ÁGUA BOA

Mato Grosso

Embriaguez ao volante leva 10 pessoas à prisão nesta sexta-feira (10)

Publicado em

Mato Grosso


A embriaguez ao volante levou 10 pessoas à prisão, na noite desta sexta-feira (10.09), no bairro Santa Cruz, em Cuiabá. Os motoristas, que descumpriram o Art. 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), foram flagrados durante a 43ª edição da Operação Lei Seca. A ação resultou ainda em 64 Autos de Infração de Trânsito (AITs).

Deste total, 29 foram por condução de veículo sob efeito de álcool; oito por recusa a realizar o teste de alcoolemia; quatro por condução de veículo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH); 11 por condução de veículo sem registro ou não licenciado; e 12 por outros motivos.

Três Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) foram lavrados, em função do descumprimento do Art. 32 da Lei de Contravenções Penais (LCP), ou seja, motoristas não habilitados que não ofereciam risco no momento da notificação.

Os testes de alcoolemia somaram 67. A operação resultou ainda na autuação de 45 veículos e remoção de 44, sendo 42 carros e duas motocicletas. Entre os documentos recolhidos, constaram 30 CNHs e dois Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs).

Leia Também:  Evento apresenta ‘Testes Automatizados em Abordagem ágil’ na melhoria de soluções tecnológicas

Sob coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), a Lei Seca contou com a participação da Polícia Militar (PM-MT), por meio do Batalhão de Trânsito (BPMTRAN); Polícia Judiciária Civil (PJC-MT), por meio da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran); Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT); Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) e Sistema Penitenciário (polícia penal).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Mutirão de cadastramento de famílias carentes é realizado no bairro Jardim Paulista

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Evento apresenta ‘Testes Automatizados em Abordagem ágil’ na melhoria de soluções tecnológicas

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA