ÁGUA BOA

Mato Grosso

FCO injetará mais de R$ 419 milhões nos setores empresarial e rural de Mato Grosso

Publicado em

Mato Grosso


Os empresários e produtores rurais do Estado terão mais de R$ 419 milhões, em linhas de crédito do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO), para realizar investimentos. Os recursos foram aprovados nesta quarta-feira (15.09), durante a 8ª reunião do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Codem), composto pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT) e parceiros.

Ao todo foram aprovadas 108 cartas-consulta e efetuadas cinco revalidações de contrato. Quanto ao FCO Rural foram validados 95 projetos para o setor, que somaram mais de R$ 273 milhões de crédito, que vão gerar 899 empregos diretos e indiretos.

O FCO Empresarial teve 13 projetos deferidos e terá recursos liberados na ordem de R$ 146,2 milhões, o que irá resultar 1.193 empregos diretos e indiretos, no Estado. Dentre os contemplados pelo programa estão pequenos produtores, com seis projetos aprovados, pequenos-médios produtores, com cinco cartas liberadas, médio produtor, com uma e grande produtor com uma carta.

Montante que de acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Codem, César Miranda, tem feito a economia estadual girar e garantido a abertura de muitos novos postos de trabalho.

Leia Também:  Matriciamento no cuidado em hanseníase é tema de web aula desta quarta-feira (15)

“O FCO tem sido uma referência de financiamento para os empresários e produtores rurais  de Mato Grosso, que tem acreditado nesse Estado e buscado meios para investir e, na maioria das vezes, ampliar seu negócio, garantindo assim, o aumento do número de vagas de emprego e a economia em crescimento que temos hoje. Somos exemplo para outros entes da federação em desenvolvimento, apesar dos impactos da pandemia”, justifica.

Atendimento

Conforme dados do Caderno do FCO, até 31 de julho deste ano foram efetuadas 2.680 operações, em 132 municípios mato-grossenses, ou seja, 93,6% das cidades do Estado foram beneficiadas com as contratações. O saldo financiado até o fim de julho foi de R$ 1,9 bilhão.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (18): Mato Grosso registra 531.044 casos e 13.708 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sábado (18.09), 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.708 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 531.044 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.304 estão em isolamento domiciliar e 512.224 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 159 internações em UTIs públicas e 86 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 38,13% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.483), Rondonópolis (37.445), Várzea Grande (37.208), Sinop (25.624), Sorriso (18.075), Tangará da Serra (17.636), Lucas do Rio Verde (15.550), Primavera do Leste (14.638), Cáceres (11.708) e Barra do Garças (10.538).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Leia Também:  Primeira-dama de MT entrega 230 cestas básicas a famílias ribeirinhas na região do Pantanal

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (17.09), o Governo Federal confirmou o total de 21.080.219 casos da Covid-19 no Brasil e 589.573  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (18.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Leia Também:  Matriciamento no cuidado em hanseníase é tema de web aula desta quarta-feira (15)

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA