel Stroh, da classe 7 (andantes), não tem mais chances de medalha na disputa individual masculina. Ele foi superado na manhã de hoje (27) pelo chinês Liao Keli, número quatro do mundo, por 3 sets a 1 (11/9, 3/11, 3/11 e 3/11), em confronto pelas quartas de final. 

Outro paulista, Paulo Salmin, foi eliminado nas oitavas de final da classe 7 (andantes), após derrota para o alemão Bjoern Schnake, por 3 a 0 (10/12, 3/11 e 9/11). 

O cearense David Freitas, da classe 3 (cadeirantes), também se despediu hoje (27) ao cair nas oitavas para o francês Florian Merrien, que venceu por 3 a 0 (6/11, 8/11 e 1/11). 

Leia Também:  Tênis de mesa: Hugo Calderano conquista maior título da carreira

Na disputa feminina, a paulista Joyce Oliveira, da classe 4 (cadeirante), perdeu nas oitavas para a indiana Bhavinabel Patel, por 3 a 0 (10/12, 11/13 e 6/11), e também está fora da competição individual.  

Quem também ficou pelo caminho foi a goiana Millena França, da classe 7 (andantes). A mesatenista foi superada pela sul-coreana Kim Seongok, por 3 a 0 (6/11, 8/11 e 6/11), e não avançou para a fase eliminatória.

A catarinense Danielle Rauen, da classe 9 (andantes) também se despediu da disputa individual feminina ao perder nesta madrugada para a chinesa Xiong Guiyan, por 3 a 0 (11/5, 11/4 e 11/4). Rauen segue na disputa por equipes, na qual foi bronze na Rio 2016. 

Natural de Goiânia (GO), Lethícia Lacerda, da classe 8 (andantes), também não se classificou à fase seguinte, ao perder por 3 a 1 para a chinesa Huang Wenjuan, com parciais de 6/11, 11/8, 1/11 e 7/11.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Caxias-RS abre vantagem sobre União-MT pelas oitavas da Série D

Publicados

em


O Caxias-RS saiu na frente do União Rondonópolis-MT na disputa por uma vaga nas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (25), o time gaúcho superou o Tourão do Cerrado por 2 a 0 no Centenário, em Caxias do Sul (RS). A partida foi transmitida ao vivo pela TV Brasil.

O duelo de volta será no sábado que vem (2), às 16h (horário de Brasília), no Estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT). O time grená se classifica mesmo se perder por um gol. Os mato-grossenses precisam vencer por três ou mais gols para avançarem às quartas. Em caso de triunfo colorado por dois gols de diferença, a decisão da vaga será nos pênaltis.

A partida marcou a volta do público ao Centenário após 574 dias de ausência, devido à pandemia do novo coronavírus. Com autorização do governo estadual para ter até 2,5 mil pessoas no estádio, o Caxias liberou a entrada somente de associados com mensalidade em dia, que tiveram de apresentar comprovantes de vacinação contra a covid-19 ou do teste com resultado negativo para o vírus.

Os primeiros movimentos de partida já indicavam a tônica da etapa inicial: pouca intensidade de ambos os lados, com um Caxias mais perigoso e um União buscando os contra-ataques. Se não foi brilhante, a equipe grená soube aproveitar melhor os espaços. Aos 13 minutos, o meia Matheuzinho cruzou pela direita e o lateral Bruno Ré, como um centroavante, apareceu pela esquerda, às costas da marcação, para cabecear e abrir o placar.

Leia Também:  Copa do Brasil: CBF define mando de campo das semifinais

Sem pressa, a equipe gaúcha quase aumentou aos 35. O zagueiro Thiago Sales dominou pela esquerda e levantou na área. O atacante Milla escorou de cabeça, mas o goleiro Neneca salvou com um tapa e mandou a bola no travessão. O União, apesar de chutar mais a gol, levou pouco perigo à meta gaúcha.

Na etapa final, Jean Dias quase surpreendeu os visitantes logo aos três minutos. O meia, que entrou no intervalo, bateu escanteio pela esquerda e encobriu Neneca. O zagueiro Barão, porém, salvou em cima da linha. O União respondeu aos sete, em chute de fora da área do atacante Eltinho que deu trabalho ao goleiro Marcelo Pitol. Mas quem chegou ao gol foi o Caxias. Aos 12, o lateral Lucas Carvalho rolou na área para Jean Dias girar em cima de Barão e bater cruzado.

Em desvantagem, o Tourão avançou as linhas para tentar diminuir o prejuízo, mas encontrou dificuldades para concluir as jogadas. O jeito foi apostar em arremates de longe, como aos 28 minutos, quando o meia Edson Carvalho dominou pela esquerda e arriscou da intermediária. A bola foi rente ao travessão. Apesar de mais perigosos, os gaúchos se contentaram em administrar o resultado final.

Leia Também:  Galo encerra atividades para enfrentar o Palmeiras

Mais Série D

Mais três jogos movimentaram as oitavas de final da Série D neste sábado. O Atlético-CE superou o Paragominas-PA por 2 a 0 no Domingão, em Horizonte (CE), com gols dos atacantes Erick Pulga e Hítalo. Os cearenses avançam às quartas mesmo se perderem por um gol de diferença no duelo de volta, daqui uma semana, no interior paraense.

Em Bento Gonçalves (RS), na Montanha dos Vinhedos, a Ferroviária-SP venceu o Esportivo-RS por 2 a 1. O atacante Gleydson e o zagueiro Bruno Leonardo balançaram as redes para os paulistas e o atacante Matheus Batista descontou para os gaúchos. As equipes voltam a jogar no próximo domingo (3), em Araraquara (SP). A Locomotiva tem a vantagem do empate.

No Amigão, em Campina Grande (PB), o Campinense-PB derrotou o Guarany de Sobral-CE, também por 2 a 1. O lateral Felipinho marcou para os anfitriões, o atacante Hugo igualou e o atacante Matheus Regis, nos acréscimos da etapa final, garantiu a vitória da Raposa. As equipes se reencontram no domingo que vem, em Sobral (CE). Os paraibanos se classificam em caso de empate.

Edição: Fábio Massalli

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA