ÁGUA BOA

Mato Grosso

Famílias beneficiadas recebem segunda parcela do auxílio nesta terça-feira (08)

Publicado em

Mato Grosso


As famílias beneficiadas com o Ser Família Emergencial recebem nesta terça-feira (08.06) a segunda parcela do auxílio do Governo de Mato Grosso. O valor mensal investido é de R$ 15 milhões para atender famílias de baixa renda impactadas financeiramente pela pandemia da Covid-19.

A iniciativa foi um pedido pessoal da primeira-dama Virginia Mendes ao governador Mauro Mendes e terá duração de cinco meses. “É uma segurança para milhares de famílias que tiveram suas dificuldades agravadas por conta da pandemia. É nosso dever ajudar essas famílias a colocarem comida na mesa e estamos cumprindo esse compromisso por meio desse importante programa liderado pela primeira-dama”, afirmou o governador.

O valor de R$ 150 será creditado nos cartões já entregues e deverá ser usado exclusivamente para a compra de alimentos, sendo proibida a aquisição de bebidas alcoólicas, produtos a base de tabaco, cosméticos e combustíveis. São beneficiadas mais de 100 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade extrema nos 141 municípios de Mato Grosso.

A secretária adjunta de Programa e Projetos Especiais e Atenção à Família da Secretaria de Estado de Assistência Social (Setasc), Salete Morockoski, explica que as famílias contempladas estão inclusas no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico) e recebem renda familiar até R$ 70 per capita por mês. “O auxílio tem a função de oferecer um pouco de conforto para essas pessoas que passam por uma situação tão complicada”, destacou.

Leia Também:  PM ajuda a salvar criança de 3 dias que estava engasgada em MT - Veja Vídeo
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (12): Mato Grosso registra 427.572 casos e 11.390 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (12.06), 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.390 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.001 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 427.572 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.788 estão em isolamento domiciliar e 400.171 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 478 internações em UTIs públicas e 352 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,19% para UTIs adulto e em 39% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.250), Rondonópolis (31.210), Várzea Grande (29.177), Sinop (20.758), Sorriso (14.750), Tangará da Serra (14.607), Lucas do Rio Verde (13.090), Primavera do Leste (10.954), Cáceres (9.221) e Alta Floresta (8.131).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Mato Grosso recebe 36.270 doses da Pfizer nesta terça-feira (08)

O documento ainda aponta que um total de 345.418 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 787 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (11.06), o Governo Federal confirmou o total de 17.296.118 casos da Covid-19 no Brasil e 484.235 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.210.969 casos da Covid-19 no Brasil e 482.019 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (12.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Mato Grosso é único estado brasileiro a participar de simpósio do BRICS na China

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA