ÁGUA BOA

Mato Grosso

Estado flagra caça ilegal e devolve 250 tartarugas para a natureza; veja vídeo

Publicado em

Mato Grosso


Em uma ação de fiscalização e monitoramento, equipes da Secretaria de Estado e Meio Ambiente (Sema-MT) e Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (PMPA) apreenderam e devolveram à natureza mais de 250 tartarugas-da-amazônia. O flagrante da caça ilegal do quelônio aconteceu neste domingo (11.07), no entorno do Parque Estadual do Araguaia, localizado no município de Novo Santo Antônio (1.063 km da capital). 

Conforme o gerente do Parque Estadual do Araguaia, Johann Dávilas Barros Cavalcante, operações integradas com as forças de segurança têm coibido o crime de caça de espécies de fauna silvestre, que é punível com detenção de seis meses a um ano, e multa, conforme a Lei de Crimes Ambientais (Lei federal 9.605/98). 

Os animais estavam condicionados em sacos, cobertos com folhagens, dentro de três embarcações que foram apreendidas, junto a petrechos e redes de pesca. Os responsáveis fugiram do local e não foram identificados. 

Por estar ameaçada de extinção, a tartaruga-da-amazônia (Podocnenis expansa) é protegida por lei para captura, posse, transporte e comércio. Ainda assim, a espécie sofre forte pressão e a caça ilegal acontece porque a sua carne tem valor comercial nas cidades próximas ao Parque por ser considerada um prato exótico. 

Leia Também:  IML aguarda por familiares para proceder com liberação de vítima

Rico em biodiversidade, o Parque Estadual do Araguaia é a maior unidade de Conservação de Mato Grosso, com cerca de 230 mil hectares, e uma das 33 Unidades de Conservação de Proteção Integral administradas pela Sema-MT. 

Denúncias

A pesca depredatória e outros crimes ambientais podem ser denunciadas por meio da Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Polícia Militar lança ‘Operação Guardião do Nortão’ para garantir a segurança em eleição em Matupá

Publicados

em


A Polícia Militar, por meio do 15º Comando Regional, lançou a operação ‘Guardião do Nortão’ em Matupá (684,3 km de Cuiabá). A ação tem como foco atuar com ações preventivas em virtude da eleição suplementar que acontece neste domingo (01.08), no município. Em menos de 24 horas, os policiais prenderam três pessoas, apreenderam três armas de fogo e cerca de 1 kg de droga na região.  

O reforço policial militar iniciou no último dia 27 de julho e seguirá até segunda-feira (02). A Polícia Militar destinou para atuar na operação o efetivo de 30 policiais militares do 15º CR, das equipes da Inteligência da PM, Batalhão Rotam e Força Tática. 

A operação “Guardião do Nortão” em pouco mais de 24 horas já efetuou três prisões em flagrante, apreendeu três armas de fogo, sendo uma submetralhadora 9 mm, um revólver calibre 38 e pistola calibre 765, cerca de 1 kg de droga e R$ 1.244,00. 

O comandante do 15º CR, tenente-coronel James Jacio Ferreira, explica que as ações preventivas e ostensivas no município, garante a segurança na região e inibe àqueles que possam procurar se aproveitar da realização do pleito eleitoral para infringir a lei.  

Leia Também:  Policiais da Cavalaria relatam experiência em curso volteio em equoterapia no RJ

“Queremos que a população de Matupá, possa ir às urnas tranquilos, disponibilizamos equipes para atuarem nos sete pontos de votação no domingo. Essa operação é para garantir um pleno eleitoral seguro. Em menos de 24 horas, já prendemos três suspeitos, inclusive retiramos uma submetralhadora, pistola, revólver e drogas. Com esse reforço já conseguimos desarticular pontos do tráfico de drogas e seguiremos até segunda-feira com as ações preventivas”,  afirmou o tenente-coronel.   

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA