ÁGUA BOA

Mato Grosso

Fiscais da Sema apreendem equipamentos utilizados em pesca predatória nos rios Cuiabazinho e Manso

Publicado em

Mato Grosso


Durante uma operação realizada na última semana de agosto, fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreenderam equipamentos e petrechos utilizados em crimes ambientais nos rios Cuiabazinho e Manso, em Cuiabá.

A equipe de Coordenadoria de Fiscalização de Fauna realizou ação preventiva com barreiras terrestres e abordagens fluviais com orientações quanto à legislação.

As quatro redes e tarrafa usadas na pesca predatória foram recolhidas pela equipe para serem inutilizadas ou destinadas a outros fins. Os peixes que estavam presos nas redes foram soltos e devolvidos ao rio.

Os rios Manso e Cuiabazinho são focos de constantes denúncias de práticas de pesca predatória com uso de materiais e equipamentos proibidos. Por isso, a coordenadoria de Fauna intensificou as ações fiscalizatórias para inibir os ilícitos ambientais contra a fauna.

Desta forma, a fiscalização na região vem ocorrendo de forma contínua durante o ano, sendo reforçada nos locais e períodos proibitivos. Quem for pego praticando a pesca ilegal é multado, conduzido à delegacia e tem os materiais apreendidos.

Leia Também:  Quarta-feira (22): Mato Grosso registra 533.153 casos e 13.746 óbitos por Covid-19

Em média, quatro equipes atuam na fiscalização dos rios da Baixada Cuiabana ppor semana. As equipes da Sema trabalham em parceria com o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental e conta com o apoio de segurança da Polícia Militar e da Polícia Judiciária Civil.

Também como forma de fortalecer a fiscalização nos rios, a Sema entregou 40 barcos e motores aos municípios descentralizados, com recursos do Fundo Amazônia/BNDES, como forma de equipar as secretarias municipais de Meio Ambiente e fortalecer as operações contra pesca predatória.

Denúncia

O cidadão pode denunciar a pesca predatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema pelo telefone: 0800-65-3838, nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

*Orientação de Renata Prata

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mato Grosso

Lei Seca remove 31 carros e 6 motocicletas em operação na Avenida da FEB

Publicados

em


Sessenta e oito veículos foram fiscalizados e 72 testes de alcoolemia aplicados na Operação Integrada Lei Seca, realizada na noite desta quinta-feira (23.09), na Avenida da FEB, em frente a Guarda Municipal de Várzea Grande. Do total, 45 veículos foram autuados e 37 removidos, sendo 31 carros e 6 motocicletas. Também foram recolhidas 15 CNH e 4 documentos do veículo.

Nove pessoas foram presas pelo crime de trânsito de dirigirem completamente embriagadas, outras 11 autuadas por conduzir veículo sem habilitação ou entregar o controle do veículo a alguém sem CNH. Oito pessoas tiveram que assinar Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por não possuírem habilitação e serem flagradas ao volante.

Ao todo, foram aplicados 67 Autos de Infração de Trânsito, sendo 16 por condução do veículo sob efeito do álcool (artigo 165 do Código Brasileiro de Trânsito), 7 por recusa do teste de alcoolemia (artigo 165-A), 21 por condução do veículo sem registro ou licenciamento (artigo 230), 11 por não possuir CNH e 12 por outros motivos.

Leia Também:  Investigado por crimes ambientais em terra indígena é preso pela Polícia Civil

A Operação Lei Seca em Várzea Grande foi realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Segurança Pública (GGI/Sesp), Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran), Detran, Guarda Municipal de Várzea Grande e a Policiais penais do Serviço de Operações Especiais Penitenciárias (SOE).

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

AGUA BOA

VALE DO ARAGUAIA

MATO GROSSO

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA