ÁGUA BOA

Mato Grosso

Delegacia do Meio Ambiente e Sema apreendem 100 kg de pescado transportado irregularmente

Publicado em

Mato Grosso


Na manhã desta quarta-feira (21.07) a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), com apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), apreendeu cerca de 100 kg de pescado irregular que estava sendo transportado por um comprador, na região de Barão de Melgaço (113 quilômetros de Cuiabá). 

A operação foi fruto do serviço de inteligência da Polícia Judiciária Civil (PJC) que conseguiu identificar o suspeito, que possivelmente venderia a carga para peixarias da região e da Capital. A região de Barão de Melgaço é conhecida pelas peixarias, e faz parte da Rota do Peixe do Vale do Rio Cuiabá. 

O suspeito foi conduzido à delegacia enquadrado pelo descumprimento da Lei Federal nº 9.605/98, que trata dos crimes contra o meio ambiente. Foi identificado o transporte e comércio dos exemplares que estão fora da medida permitida por Lei, acima da quantidade permitida para transporte, e ainda, pelo pescado ser fruto de pesca predatória com o uso ilegal de redes de pesca. 

“As fiscalizações acontecem para coibir a pesca ilegal e preservar o estoque pesqueiro. Esta prática vem contribuindo para a redução de peixes nos nossos rios”, explica o investigador da PJC, Hamilton Andrade Zamarioli, que participou da ação. 

Leia Também:  Procon Estadual realiza treinamento sobre Conciliação e Turma Recursal

Denúncias

O cidadão pode denunciar crimes ambientais pelo disque denúncia (0800 65 3838), pelo site Fale Cidadão (https://ouvidoria.controladoria.mt.gov.br/falecidadao/) ou pelo aplicativo MT Cidadão.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Várzea Grande reativa GGI para estratégias de prevenção e combate à violência

Publicados

em


Várzea Grande reativou na manhã desta quarta-feira (04.08) o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) municipal reunindo as forças de segurança, Prefeitura, além da sociedade civil organizada para deliberar sobre as ações de segurança pública na cidade, definindo o que é prioridade na elaboração das políticas públicas.

Este é o sétimo município de Mato Grosso tem o GGI instalado e faz toda a diferença ter essa articulação direta entre os membros para um combate eficaz ao crime e aos problemas de segurança pública. Além de Várzea Grande, os municípios de Sorriso, Rondonópolis, Comodoro, Aripuanã, Campo Novo do Parecis e Cáceres tem o Gabinete de Gestão Integrada instalado e atuante.

Na esfera estadual, o GGI é presidido pelo secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, e formado pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Politec, Sistema Penitenciário, Polícia Judiciária Civil, Sistema Socioeducativo e o Detran e todos os meses deliberam sobre as ações de cada instituição e analisam os dados estatísticos do Observatório de Segurança Pública para deliberarem ações de prevenção e combate ao crime.

Leia Também:  PMMT capacita mais de 2,5 mil policiais em Atendimento Pré-Hospitalar em Combate

Dentro do GGI há ainda as câmaras temáticas de violência contra a mulher e a de trânsito. A Patrulha Maria da Penha e a realização de Operações Lei Seca Integradas partiram de discussões e sugestões das câmaras e são postas em prática trazendo resultados positivos. As câmaras temáticas têm participação de órgãos como Tribunal de Justiça, Ministério Público, Polícia Rodoviária Federal, dentre outros.

“Há temas que são sensíveis ao município e que não estão ao alcance da Secretaria de Segurança, mas que são enxergados pelo prefeito, pelo comerciante local. Tenho certeza que ao instalar o GGI, onde a gente pode focar os problemas pontuais do município, nós vamos mitigar e melhorar cada vez mais a segurança em Várzea Grande”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

O prefeito de Várzea Grande, Khalil Baracat, destacou o GGI será uma forma de aproximar a sociedade dos problemas de Segurança Pública, com esse espaço onde todos os integrantes têm vez e voz.

“Foi criado para que sejam discutidas pautas importantes da Segurança Pública, Várzea Grande avançou muito e o GGI é participativo e a gente acredita que esse é o caminho que nos fará avançar muito no tema”.

Leia Também:  Operação Lei Seca prende 16 pessoas em Sorriso e remove 29 veículos

Participaram da reunião todos os integrantes do GGI e na primeira reunião foi discutido a formação, os representantes de cada órgão.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA