ÁGUA BOA

ENCONTRO

Indígenas da etnia Xavante são recebidos pelo presidente da Funai em Brasília

Publicado em

GERAL

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier, recebeu nesta quarta-feira (8), na Sede da instituição, em Brasília, um grupo de 40 lideranças Xavante da Terra Indígena Sangradouro, estado do Mato Grosso. Na ocasião, eles solicitaram o apoio da Funai para ampliar a produção de alimentos e pediram o fortalecimento das ações institucionais na região do município de Primavera do Leste.

Em abril deste ano, os Xavante colheram cerca de 50 hectares de arroz. A iniciativa faz parte do Projeto Independência Indígena, que busca incentivar a produção sustentável em comunidades indígenas do Mato Grosso. A intenção é cultivar também, num futuro próximo, soja e milho em uma pequena área da terra indígena.

No início da reunião, o presidente da Funai foi recebido com uma dança tradicional Xavante. A apresentação, segundo ele, atesta que as manifestações culturais e o desenvolvimento econômico podem conviver de forma harmônica. “Esse é o momento de vocês mostrarem que podem ter voz e que podem ser os protagonistas do que desejam, sem ser objeto de massa de manobra. Fico muito satisfeito em ver o potencial enorme de cada um de vocês ao buscarem melhores condições de vida. Essa busca não representa perda de identidade étnica em lugar algum”, pontuou Xavier.

Leia Também:  MT passa de 1 milhão de vacinados com duas doses; veja ranking por cidade

O presidente da cooperativa indígena Sangradouro e Volta Grande, cacique Gerson Warawe, destacou a importância do cultivo de alimentos para a autossuficiência dos Xavante. “Nós estamos presenciando uma nova era, uma nova visão de desenvolvimento e progresso indígena. Foi muito importante que o senhor [presidente] tenha nos recebido dessa forma, com todo o respeito, acolhendo as lideranças indígenas da nossa terra. Queremos que nosso projeto sirva de exemplo para outras etnias, até mesmo em nível nacional, para que tenhamos dignidade e independência financeira”, ressaltou.

Também fizeram uso da palavra o cacique Bartolomeu Patira, o vice-cacique-geral da TI Sangradouro, Oswaldo Buruwé, e a liderança feminina Cândida Tsinhotse’eweara, entre outros. Pela Funai, participaram da reunião o ouvidor, Antonio Edgar Santos, e a coordenadora de Gênero, Assuntos Geracionais e Participação Social, Maria Aureni Gonzaga da Silva.

Independência Indígena

O Projeto Independência Indígena é uma parceria entre diferentes instituições como a Funai, o Governo do Mato Grosso, o Sindicato Rural de Primavera do Leste e a Cooperativa Indígena Sangradouro e Volta Grande, e conta com o apoio de dezenas de caciques da região. Nas diversas ações, o projeto disponibiliza ferramentas e maquinários utilizados no plantio e colheita do arroz, bem como promove a capacitação de indígenas em operação de tratores e práticas de cultivo, beneficiando 57 aldeias.

Leia Também:  Água Boa - Projeto Mãos Solidárias recebe Moção de Reconhecimento do Legislativo; vídeo Municipal

Confira aqui mais fotos da reunião

Olho no Araguaia – Assessoria de Comunicação / Funai

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Cinco de outubro; Ari Pacheco vai a julgamento pelo homicídio contra Delci Weissheimer (Laco)

Publicados

em

A vítima Delci Weissheimer Foto: Arquivo familiar

No próximo dia 05 de outubro a partir das 8h da manhã, Ari Pacheco Pereira estará sentando no banco dos réus para julgamento, ele é acusado de cometer um homicídio e tirar a vida de Delci  Weissheimer, conhecido em Água Boa como Laco, o réu será julgado através de um júri popular.

O crime foi cometido em  18 de dezembro de 2.019, tendo como local uma chácara próximo a lagoa dos Buritis, na cidade de Água Boa.

O suspeito Ari Pacheco fugiu logo após cometer o crime, mas acabou sendo preso horas mais tarde, quando seguia pela  MT-326 em Cocalinho.

Na época Ari Pacheco acabou confessando o crime, que ocorreu, devido ele ter sido vítima de agressões anteriores por parte da vítima, que foi assassinado a tiros.

O júri será presidido pelo juiz Dr. Jean Louis Maia Dias.

Olho no Araguaia

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ribeirão Cascalheira - Policiais civis flagram maus-tratos contra seis cães e resgatam animais
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA