ÁGUA BOA

Mato Grosso

1º Prêmio MT Artes celebra artistas, produtores e escritores do Estado; Veja lista de indicados

Publicado em

Mato Grosso


Artistas, produtores e escritores do estado serão homenageados no 1º Prêmio MT Artes, que acontece nesta quarta-feira (09.06), às 19h, em formato híbrido, presencialmente no Cine Teatro Cuiabá e em transmissão digital. Criado pela MT Escola de Teatro, o prêmio visa celebrar e reconhecer produções artísticas e culturais de Mato Grosso.

Durante a cerimônia serão conhecidos os três vencedores de cada uma das cinco categorias da premiação: teatro, dança, literatura, artes visuais e audiovisual. Cada categoria possui 10 indicados. Veja lista no final.

Com curadoria de Flávio Ferreira, Flávia Taques, Rodolfo García Vázquez, Agnaldo Rodrigues, Elen Londero, Marcio Aquiles e Miguel Arcanjo, a seleção considerou produções culturais produzidas durante o período de pandemia, de março de 2020 a abril de 2021.

A criação dos troféus ficou a cargo dos cenógrafos Jane Klitzke e Douglas Peron, que tiverem apoio das estudantes do curso de Cenografia da MT Escola de Teatro, polo de formação vinculado à Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). A instituição oferece o curso superior de Tecnologia em Teatro sob gestão do Cine Teatro Cuiabá em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), a Associação dos Artistas Amigos da Praça (Adaap) e a Associação Cultural Cena Onze.

Leia Também:  Vazio sanitário da soja começa na próxima terça-feira (15) em Mato Grosso

O 1º Prêmio MT Artes contará com a presença do titular Secel-MT, Alberto Machado, de dos jurados e de indicados ao troféu. Quem não puder participar presencialmente, pode acompanhar a cerimônia pelo Youtube e Facebook do Cine Teatro Cuiabá e da MT Escola de Teatro.

Confira a lista dos indicados:

Categoria Teatro

André D’Lucca
André Féroli
Ariana Carla
Caroline Argenta
“Depois do fim do mundo vem sempre um outro dia”: Alunos da MT Escola de Teatro, Núcleo 2
“Desconexões à milanesa ou lance de dados sem deus”: Alunos da MT Escola de Teatro, Núcleo 1
Lioniê Vitório e J. Astrevo
Eduardo Butakka e Thyago Mourão
Grupo Tibanaré
“Refestelá”: Lioniê Vitório e J. Astrevo, Penélope (Eduardo Butakka) e Romeu Benedicto

Categoria Audiovisual 

Anna Maria Moura e Sol Ferreira
Caroline Araújo e Maurício Pinto
Douglas Peron
Fellippy Damian e Ângela Coradini
Isabela Ferreira
Lucas Lemos
Luiz Marchetti
Marithê Azevedo
Severino Neto e Diego Medvedocky
Tati Mendes e Amauri Tangará

Categoria Dança

Ballet Regina Pacis
Brayan Saavedra
Escola Municipal de Dança de Primavera do Leste
Estúdio Claz
Federação Mato-grossense de Quadrilhas
Grupo de Dança de Rua Hypnose Break 
Instituto de Artes Facce
Sarah Jane Venâncio
Nasla Brandão

Leia Também:  Seciteci firma compromisso com prefeituras para capacitar alunos do ensino médio

Categoria Artes visuais 

Adão Silva (Babu 78)
Adriana Milano
Carlos Lopes
Ita Pedra
Kaji Wauja
Leonice da Silva (Nice Aretê)
Mari Gemma
Pedro Thame 
Sebastião Silva
Sol Ferreira

Categoria Literatura

Aclyse Mattos
Andreza Pereira, Aldi Nestor, Loreci Demenghi, Rose dos Anjos e Santiago Santos
Divanize Carbonieri
Eduardo Mahon
Adson Flávio Santos
Luciene Carvalho
Luiz Renato Souza Pinto
Mário Cezar Solva Leite
Marli Walker
Marta Cocco & Capucine Picicaroli 

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Estado inicia construção de aceiros no entorno da área urbana que receberá obra do Jardim Botânico

Publicados

em


Uma ação integrada entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) e Batalhão de Emergências Ambientais, iniciou nesta quinta-feira (17.06) a construção de aceiros mecânicos para prevenir o surgimento de focos de incêndio no entorno da área onde está prevista a construção do Jardim Botânico de Mato Grosso.

A retirada de vegetação é feita com maquinário pesado, sem uso do fogo. Conforme a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, o Estado está desempenhando o importante papel de investir na prevenção com aceiros em vários pontos estratégicos do estado, incluindo o Pantanal, e a Transpantaneira.
 
“Esta é mais uma ação preventiva do Governo de Mato Grosso para evitar incêndios, desta vez, na área urbana, e que tanto prejudica a saúde da população cuiabana, e várzea-grandense. O objetivo é eliminar fatores que possam trazer riscos e incêndios florestais nesta área”, explica a gestora. 
 
 
Conforme a secretária, a efetivação do Jardim Botânico de Mato Grosso está em fase de elaboração de projeto executivo, e será mais uma obra entregue pelo Governo para ser um espaço de lazer da população mato-grossense. A área que está recebendo os aceiros fica na Avenida Antártica, em Cuiabá.
 
Com o aceiro mecânico, as equipes formam o que chamam de “linhas de defesa”, uma barreira natural, sem vegetação e biomassa que alimenta as chamas, por onde o fogo não passa. 
 
 
Período proibitivo do fogo
 
A medida antecede o período proibitivo do fogo, que começa no dia 1º de julho em todo o estado, após antecipação em 15 dias por decreto estadual. Com o decreto, fica proibida qualquer atividade de limpeza de pastagem com o uso do fogo nas áreas rurais até 30 de outubro de 2021. O uso do fogo em áreas urbanas é proibido o ano todo.
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Filme documental sobre Barão de Melgaço será exibido na TV aberta neste sábado (19)
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA