ÁGUA BOA

Mato Grosso

Ager promove audiência pública para ouvir sugestões e propostas da população de Rondonópolis

Publicado em

Mato Grosso


A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager-MT) promove mais uma audiência pública para ouvir da população sugestões, propostas e reclamações em relação aos serviços públicos executados por empresas reguladas pelo órgão. Desta vez, a audiência será no município de Rondonópolis, a partir das 9h, de forma presencial na Câmara Municipal e online pelo canal da Ager no Youtube.

O objetivo da audiência, segundo o diretor Regulador de Ouvidoria da Ager, José Rodrigues, é melhorar a prestação dos serviços para a sociedade. Ele explica que esta é a quinta etapa de oito audiências que estão sendo realizadas pela Ager em Mato Grosso. Já foram realizadas nos municípios de Cáceres, Juína, Sinop e Barra do Garças.

“É importante a participação da população de Rondonópolis e região nessa audiência, pois é a oportunidade de informar como está o cumprimento dos serviços relacionados ao saneamento, rodovias, portos, hidrovias, travessias, balsas, energia elétrica, transporte, ônibus, distribuição de gás canalizado e ferrovias no município. E é a partir das informações coletadas na audiência, que a Ager poderá regulamentar melhor e organizar sua fiscalização quanto aos serviços prestados pelas empresas reguladas”, explica.

Leia Também:  Escolas Estaduais contarão com material didático estruturado para reforçar qualidade do ensino em MT

Foram convidados para participar do evento os municípios de Campo Verde, Paranatinga, Primavera do Leste, Alto Araguaia, Alto Garças, Alto Taquari, Dom Aquino, Guiratinga, Itiquira, Jaciara, Juscimeira, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Pedra Preta, Poxoréu, Santo Antônio do Leste, São José do Povo, São Pedro da Cipa e Tesouro.

A Ager

Tem por finalidade regular, normatizar, controlar e fiscalizar, nos limites da lei, os serviços públicos e suas respectivas tarifas, prestados diretamente pelo Estado de Mato Grosso ou prestados indiretamente por meio de delegação à iniciativa privada, referentes a saneamento, rodovias, portos e hidrovias, transporte coletivo intermunicipal de passageiros e seus terminais rodoviários, distribuição de gás canalizado, energia elétrica e telecomunicações, bem como regular, controlar e fiscalizar serviços públicos de competência própria da União e dos municípios que lhe sejam delegados mediante legislação específica ou convênio.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Agricultores são selecionados para fornecer hortifrutigranjeiros às escolas de Alto Boa Vista

Publicados

em


Com assistência técnica da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), agricultores de Alto Boa Vista (a 1.059 km de Cuiabá) são selecionados em chamada pública para fornecer hortifrutigranjeiro a unidades de ensino do município.

A seleção é realizada por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), uma iniciativa do Governo Federal que oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar. Quatro agricultores já foram selecionados fornecerão frutas, verduras e legumes para três escolas, três deles com projeto e orientação da Empaer. Os valores variam entre R$ 3 mil e R$ 10 mil.

Um dos exemplos é a agricultora do Projeto de Assentamento Casulo, Daniela Oliveira Cardoso, que ficou muito feliz ao saber que foi uma das selecionadas.

“Eu e meu marido trabalhamos duro no campo para manter três filhos. Fomos informados sobre PNAE e graças à assistência técnica da Empaer vamos ter uma renda a mais que nem esperamos para o final do ano. Vai vir em uma boa hora e ajudar muito nas contas de casa”.

Leia Também:  Websérie e livro homenageiam fundadores de grupo de siriri de Chapada dos Guimarães

A extensionista social da Empaer, Daniele Renata Alves Figueiredo, destaca a parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura que auxiliou na identificação dos produtores e nos orçamentos. Ela frisa que a chamada pública continua aberta para interessados e a primeira compra já foi realizada.

“Esse é mais dos trabalhos desenvolvidos pela equipe técnica.  Assim que surgiu a oportunidade, buscamos os agricultores que se interessaram e foram contemplados. É uma forma de incentivar o pequeno produtor, ajudando na nutrição dos alunos e trazendo renda aos que necessitam. Estamos a disposição caso haja interesse de novos agricultores”.

O limite de venda do pequeno produtor para o PNAE é de R$40 mil, para beneficiar os agricultores familiares, assentados da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas, comunidades quilombolas, entre outros.

Técnica da Empaer, Daniele com a merendeira da Escola Municipal Betel, Selma Alves e o produtor, Valdir Caldeira.  Foto: Empaer

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA