ÁGUA BOA

Mato Grosso

Circuito Empreendedor de Água Boa oferece ferramentas de gestão a pequenos empreendedores

Publicado em

Mato Grosso


Inovação, competência em gestão e ambiente de negócios com possibilidades para abertura e fortalecimento de pequenos negócios. Estes foram alguns dos conhecimentos adquiridos pelos participantes da 4ª edição do Circuito Empreendedor realizado nesta quinta-feira (22-07), em Água Boa.

O projeto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT), coordenado pela Secretaria Adjunta de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, tem como principal atribuição capacitar futuros empreendedores, microempreendedores individuais e empresários de pequeno porte, que fazem parte dos municípios do Consórcio Médio Araguaia.
 
Durante todo o dia, cerca de 300 pessoas, dentre gestores municipais e empresários aprenderam sobre temas como cadeias produtivas, incentivos fiscais, fluxo de caixa e capital de giro, soluções bancárias, crédito digital a serviço do micro e pequeno empreendedor, entre outros.

Entretanto a maior procura foi pela oficina de “compras governamentais para os pequenos empreendedores”, tanto que foram criadas duas turmas de qualificação. A turma extra foi um pedido do prefeito de Água Boa, Mariano Kolankiewicz, devido ao assunto ser de grande interesse para os municípios e para quem deseja realizar as vendas para o poder público local.

Leia Também:  Governador inaugura nova ala de hospital regional e entrega cestas básicas e equipamentos agrícolas em Colíder e Guarantã do Norte

Para empreender é preciso estar em constante aperfeiçoamento, conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda. “Nosso objetivo é que os pequenos negócios do Estado cresçam, desenvolvam seu potencial ao máximo e para isso o comerciante, o industriário, o empresário precisa obter conhecimento, saber que têm recursos financeiros estaduais à disposição, ferramentas de gestão, crédito e muitos outros mecanismos para consolidar seu negócio”, revela Miranda.

De acordo com o secretário adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, Celso Banazeski, o poder público do Estado cumpre sua missão, por meio do Circuito Empreendedor. “Entendemos que a melhor ação social é gerar empregos e fomentar a renda. E são os pequenos negócios, que o circuito incentiva, que são responsáveis por quase 70% dos empregos em Mato Grosso. Por isso, nosso foco é capacitar os pequenos empreendedores”, pontua.

O evento faz parte do programa “Pensando grande para os pequenos” desenvolvido pela Sedec-MT com parceiros do Sistema S, federações representativas, instituições financeiras e entidades públicas.

Proteção

Os protocolos de biossegurança são seguidos em todos os eventos do Circuito Empreendedor. Em Água Boa foram disponibilizados álcool gel, medidor de temperatura corporal e obrigatório o uso de máscaras a todos que participaram do evento. Bem como, respeitado o distanciamento social.

Leia Também:  Policiais penais são treinados para manusear drones e evitar entrada de ilícitos nas penitenciárias

Continuidade

A quinta edição do Circuito Empreendedor será no dia 12 de agosto, em Colíder.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Preservação de local de crime e balística são temas de palestra em Seminário

Publicados

em


O diretor-geral em substituição legal da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Emivan Batista de Oliveira, apresentou, nessa quarta-feira (29.07), a palestra ‘Balística e Preservação de Local de Crime’ no 2º Seminário de Patrulhamento Tático, realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá.

Durante sua apresentação, o diretor pontuou o papel da perícia criminal no processo investigativo, destacando a importância da preservação do local de crime, considerando que, quanto maior o número de vestígios preservados em uma cena de crime, melhor e mais fácil será a resolução do caso. 

De acordo com o parágrafo único do artigo 169 do Código Processo Penal (CPP), quando isso não ocorre, o perito oficial criminal deve registrar no laudo as alterações, bem como as consequências dessas alterações na dinâmica dos fatos. 

O diretor destacou também a necessidade de policiais trabalharem em prol de garantir a preservação do local de ocorrência. “Estamos abertos a dar instruções com mais tempo e mais técnica sobre essa questão, porque, no meu entendimento, os colegas que possuírem esse conhecimento serão muito beneficiados. Com isso nós conseguimos elaborar um laudo pericial muito mais concreto, relatando a veracidade dos fatos e a dinâmica em que ocorreu aquele fato”, disse.

Ainda durante a palestra, Emivan abordou a perícia de balística, que realiza exames em armas de fogo e projéteis. Esses exames são realizados mediante requisição policial ou judicial, buscando responder os quesitos oficiais que compõem o inquérito criminal. 

No âmbito da Politec são realizados Entre esses: exame de identificação de arma de fogo com ou sem elementos identificadores; exame de caracterização de projétil de arma de fogo; exame de caracterização de estojo de munição de arma de fogo; exame de verificação da possibilidade de ocorrência de tiro acidental; entre outros.

No circuito de palestras do 2º Seminário de Patrulhamento Tático, evento que integra a celebração dos 20 anos do Batalhão da Rotam, ainda foram debatidos temas como a Lei de Abuso de Autoridade, sancionada em setembro de 2019; e também sobre o trabalho das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam-MT), precursora e referência no País em patrulhamento tático.

 *Com supervisão de Tita Mara Teixeira 

 
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Médica do MT Saúde garante que todas vacinas são eficazes e seguras
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA