ÁGUA BOA

Mato Grosso

Filme mato-grossense traz olhar crítico sobre a pandemia

Publicado em

Mato Grosso


É no bairro Aldeia Velha, em Chapada dos Guimarães, que ocorrem as gravações do novo filme do cineasta Luiz Borges. O curta-metragem “Angelus Novus: na boca da noite anuncia a derrocada do Anticristo” movimenta equipe e elenco até o dia 13 de junho. O projeto foi aprovado no edital MT Nascentes, realizado pelo Governo de Mato Grosso, via Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Diante das dificuldades em encontrar um prédio para realizar as gravações durante a pandemia, Luiz Borges, que é morador antigo da comunidade, transformou sua casa em set de filmagem, reproduzindo os espaços do Edifício Palácio do Comércio, de Cuiabá, onde a história é ambientada. Nos últimos dois dias de gravação, a equipe segue para a capital, para gravar externas no entorno do prédio.

É justamente sobre esse tempo novo e adverso, de crise sanitária, social e econômica, que o filme trata. “Mas além de focar na pandemia, o filme dialoga também com o pensamento do filósofo alemão Walter Benjamin e aspectos urbanísticos de Cuiabá, principalmente ao exaltar seu Centro Histórico e revisitar o prédio que simboliza uma era marcada por obras que ‘modernizaram’ a cidade”, diz Luiz Borges.

Leia Também:  Segunda-feira (14): Mato Grosso registra 429.557 casos e 11.466 óbitos por Covid-19

Impulsionado por um olhar crítico, expõe mudanças culturais e o impacto gerado nas relações pela situação de crise sanitária que realçou mazelas da sociedade. Por meio da ficção, o diretor e roteirista Luiz Borges faz um registro de um tempo permeado por rigorosos protocolos sanitários, tensão psicológica decorrente do isolamento e problemas sociais que foram agravados no período, como o aumento da violência doméstica, preconceito, fome e desemprego.

Indústria mato-grossense de cinema

Luiz aponta que ao menos 35 profissionais estão diretamente vinculados ao projeto. “Nossa meta é fazer jus à seleção no edital em que obtivemos o primeiro lugar na contagem dos pontos”, se orgulha.

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) Alberto Machado celebra a produção. “A arte retrata o seu tempo. E além da perspectiva cultural, o cinema é fonte de renda para milhares de profissionais. A cadeia produtiva se fortalece e o edital cumpre sua razão de ser, que é a de apoiar profissionais do setor com auxílio financeiro”.

O diretor Luiz Borges é cuiabano e tem grande contribuição à cultura mato-grossense. Pesquisador, escritor e cineasta, também assina 20 edições do Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, um projeto idealizado por ele na década de 1990.

Leia Também:  Indea capacita veterinários de 17 municípios em inspeção sanitária de produtos de origem animal

Ele também é roteirista e diretor do curta-metragem A Cilada com os Cinco Morenos, que lhe rendeu o prêmio de Melhor Filme no 4º Brazilian Film Festival of Miami, em 2001.

Acompanhe as diárias de gravações no Instagram @filmeangelusnovus.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso lança editais “Movimentar” para profissionais da cultura e do esporte

Publicados

em


O governador Mauro Mendes e o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Alberto Machado, o Beto Dois a Um, lançam nesta terça-feira (15.06), às 15h, os editais “Movimentar”, que visam auxiliar financeiramente os setores de cultura, esporte e lazer durante a pandemia. Serão investidos R$ 2 milhões para contratação de atividades online a serem desenvolvidas pelos profissionais das áreas em todo o Estado.

O lançamento será transmitido pelas redes sociais do Governo de Mato Grosso e as perguntas deverão ser encaminhadas exclusivamente pelos grupos de WhatsApp, que serão abertos no momento do anúncio. Os questionamentos devem ter relação com o assunto.

Movimentar – Cultura

Na área cultural, serão selecionados 250 projetos com valor único de R$ 4 mil, totalizando o investimento de R$ 1 milhão.

As propostas contempladas englobam manifestações artísticas ou práticas culturais desenvolvidas nos segmentos de teatro, dança, circo, literatura, biblioteca, música, audiovisual, artes visuais, artesanato, povos e comunidades tradicionais, culturas LGBTQIA+, urbanas e negras e de matriz africana, patrimônio histórico, produção cultural e economia criativa.

Movimentar – Esporte

Leia Também:  Segunda-feira (14): Mato Grosso registra 429.557 casos e 11.466 óbitos por Covid-19

Outros R$ 1 milhão serão investidos para fomentar ações desportivas, paradesportivas e de lazer. Cada proposta aprovada receberá R$ 2.500 para o desenvolvimento das atividades, contemplando no total 400 projetos. 

Serão atendidos profissionais de educação física credenciados pelo Conselho Regional  (CREF-17), gestores esportivos e instrutores de dança e lutas. As propostas selecionadas abrangerão os segmentos de esporte de alto rendimento, saúde, recreação e lazer, esporte de inclusão, esporte educacional, ações formativas e política de gestão e administração esportiva.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA