ÁGUA BOA

Esportes

Trio brasileiro vai à final do Mundial de Street e estará em Tóquio

Publicado em

Esportes


No final da manhã desta sexta-feira (4), o trio de skatistas brasileiras formado por Pâmela Rosa, Rayssa Leal e Letícia Bufoni garantiu vaga entre as oito melhores atletas do Mundial de Street, que está sendo realizado em Roma, na Itália. Além de avançarem à grande final, elas já não podem mais ser alcançadas por nenhuma outra brasileira no ranking mundial e, dessa forma, estão com a vaga confirmada para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Dessa forma, o Time Brasil já alcança 235 vagas para o evento que será realizado a partir de 23 de julho na capital japonesa. A briga pelo lugar no pódio em Roma será no domingo, a partir das 8h30 (horário de Brasília).

Rayssa Leal, de apenas 13 anos, finalizou a etapa classificatória na liderança geral depois de três baterias, com a nota final de 14.40. Pâmela Rosa terminou em quinto, com 12.74 pontos. Letícia Bufoni foi a oitava, anotando 11,80.

Isabelly Ávila e Virgínia Fontes terminaram na nona e na décima posições, com 11.31 e 11.03, respectivamente. E Ariadne Souza acabou na 25ª colocação, com a nota de 5.64.

Neste sábado, a partir das 7h da manhã, ocorre a semifinal masculina. Os brasileiros Carlos Ribeiro (12º), Felipe Gustavo (14º), Ivan Monteiro (18º), Giovanni Vianna (20º), Gabryel Aguilar (27º) se classificaram para esse fase e se juntam a Kelvin Hoefler (pré-classificado pelo ranking mundial) na briga por um lugar na decisão do final de semana e por uma vaga na seleção que irá representar as cores brasileiras em Tóquio.

Leia Também:  Pia Sundhage chama zagueira Antonia para amistosos da seleção feminina

O evento está sendo transmitido ao vivo nos sites www.worldskate.tv e olympics.com.

Edição: Gustavo Faria

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Jogador da Dinamarca se recupera após síncope durante jogo da Euro 202

Publicados

em


O meia da seleção dinamarquesa, Christian Eriksen, está consciente no hospital, segundo autoridades do futebol, após um colapso durante o jogo do seu time contra a Finlândia, pela Eurocopa de 2020, neste sábado (12), e de ter recebido massagens cardíacas dentro do gramado do Estádio Parken, em Copenhague.

Eriksen desabou no gramado aos 42 minutos do primeiro tempo, no momento em que corria na linha lateral para receber uma cobrança de lateral. O silêncio tomou conta da arquibancada com 16 mil pessoas, enquanto seus companheiros formavam um círculo em torno de Eriksen, com os médicos trabalhando em seu peito.

Um fotógrafo da Reuters no jogo viu Eriksen levantar o braço enquanto era carregado para fora do gramado em uma maca. A Federação Dinamarquesa de Futebol informou posteriormente pelo Twitter que o jogador de 29 anos estava acordado no hospital Rigshospitalet, nas proximidades do estádio, onde era examinado.

Inicialmente suspenso, o jogo foi retomado horas depois, com vitória da Finlândia por 1 a 0.

Leia Também:  Palmeiras é eliminado da Copa do Brasil nos pênaltis para o CRB em SP

A partida estava com o placar zerado quando Eriksen, que defende a Internazionale, da Itália, desabou pouco antes do intervalo do jogo pelo Grupo B. Os companheiros Martin Braithwaite e Thomas Delaney correram para ajudá-lo. Delaney acenava furiosamente em busca de assistência médica.

Os dois times deixaram o gramado, com autoridades segurando lençóis para bloquear a visão da maca, e o auto-falante do estádio dizendo que a partida havia sido suspensa devido a uma emergência médica e que permanecessem em seus assentos.

A torcida no Estádio Parken cantou o hino nacional da Dinamarca e gritaram o nome de Christian Eriksen enquanto esperavam notícias sobre o jogador.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA